Marketing

Como Conseguir mais Clientes

Como Conseguir mais Clientes

Informações do Autor

| 11 Referências

Neste Artigo:Promovendo seu negócioFazendo contatosPedindo Referências11 Referências

Se você começou seu próprio negócio, mas está preocupado com a falta de clientes, não se preocupe. Isso só significa que você terá que trabalhar duro para atrair mais pessoas para seu negócio. Felizmente, há muitas maneiras de fazer isso através de anúncios, contatos e pedindo referências.

Parte 1

Promovendo seu negócio

Anunciar seu negócio é o jeito mais eficiente de capturar a atenção de clientes. Na era das mídias sociais, você pode alcançar mais pessoas do que nunca mas os métodos consolidados não devem ser desprezados.

  1. 1
    Crie um anúncio que grude na cabeça das pessoas. A melhorar maneira de aumentar o número de clientes é colocar seu negócio na melhor luz possível. Faça um brainstorm para ter algumas ideias de anúncios e fale com seus amigos e família para ver o que eles acham. Considere seu orçamento e o quanto você está disposto a gastar com anúncios. Para melhores resultados, talvez você queira contratar um profissional especialista que possa te ajudar na produção de anúncios.

    • Veja anúncios de negócios do seu ramo. Pegue ideias e formate o seu próprio anúncio especificamente para a imagem do seu negócio.
  2. 2
    Use mídia impressa para informar às pessoas sobre o seu negócio. Isso inclui revistas, jornais, e telelistas. Considere seu público-alvo na hora de decidir o tipo de mídia em que você colocará seus anúncios.

    • Por exemplo, se você tem uma loja de roupas femininas, você gostaria de anunciar em revistas de moda, enquanto que alguém que tenha um negócio de mecânica escolheria uma revista sobre carros.
  3. 3
    Envie anúncios pelo correio. Também chamado de mala direta, este método consiste de enviar anúncios impressos como cartões portais ou folhetos diretamente para o endereço das pessoas. Para campanhas assim, os negócios costumam comprar listas de endereços que visam apenas seu público-alvo. A mala direta abrange custos de impressão, envio e compra de listas de endereços, e, portanto, tem menor custo-benefício e não é tão utilizada quanto a internet. Porém, este método é ideal para mensagens assinadas à mão e cupons.

    • Por exemplo, uma empresa de Sistema de segurança para casas enviaria seus anúncios apenas para proprietários e não para quem mora de aluguel.
  4. 4
    Use a internet para promover seu negócio. A primeira coisa que você deve fazer é criar um site para seu negócio, para que os consumidores possam pesquisar sobre seus produtos e/ou serviços. Ter um site também ajuda a promover seu negócio através de redes sociais. Crie páginas para seu negócio em grandes plataformas como Facebook, Twitter e Instagram. Entre as outras ferramentas online que você pode utilizar estão: [1]

    • Otimização do mecanismo de pesquisa (Search engine optimization-SEO), banners, publicidade PPC (“Paga Por Click”), emails em massa, fóruns, blogs, e programas de afiliados.
  5. 5
    Imprima panfletos. Pode parecer meio antigo, mas os panfletos são um ótimo jeito de promover seu negócio. Você pode distribuir em mãos ou cola-los em locais de avisos. Distribua-os em espaços públicos onde haja muitas pessoas, como shoppings, feiras, locais com muitas lojas, centros e onde haja reuniões.[2]

    • Ainda, você poderá conseguir mais clientes colocando os panfletos em carros estacionados, ou distribuindo-os de porta em porta em prédios ou condomínios.
  6. 6
    Use a televisão e o rádio. Outra possibilidade é criar um comercial para TV ou rádio. Claro, é importante manter seu orçamento em mente. Se você fizer um comercial, você quer parecer profissional e não brega. Para fazer um bom comercial, você precisará gastar um dinheiro. Por isso, anunciar em TV e rádio é mais adequado para empresas grandes e de grande alcance, que tenham dinheiro para tal despesa.[3]

    • Se você quiser mesmo fazer um comercial, procure sites de produtores de vídeos freelancers que normalmente gravam seu comercial por um preço menor do que grandes empresas.
  7. 7
    Considere outdoors e similares. Se você já viu algum anúncio em outdoor e se sentiu atraído pelo produto/serviço, então você sabe que realmente funciona. Outdoors, letreiros, e anúncios na frente de lojas podem atrair consumidores para seu negócio. Se você tem uma mascote ou um logo, você também pode considerar contratar alguém para dançar fantasiado e sinalizar na frente da loja para atrair as atenções.[4]
  8. 8
    Faça telemarketing. Você pode fazer telemarketing direto, ligando para os clientes, ou enviando mensagens de texto para dispositivos eletrônicos. Estes podem ser celulares, smartphones e assistentes pessoais digitais (PDAs).[5]
  9. 9
    Contrate uma empresa de relações públicas. Se você tentou por si mesmo e acha que precisa de ajuda profissional, pense em contratar uma empresa de relações públicas. Empresas de RP lidam com comunicados de imprensa e novas histórias que possam gerar interesse em seu negócio. Especialistas em RP também podem ajudar a criar anúncios mais convincentes.

