Vantagens

8 vantagens da VPN.

A tecnologia VPN (Rede Privada Virtual) veio como uma resposta ao pedido de pessoas para proteger suas atividades e confidencialidade online.

Além dessa
funcionalidade, a tecnologia ajuda os usuários da Internet a acessar conteúdos
restritos de qualquer lugar do mundo, com apenas um clique do mouse.

Portanto, podemos dizer que uma VPN é uma solução segura que permite que seus usuários enviem e recebam dados pela Internet, mantendo a privacidade e a confidencialidade de seus dados, com base em seu nível de criptografia.

A cereja do bolo é que uma VPN irá desbloquear a internet, fornecendo-lhe a liberdade mais desejada que você merece.

É óbvio que a tecnologia VPN foi desenvolvida devido à necessidade de segurança das pessoas e, principalmente, devido à necessidade de enviar dados criptografados em uma rede.

Mas além do papel de criar um “escopo privado de comunicações por computador”, a tecnologia VPN tem muitas outras vantagens:

phishing

Segurança melhorada. Quando você se conecta à rede por meio de uma
VPN, os dados são mantidos seguros e criptografados. Desta forma, a informação
está longe dos olhos dos hackers.

Controle remoto. No caso de uma empresa, a grande vantagem de ter uma VPN é que a informação pode ser acessada remotamente, mesmo em casa ou em qualquer outro lugar. É por isso que uma VPN pode aumentar a produtividade dentro de uma empresa.

Compartilhar arquivos. Um serviço VPN pode ser usado se você tiver
um grupo que precise compartilhar dados por um período prolongado.

Anonimato online. Através de uma VPN, você pode navegar na web
em anonimato completo. Em comparação com o uso de software IP ou proxies da
Web, a vantagem de um serviço VPN é que ele permite que você acesse aplicativos
e sites da Web com total anonimato.

Altere o endereço IP. Se você precisa de um endereço IP de outro
país, uma VPN pode fornecer isso.

Melhor performance. Largura de banda e eficiência da rede
geralmente podem ser aumentadas quando uma solução VPN é implementada.

Reduzir custos. Depois que uma rede VPN é criada, o custo de
manutenção é muito baixo. Mais do que isso, se você optar por um provedor de
serviços, a configuração e a vigilância da rede não são mais uma preocupação.

Desbloquear sites e ignorar filtros. As VPNs são ótimas para acessar sites bloqueados ou para ignorar filtros da Internet. É por isso que há um aumento no número de serviços de redes privadas usados ​​em países onde a censura na Internet é aplicada.

Assistir Netflix VPN

Imagine assistir o masterchef Austrália ao vivo ou acessar o catálogo da Netflix dos Estados Unidos, por exemplo. Tudo isto é possível com um bom aplicativo VPN.

Também é possível ver partidas de futebol
inglês e conseguir preços mais baratos de passagens aéreas e reservas de
hotéis.


O que mais você precisa saber!

Redes wi-fi públicas são uma ameaça real. Evite acessar uma rede aberta sem estar com um aplicativo VPN ativado, principalmente por causa de ataques tipo Man-In-The-Middle que os hackers costumam fazer em espaços como aeroportos.

As redes privadas não são muito seguras, porque o seu provedor de serviços de internet pode dar uma olhada em qualquer coisa que você faça. Você nunca pode ter certeza se está prestes a se conectar a uma rede segura, a menos que mantenha sua atividade na Internet segura.


Imagens de Werner Moser por Pixabay

O que é o Wi-Fi 6? Conheça as vantagens dessa nova tecnologia de conexão.


Os códigos padrão de Wi-Fi são desnecessariamente complicados. O que significa “802.11ac”? Bem, é um indicador importante para o funcionamento dos dispositivos padrão Wi-Fi, mas para a maioria das pessoas, é apenas uma lista de números e letras sem sentido que são difíceis de decodificar.

O Wi-Fi 6 procura resolver esse problema. É uma nova maneira de ver o Wi-Fi, introduzido por um padrão atualizado que chegará oficialmente no final de 2019, dependendo de um cronograma preciso. Aqui está tudo que você precisa saber sobre isso.

A ORIGEM DOS RÓTULOS GERACIONAIS DE WI-FI

Wi-Fi Alliance é a organização encarregada de decidir, desenvolver e designar padrões Wi-Fi. Conforme os dispositivos se tornam mais complexos e as conexões com a Internet evoluem, o processo de entrega de conexões sem fio também mudam.

Isso significa que os padrões Wi-Fi – as especificações técnicas que os fabricantes usam para criar o Wi-Fi – precisam ser atualizados periodicamente para que a nova tecnologia possa florescer e tudo possa permanecer compatível. Por enquanto, tudo bem.