Parte 2

Fazendo contatos

Ao conhecer outros profissionais, você cria relacionamentos com outros empresários a fim de difundir o conhecimento do seu negócio e aumentar o alcance de novos clientes como um meio de associação. Depois de fazer um contato, faça o que puder para manter o relacionamento para que ele se desenvolva em benefício mútuo.

  1. 1
    Compareça a eventos de empresários. Como em qualquer relacionamento, ajuda conhecer as pessoas pessoalmente (mesmo que você tenha algum conhecimento online). Eventos assim podem ser seminários, feiras, congressos ou reuniões de associações. Faça uma pesquisa sobre o evento de antemão para descobrir o que será discutido e, se possível, quem estará lá.[6]

    • Também é uma boa ideia chegar cedo para que você possa encontrar e conversar com os outros antes que o evento comece.
  2. 2
    Entre em uma comunidade virtual. Isso ajuda particularmente se você está começando. Comunidades virtuais podem ser uma ótima maneira de fazer contatos em larga escala. Isso pode ser de grande ajuda se seu negócio não foca necessariamente em um mercado local.
  3. 3
    Faça cartões de visita. A melhor maneira de se conectar e se manter em contato com as pessoas que você conhece é através de cartões de visita. Há muitos sites pelos quais você pode pedir cartões de visitas, ou você pode ir à gráfica local e criar um cartão personalizado. Imprima no mínimo cem, se não mais – nunca se sabe quando se vai fazer uma boa parceria através de cartões de visita.[7]
  4. 4
    Se apresente a outros empresários. No mundo dos negócios, é importante ser social. Não tenha medo de iniciar uma conversa. Se você tem alguém particular em mente, procure um conhecido em comum para que ele possa te apresentar e falar bem de você. Algumas dicas na hora de fazer contatos são:

    • Segure seu copo ou comida na mão esquerda. Assim, você estará pronto para apertar a mão de alguém.
    • Aproxime-se de pessoas em grupos ou sozinhas. Evite aproximar-se de duas pessoas conversando (a não ser que você as conheça) pois você pode interromper uma conversa particular.
    • Ao receber um cartão de visitas, dê uma olhada antes de guardar – é um sinal de respeito.
  5. 5
    Distribua cartões de visitas. Uma ótima maneira de fazer e manter contatos é dando cartões de visitas e pedindo por um em troca. Você pode encontrar algum empresário interessado em fazer uma parceria e promover-se mutuamente. Seria frustrante não ter o cartão da pessoa e ter que ficar procurando maneiras para entrar em contato.

    • Não seja mesquinho com seus cartões de visitas. Se alguém pedir por muitos (talvez para promover seu negócio na loja dele/dela), dê com satisfação.
  6. 6
    Foque em desenvolver relacionamentos. Em um evento de negociantes, é esperado que você tenha que falar sobre seu próprio negócio e ouvir os outros falarem dos deles, bastante. Então, você deve estar preparado para explicar o que seu negócio fornece e de que maneira você pode ajudar outros negócios. Você também deve estar preparado para falar sobre o tipo de relacionamento que você procura com seus contatos. Seja agradável e verdadeiro, e lembre-se de que fazer contatos tem a ver com conhecer os outros tanto quanto deixar os outros conhecerem você.[8]

    • É particularmente importante desenvolver relacionamentos com outros empresários se você tem um pequeno negócio. Ao invés de se ver como competidores, pense nos seus contatos como uma maneira de se proteger de empresas maiores. Por exemplo, se você tem um negócio de encanamento, conheça um carpinteiro e combinem de se recomendar quando perguntados por seus clientes.
  7. 7
    Faça anotações. Os cartões de visita funcionam como um mini organizador de informações de contato, porém, às vezes é necessário anotar informações extras, ideias ou referências ao conversar com alguém num evento. Certifique-se de ter um caderninho ou agenda onde você possa rascunhar informações como recomendações para outros eventos, informações de contato adicionais, ou datas de reuniões.
  8. 8
    Mantenha contato com suas conexões. Quando você conseguir uma conexão útil, faça contato seja por telefone, email ou carta para combinar mais encontros para dizer que você gostou do encontro e que você gostaria de manter parceria. Talvez você tenha alguma ideia de como os negócios podem se ajudar. Peça para marcar uma reunião no escritório ou uma conversa no almoço.

Parte 3

Pedindo Referências

Ao fazer novos contatos ou ter um cliente satisfeito, peça referência – uma recomendação para sua empresa. Divulgação boca a boca é uma ótima maneira de conseguir novos consumidores, e não custa nada.

  1. 1
    Peça para os clientes falarem sobre seu negócio para amigos e família. Isso é particularmente importante se você souber que o cliente está extremamente feliz. Inclua na rotina pedir referências aos clientes. Ligue, mande email ou um cartão postal perguntando se o consumidor está satisfeito e, se sim, peça para que ele recomende a um amigo.[9]
  2. 2
    Ofereça incentivos. Uma boa maneira de conseguir que seus clientes sugiram seu negócio aos outros é oferecendo um incentivo. Pode ser um desconto na próxima compra, um item, ou um pequeno prêmio em dinheiro. Por exemplo:[10]

    • Se você tem um salão de beleza, você pode oferecer uma promoção em que o cliente que trouxer um amigo ganha a próxima hidratação de graça.
  3. 3
    Deixe o processo simples. Quanto menos o cliente tiver que fazer para te dar mais clientes, mais fácil. Experimente distribuir formulários em que os clientes possam escrever o nome e contato e dar para a pessoa que eles estão recomendando a loja, e que a pessoa terá retornar o formulário a você.[11]
  4. 4
    Considere fazer uma promoção para pedir referências. Encare a promoção como se fosse outra qualquer. Anuncie, especifique a duração e ofereça fortes incentivos neste período. Certifique-se de que seus clientes regulares saibam sobre a promoção, postando nas redes sociais, colocando pôsteres nas janelas e distribuindo panfletos.

Dicas

  • Não tenha medo de pedir referências ou fazer novos contatos. Ser tímido no mundo dos negócios vai tornar mais desafiante fazer novos contatos.
  • Peça o email de seus consumidores frequentes para que você possa enviar promoções e novidades a eles.

Referências

  1. http://www.allbusiness.com/business-online-marketing/16672669-1.html
  2. http://smallbusiness.chron.com/create-print-own-business-flyer-3503.html
  3. http://www.advertiseontelevision.com/
  4. http://www.entrepreneur.com/article/48404
  5. http://mashable.com/category/mobile-marketing/
  6. http://mashable.com/2011/03/14/small-business-collaboration/
  7. http://www.careerealism.com/business-card-benefits/
  8. http://mashable.com/2011/03/14/small-business-collaboration/
  9. http://www.paymo.biz/blog/10-Dicas-to-boost-your-referrals/

Exibir mais… (2)


Como Coletar Endereços de E mail

Como Coletar Endereços de E mail

Informações do Autor

Neste Artigo:coletar endereços de e-mail em pessoacoletar endereços de e-mail on-lineofereça benefíciosencoraje os outros a ajudá-loReferências

Coletar endereços de e-mail para uma newsletter ou publicação similar pode ser um dos aspectos mais difíceis em mantê-la. Entretanto, há muitas formas de solicitar inscrições, e muitas delas fazem a prospecção parecer atraente para seus clientes.

Parte 1

coletar endereços de e-mail em pessoa

  1. 1
    Crie uma planilha de inscrições. Se você tiver uma loja real, coloque uma planilha de inscrição e-mail próximo ao registro. Indique-a para cada cliente que fizer uma compra.[1]

    • Igualmente, você pode instruir seus caixas a pedir a cada cliente para registrar um endereço de e-mail. Certifique-se de que eles informem que isto é apenas opcional e os benefícios de fazê-lo.
  2. 2
    Colete cartões de visita. Coloque uma cesta, aquário vazio ou recipiente similar próximo ao registro ou em outro local igualmente visível. Ponha uma etiqueta ou sinal, assim as pessoas saberão que ele serve para deixar seus cartões de visita.

    • Normalmente, esses tipos de coletas são encorajados pelo uso de ofertas ou concursos especiais. Por exemplo, você pode incluir uma nota dizendo que um sorteio acontecerá toda semana, e o vencedor receberá certa porcentagem ou quantia em desconto na próxima compra.
  3. 3
    Participe ou crie um evento. Procure eventos que lhe permitiriam conhecer potenciais clientes para o seu negócio. Leve uma planilha de inscrições com uma prancheta para coletar endereços de e-mail nesses acontecimentos.