Mas a nomeação “desajeitada” dos padrões de Wi-Fi tornou-se um aborrecimento real para as pessoa leigas, que tentam descobrir o que significam aquelas pequenas letras no final. 

Wi-Fi Alliance está ciente disso, motivo pelo qual anunciou uma nova maneira de rotular os padrões Wi-Fi, simplesmente referindo-se ao número da geração. Isso se aplicará ao próximo Wi-Fi 6, mas também será retroativo, aplicando-se a padrões mais antigos. Por exemplo:

  • 802.11n (2009) = Wi-Fi 4
  • 802.11ac (2014) = Wi-Fi 5
  • 802.11ax (próximo) = Wi-Fi 6

Mais fácil, não é? Mas isso causará um período de confusão em que alguns produtos são rotulados com o código antigo e alguns são chamados apenas de Wi-Fi 4 ou Wi-Fi 5 quando na pratica significam a mesma coisa.

Com o tempo, isso deve ser resolvido à medida que a rotulagem de produtos mais antigos é eliminada e todos se acostumarem com os novos e amigáveis ​​nomes ao fazer pesquisas.

O QUE O PADRÃO WI-FI 6 TRAZ

Wi-Fi 6 trás vantagens para a conexão

Agora que abordamos o problema da nomenclatura, você provavelmente está se perguntando o que o Wi-Fi 6 traz de melhorias reais para a conectividade e por que outra atualização foi necessária?

Há muitas novas tecnologias Wi-Fi em ascensão e o Wi-Fi 6 ajuda a padronizá-las. Aqui estão as novas peças importantes e o que exatamente elas significam para sua rede sem fio.

Primeiramente, a latência é menor. A latência reduzida significa que há menos ou nenhum atraso nos dados enviados (muito semelhante à taxa de ping e outras medidas). Todos desejam conexões de baixa latência, pois isso melhora o tempo de carregamento e ajuda a evitar desconexões e outros problemas. 

O Wi-Fi 6 reduz a latência em comparação com os antigos padrões Wi-Fi, usando tecnologia mais avançada, como OFDMA (acesso múltiplo por divisão de frequência ortogonal). Basicamente, é melhor colocar os dados em um sinal.

Claro, o Wi-Fi 6 também será mais rápido. Ao oferecer suporte total a tecnologias como o MU-MIMO, a qualidade da conexão melhorará enormemente para dispositivos móveis compatíveis, o que também deve acelerar a entrega de conteúdo. 

Mesmo que você não aumente sua velocidade de Internet, essas mudanças podem melhorar a velocidade de seus dados Wi-Fi de qualquer maneira, para que você obtenha mais informações com mais rapidez.

Isso também significa menos zonas mortas, graças a alguns recursos expandidos de beamformingBeamforming é um truque que seu roteador usa para focar os sinais em um determinado dispositivo, especialmente se parecer que o dispositivo está tendo problemas com uma conexão. 

O novo padrão expande a faixa de beamforming e melhora suas capacidades, tornando as zonas mortas em sua casa ainda menos prováveis.

Por fim, o Wi-Fi 6 significa uma melhor duração da bateria. Há um termo chamado “TWT” ou tempo de despertar do alvo, uma nova tecnologia que o Wi-fi 6 abraça. Isso ajuda o dispositivo conectado a personalizar quando e como eles “despertam” para receber sinais de dados do Wi-Fi.

Isso torna muito mais fácil para os dispositivos hibernarem” enquanto aguardam a próxima transmissão Wi-Fi necessária (isso não significa que seu dispositivo esteja desligado, apenas as partes usadas para Wi-Fi).

Por sua vez, isso tem o potencial de economizar uma quantidade significativa de bateria nos dispositivos, o que deve deixar os usuários cada vez mais felizes.

ETIQUETAS MAIS SIMPLES DO WI-FI 6

Novas Etiquetas do Wi-fi 6

Então, como você sabe se um roteador, telefone ou outro dispositivo funciona com o novo padrão 802.11ax? Primeiro, e mais obviamente, procure a frase “Wi-Fi 6” na embalagem, anúncios, etiquetas e assim por diante.

No entanto, a Wi-Fi Alliance também sugeriu usar ícones para mostrar a geração de Wi-Fi. Esses ícones se parecem com sinais Wi-Fi com um número circulado dentro do sinal.

Observe também esses ícones ao escolher o dispositivo correto. Para referência, espera-se que a maioria dos dispositivos em torno de 2020 e posteriores sejam Wi-Fi 6, então você terá que esperar um ano ou mais antes de ver esses dispositivos em estado selvagem.

Fonte: Digital Trends