    • Participe de tantas feiras e exposições quanto possível. Esses eventos atraem clientes em potencial, considerando que convenções e conferências tendem apenas a atrair outras empresas do seu ramo.
    • Dependendo da natureza do seu negócio, você também pode realizar seu próprio evento, como um almoço, consulta ou apresentação. Você pode até mesmo exigir que os participantes se inscrevam via e-mail nesses eventos.
  4. 4
    Inclua um folheto de embalagem. Quando você enviar um pedido a alguém, inclua um folheto de embalagem separado no pacote, que peça aos clientes para se inscreverem em sua newsletter.

    • Forneça instruções claras sobre a inscrição. Inclua a URL para uma página específica de inscrição ou o endereço de e-mail que os clientes podem contatar se desejarem ser adicionados como assinantes.
    • Igualmente, você pode fazer a solicitação diretamente na própria folha de embalagem. Ela pode não se destacar tanto quanto um folheto, mas pode ser uma boa forma de cortar custos e ainda assim espalhar seu pedido.
  5. 5
    Mencione sua solicitação em qualquer material impresso produzido. Qualquer guia, newsletter, propaganda ou outros materiais impressos produzidos e/ou distribuídos por sua empresa devem incluir uma solicitação de endereços de e-mail dentro do conteúdo global.

    • O mesmo princípio também se aplica a material digital produzido por sua empresa, como vídeos e podcasts.

Parte 2

coletar endereços de e-mail on-line

  1. 1
    Exiba um formulário de inscrição em seu site. Ele deve ser muito fácil de encontrar e localizado em todas as páginas. Torne o processo o mais simples e mais breve possível para incentivar o maior número que puder de assinaturas.[2]

    • O formulário de inscrição pode ser nada mais do que uma pequena caixa claramente identificada na parte superior do site. Por outro lado, você pode incluir um link no topo de cada página, que direcione potenciais assinantes para uma página e um formulário de inscrição separado. Este formulário deve ser bem curto, exigindo o mínimo de informação possível (nome e endereço de e-mail).
    • Se você tiver um blog separado para sua empresa, também inclua o formulário ou um link para ele em um ponto altamente visível.
  2. 2
    Considere solicitações por pop-up. Muito embora a maioria das pessoas ache anúncios pop-up chatos, pode ser realmente uma boa ideia incluir um incentivando os visitantes a se inscreverem para conteúdo de e-mail. A chave é formatá-lo para que ele apareça uma vez que os usuários cheguem ao final da página ou saiam do site.

    • Alguém que estivesse interessado o suficiente para ler seu conteúdo é mais provável de fornecer um endereço de e-mail do que aqueles que apenas caíram em seu site pela primeira vez. Como tal, o pop-up deve sempre vir no final da experiência de visita, nunca no começo.
  3. 3
    Mencione na finalização. Clientes que compraram de você on-line normalmente precisarão fornecer um endereço de e-mail. Peça permissão para adicioná-lo a seus assinantes durante o processo de finalização.

    • Isso geralmente pode ser feito incluindo uma caixa de seleção logo acima do botão “Enviar Pedido”. Do lado dela, inclua uma linha de texto “Marque aqui para receber promoções, ofertas especiais e novidades por e-mail.”
  4. 4
    Envie solicitações periódicas através de contas de mídia social. Se você ainda não estiver aproveitando as mídias sociais para se conectar com clientes atuais e futuros, deve começar a fazer isso. Poste solicitações de endereços de e-mails de clientes ocasionalmente através de cada uma de suas redes sociais.

    • Envie mensagens no Twitter ou faça postagens de texto e imagens no Facebook.
    • Publique propagandas com base em imagens para sua newsletter de e-mail no Pinterest e Instagram.
  5. 5
    Poste um link em sua assinatura de e-mail. Ao criar uma assinatura empresarial adicionada automaticamente no final de cada e-mail, forneça instruções sobre como o destinatário pode adicionar o nome dele à sua lista de assinantes.

    • Um link pode ser especialmente benéfico se você adicioná-lo à assinatura padrão de contato da sua empresa. Fazer isso informa automaticamente sobre sua lista de e-mails a qualquer um que lhe contate com perguntas sobre ela.

Parte 3

ofereça benefícios

  1. 1
    Forneça uma prévia. Publique uma captura de tela da sua newsleter ou peça de conteúdo similar em algum lugar onde seus visitantes on-line possam ver. Esta prévia deve fornecer um vislumbre de alguns dos conteúdos normalmente incluídos nela.

    • Outra forma de oferecer uma prévia seria arquivar edições anteriores. Isto dá a potenciais assinantes uma forma de procurar pelas várias cópias de sua newsletter uma ideia mais completa do que eles receberão no futuro.
  2. 2
    Acompanhe a solicitação com um forte visual. Em vez de usar anúncios somente com texto para pedir endereços de e-mail, crie uma imagem atraente. Elas tendem a atrair a atenção mais eficientemente do que o texto.

    • Certifique-se de que a imagem que você usar esteja relacionada de alguma forma com sua empresa. Por exemplo, se você vende fontes para jardins, o visual pode ser tão simples quanto uma fotografia de um jardim bem conservado.
  3. 3
    Ofereça um brinde para a inscrição. Considere oferecer um brinde para os clientes que se inscreverem para receber sua newsletter por e-mail. Ele deve ser bem pequeno, mas ainda valer o suficiente para oferecer algum incentivo.

    • Por exemplo, você pode oferecer um arquivo PDF informativo gratuito sobre um tópico que interesse seus clientes em potencial.
    • Por outro lado, o brinde pode ser algo como 10% de desconto na próxima compra se ela for feita dentro de 30 dias.
  4. 4
    Inicie um clube de aniversário. Diga aos que se inscreverem em sua newsletter que eles receberão um presente especial ou algo do tipo no aniversário deles. Tal como acontece com brindes de inscrição, a oferta deve ser acessível para você, mas ainda atrativa para eles.

    • Coisas gratuitas geralmente são o presente de escolha para um clube de aniversário. Se você tiver uma loja, pode enviar por e-mail um cupom no aniversário dos clientes, que pode ser trocado em pessoa por uma pequena lembrança. Outra opção é oferecer um brinde com uma compra mínima ou um desconto significativo.
  5. 5
    Realize um sorteio ou concurso. Uma boa forma de conseguir um volume maior de novos endereços de e-mail de uma só vez é realizar um sorteio ou concurso para os novos assinantes. O vencedor deve receber um prêmio que deve ser anunciado antecipadamente.[3]

    • Uma vez que poucas pessoas realmente ganharão algo, eles devem valer consideravelmente mais do que o brinde que você daria para um clube de aniversário ou inscrição.
    • Você também pode oferecer a chance de ganhar números adicionais para antigos e novos assinantes que anunciarem seu concurso através de mídias sociais, blogs ou outros fóruns públicos.
  6. 6
    Destaque descontos “apenas por e-mail”. Você pode postar a maioria dos descontos e ofertas on-line para todos os seus clientes verem, mas também deve oferecer um desconto ocasional que esteja disponível apenas para seus assinantes de e-mail.

    • Instrua os assinantes a introduzirem determinado código de desconto durante o processo de finalização. Entretanto, não o publique em nenhum lugar do seu site.
  7. 7
    Envie mensagens frequentes que valham a pena. Conseguir subscrições de e-mail são uma coisa, mas mantê-las é outra. Você precisa ter certeza de que as mensagens que envia para seus assinantes valham a pena. Caso contrário, eles podem escolher cancelar a assinatura.

    • Isto também significa que todas as mensagens que você enviar devem ser importantes. Se você inundar seus assinantes com 3 ou 4 e-mails todos os dias, e eles raramente oferecerem conteúdo substancial, muitos deles optarão por excluir suas mensagens sem lê-las.

Parte 4

encoraje os outros a ajudá-lo

  1. 1
    Incentive seus funcionários a fazerem o trabalho. Ofereça incentivos a eles para coletarem endereços de e-mail.

    • Ofereça um bônus ou incentivo monetário similar aos empregados que coletarem determinado número de e-mails válidos.
    • Para desencorajar trapaças, certifique-se de que eles saibam que esses endereços devem ser válidos e serão verificados antes da recompensa ser concedida.
  2. 2
    Peça referências. Ofereça incentivos para quaisquer clientes ou assinantes atuais para incentivá-los a indicar amigos e familiares à sua lista de e-mail.

    • Os clientes que indicarem você a outros devem ser elegíveis a um desconto especial.
  3. 3
    Facilite o encaminhamento. Se sua newsletter por e-mail for forte o suficiente para se mostrar como um incentivo em si, seus assinantes atuais pode querer encaminhá-la sem nenhum incentivo extra. Inclua um link “encaminhe para um amigo” na parte inferior de cada newsletter para simplificar o processo para eles.[4]

    • Este link deve redirecionar o assinante para um formulário web. Assim, forneça espaço para o assinante inserir vários endereços de e-mail e incluir uma mensagem curta.
    • Você também pode usar esse truque em conjunto com um programa de indicação de clientes.
  4. 4
    Comercialize espaço. Trabalhe em conjunto com outras empresas e negócios que compartilhem uma clientela similar. Peça a eles para que façam uma propaganda de sua lista de e-mails e, em troca, ofereça-se para fazer o mesmo para eles.

    • Você pode negociar espaços dentro de suas newsletters, em seus blogs ou em suas páginas de mídia social. Se ambas as empresas enviarem materiais para serem imprimidos por e-mail, vocês também podem enviar inserções de embalagens uns dos outros.

Referências

  1. http://www.inc.com/janine-popick/15-super-easy-ways-to-collect-email-addresses.html
  2. http://www.verticalresponse.com/blog/change-up-your-newsletter-get-more-clicks/
  3. http://streetfightmag.com/2014/08/05/8-ways-to-collect-more-customer-email-addresses/
  4. http://www.benchmarkemail.com/help-FAQ/answer/i-want-to-begin-collecting-email-addresses-what-should-i-do


Como Calcular o CPM de Uma Campanha

Como Calcular o CPM de Uma Campanha

Escrito em parceria com

Equipe blogwiki

Neste Artigo:Calculando o CPMUsando o CPMReferências

O CPM (abreviatura de “custo por mil impressões”) é um termo publicitário que representa o custo por cada mil impressões de uma propaganda digital, onde cada impressão representa um cliente em potencial do produto anunciado. O CPM é calculado através do custo do anúncio dividido pelo número total de impressões e multiplicado por 1000 (CPM = custo/impressões x 1000).[1] Geralmente, o CPM é dado pela plataforma de anúncio e usado para calcular o valor total de uma campanha publicitária.

1

Calculando o CPM

  1. 1
    Defina o orçamento da campanha. Uma campanha de anúncios online é usada para apresentar uma ideia ou um produto para um determinado público. Supondo que decida aplicar R$ 10.000,00 em publicidade, essa é uma parte da informação necessária para calcular o CPM.
  2. 2
    Defina o número total de impressões desejadas. Para conseguir calcular o custo de mil impressões para o anúncio, é preciso definir o número total desejado de impressões (vindas de um público alvo predefinido).[2]

    • Por exemplo, digamos que a empresa queira rodar uma campanha que atingirá 500.00 impressões.
    • Ferramentas como o Google Analytics podem ser utilizadas para definir qual o tipo de tráfego que o website recebe. Para anúncios de mídia impressa ou televisiva, uma agência especializada é necessária para colher tais informações.
  3. 3
    Faça as contas. O custo total da campanha será dividido pelo número de impressões desejadas e multiplicado por 1000: (10.000/500.000) x 1000 = 20.

    • No exemplo, a empresa gastaria R$ 20,00 para cada 1000 impressões do anúncio feito com um orçamento de R$ 10.000,00.

2

Usando o CPM

  1. 1
    Calcule o custo potencial de uma campanha. O CPM normalmente é definido por alguma plataforma de venda de anúncios, mas você pode fazer um cálculo para determinar exatamente quanto a campanha custará para um certo número de visualizações.

    • Custo total = (número total de impressões x CPM) / 1000.
    • Por exemplo: 1.000.000 impressões com uma taxa CPM de R$ 50,00 (ou seja, R$ 50,00 a cada 1000 impressões) custariam R$ 50.000,00.
  2. 2
    Calcule o público em potencial através do orçamento. Da mesma forma, caso já tenha o valor do CPM estabelecido e o orçamento total, é possível determinar se o dinheiro investido compensa pela audiência em potencial atingida.

    • Audiência potencial= (custo total x 1000) / CPM.
    • Por exemplo: um orçamento publicitário de R$ 50.000,00 com uma taxa CPM de R$ 10,00 pode ter mais de 5.000.000 impressões.
  3. 3
    Venda seu espaço. Se você tem um website e deseja ganhar receita através de publicidade, um CPM será calculado através do tráfego do site e da quantidade total de dinheiro que a empresa anunciante pretende gastar.

    • Na publicidade online, o cálculo geralmente é feito automaticamente através de serviços como o Google Analytics. O valor do espaço para anúncios é calculado e vendido para empresas que derem lances por ele.
  4. 4
    Maximize o custo-benefício da publicidade. O CPM é útil para empresas e anunciantes que pretendem atingir o maior número de pessoas pelo valor mais razoável o possível. O valor é bastante variável e pode ser usado para comparar os custos de diferentes mídias e espaços.

    • Outros fatores, como informações demográficas e visibilidade, certamente influenciarão a eficácia de uma campanha publicitária. O CPM deve servir apenas como uma base para a análise de custos.

Dicas

  • Existem várias calculadoras de CPM online, para caso você não queria fazer as contas sozinho. Experimente os seguintes sites:
    • http://www.marketingdive.com/tools/cpm-calculator-app/
    • https://www.calculatestuff.com/business/cpm-calculator
  • Os valores do CPM podem mudar de acordo com o preço de certas palavras-chave. A maioria das redes que utiliza sistemas de licitação permite que o usuário faça lances por palavras-chave – quanto maior a competição, maior é o preço de tal palavra-chave.
  • Existe uma diferença importante entre as impressões exibidas (CPM) e as impressões visualizadas (CPMv). Uma impressão visualizada é quando o anúncio é requisitado, exibido e efetivamente visto pelo usuário. Um impressão exibida não leva em consideração casos nos quais o usuário sai da página antes que o anúncio seja carregado ou que haja bloqueadores de propaganda instalados no navegador. Havendo a opção, o anunciante deverá optar sempre pelas impressões visualizadas, uma vez que elas fornecem dados mais precisos para determinar a performance de uma campanha.[3]
  • Não confunda CPM com RPM. O RPM é “receita por mil impressões”, valor dado a editoras ou criadores de conteúdo que representa a quantidade de receita gerada por cada mil impressões.[4]

Referências

  1. https://en.wikipedia.org/wiki/Cost_per_mille
  2. https://en.wikipedia.org/wiki/Online_advertising
  3. https://support.google.com/adwords/answer/2459326?hl=en
  4. http://www.sovrn.com/blog/rpm-vs-cpm-why-it-matters-for-publishers/


Como Anunciar um Salão de Beleza

Como Anunciar um Salão de Beleza

Escrito em parceria com

Equipe blogwiki

| 13 Referências

Neste Artigo:Desenvolvendo uma campanha de marketingPromovendo seu salão13 Referências

Um dos elementos mais importantes de um salão de beleza bem-sucedido e rentável é uma campanha de marketing adequada e viável. Infelizmente, vários donos de salão aprendem como anunciar por tentativa e erro, o que muitas vezes é caro e ineficaz. Desenvolvendo uma estratégia apropriada e promovendo seu salão de maneira estratégica, você pode expandir bastante seu negócio.

Parte 1

Desenvolvendo uma campanha de marketing

  1. 1
    Defina o orçamento. Anunciar em vários tipos de mídia durante períodos-chave do ano pode ajudar você a alcançar milhares de possíveis novos clientes, e definir um orçamento antes de comprar anúncios pode ajudá-lo a determinar seu possível retorno sobre investimento e evitar que gaste capital.

    • Considere anunciar para além da internet usando meios impressos, rádio e televisão, que alcançarão uma audiência bem maior do que apenas a web.
    • Os anúncios de rádio e televisão podem ser caros, e portanto mais apropriados para salões maiores. Uma vantagem de gastar um pouco mais de dinheiro no rádio ou na televisão é que você alcançará uma base de possíveis clientes bem mais ampla.
    • Gaste seu orçamento de marketing naquilo que seus possíveis clientes leem, assistem ou ouvem e dentro de um alcance de circulação que não seja maior do que 32 km do seu salão.
    • Crie um orçamento que permita mais campanhas durante os períodos mais movimentados do ano, como o Natal ou o Dia das Mães.[1]
  2. 2
    Descubra qual o perfil dos seus clientes. É preciso ter como alvo o mercado específico para o qual você pretende anunciar. Descobrir o perfil dos seus clientes ajudará você a anunciar seu salão de modo mais eficaz e bem-sucedido.

    • Para definir o perfil de seus clientes, pense na localização geográfica do seu salão, no gênero, na renda média, no status civil, no nível de educação e nos passatempos e interesses.
  3. 3
    Crie sua marca. Escolha um nome, um logo e um design para o salão que envolvam o mercado-alvo. Eles ajudarão a estabelecer sua identidade e podem criar uma conexão ente você e seus clientes atuais ou prospectos.[2]

    • Leve em conta coisas como paletas de cores, nomes e elementos de design.[3]
    • Pense na localização para que sua marca combine com ela.[4] Seu salão está em uma área turística diferente ou no meio da cidade?
    • Preste atenção nas empresas de sucesso da sua região e use as ideias delas, mas mantendo sua marca distinta e memorável quando comparada aos competidores.[5]
    • Você e sua equipe são parte da marca, portanto anuncie seus talentos e habilidades.[6]
    • Criar um slogan fácil de lembrar que possa ser impresso em cartões de visita, uniformes e assinaturas de e-mail pode ajudar a estabelecer sua marca. Por exemplo, se o salão oferece tratamentos holísticos e baseados na energia, o slogan pode relacionar a beleza com a energia e a felicidade.[7]
  4. 4
    Contrate uma agência de publicidade ou crie os próprios anúncios. Depois de estabelecer os parâmetros básicos da sua campanha, você pode criar o conteúdo dos anúncios ou contratar uma agência, que pode ajudar a otimizar sua campanha.

    • Caso decida chamar ajuda profissional, consulte várias agências diferentes para encontrar aquela que atenda melhor às suas necessidades e desejos.[8]
    • A agência pode criar seu site ou ajudar você a encontrar o web designer certo.
    • Se decidir criar você mesmo seu site e seus anúncios, pesquise a publicidade de empresas locais para guiar seu design. Sua marca deve ser simples, distinta e atraente para seus clientes atuais e prospectos.
  5. 5
    Crie os anúncios impressos e em áudio. Eles serão muitas vezes a primeira impressão que os possíveis clientes terão de você, por isso é bom escrever anúncios impressos e de rádio para atraí-los. Conquistar os possíveis clientes e manter a mensagem simples e concisa pode ajudar a atrair uma ampla gama de consumidores.

    • Crie os anúncios para complementar sua marca. Use esquemas semelhantes de cor e design para que os clientes associem esses elementos a você.
    • Inclua itens como o nome do salão, as especialidades e quaisquer ofertas ou serviços especiais. Mantenha a informação curta e simples para que as pessoas possam se lembrar facilmente da empresa.
  6. 6
    Crie o site do salão. Ele deve apresentar uma imagem da experiência que o cliente vai obter no local. É importante que seu salão tenha um site de aparência profissional, pois a página pode atrair possíveis clientes e ajudar a manter sua clientela atual.

    • O design deve combinar com a marca e imitar a sensação que os clientes terão ao entrarem no salão: talvez essa sensação seja de calma e serenidade, ou talvez seja de vibração e animação.[9]
    • Inclua seções com os diferentes serviços, cabeleireiros, preços, produtos vendidos e ofertas especiais.[10]
    • Estruture o site para que os motores de busca possam localizá-lo facilmente e levar os possíveis clientes a ele.[11]
    • Inclua detalhes como a localização, o telefone, o horário de funcionamento e o endereço de e-mail.
    • Exiba outros aspectos do salão, como o ambiente e as facilidades oferecidas, como café ou Wi-Fi.
    • Use modelos online e personalize-os de acordo com suas necessidades.

Parte 2

Promovendo seu salão

  1. 1
    Dê garantia de seus produtos e serviços. Se você acreditar neles o bastante para garantir a satisfação, os possíveis clientes podem se sentir mais propensos a experimentar seu salão, e os atuais, mais a fim de ficar.
  2. 2
    Compre anúncios em mídias diferentes. Você precisa atrair a mais ampla base de possíveis clientes para seu salão. Comprar anúncios em mídias diferentes, como jornais, televisão, rádio ou internet, pode ajudar você a ampliar seu negócio.

    • Os anúncios comprados devem estar de acordo com suas necessidades e permanecer dentro do orçamento estabelecido.
    • Ajuste a cobertura midiática com base na sua localização. Por exemplo, é melhor anunciar em um jornal local maior e com circulação mais ampla do que em um jornal específico para a sua cidade.
  3. 3
    Promova por meio das mídias sociais. As pessoas estão obtendo cada vez mais informação por meio das contas de mídias sociais. Abrir contas no Facebook, no Instagram e no Twitter pode ajudar a anunciar seu salão e os serviços dele.

    • Escreva posts sobre ocasiões especiais ou eventos que acontecerão no seu salão.
    • Poste fotos de clientes e use hashtags para aumentar sua visibilidade.
    • Ofereça descontos para os clientes satisfeitos que escreverem resenhas.
    • No caso de resenhas negativas, preste atenção nas reclamações dos clientes insatisfeitos e procure trabalhar em cima elas.
    • Interaja regularmente com os clientes.
  4. 4
    Escreva newsletters informativas a cada mês ou trimestre. Manter contato regular com seus mercados-alvo por e-mail ou carta ajudará a manter o nome do salão visível. Você também pode direcionar clientes para suas contas nas mídias sociais ou para o salão em si.

    • Por exemplo, você pode escrever uma newsletter a cada dois meses, mas mantendo a informação concisa e o discurso de vendas no mínimo.
  5. 5
    Ofereça diferenciais para os clientes atuais e prospectos. Desenvolva bônus ou ofertas diferentes para eles que não reduzam seus lucros. Dar um incentivo às pessoas pode atraí-las para experimentar ou voltar ao seu salão.

    • Pense em algo barato, mas eficaz para atrair possíveis clientes. Por exemplo, ofereça uma amostra de um produto capilar ou uma manicure para os aniversariantes. Você também pode dar um desconto para os clientes que frequentarem o salão pela primeira vez nos dias de menor movimento.[12]
    • O Natal é a época em que todo mundo procura por ofertas e descontos. Você pode tirar vantagem desse período criando ofertas e descontos especiais de Natal, que ajudarão a atrair clientes novos e existentes.
  6. 6
    Incentive as indicações. Os salões de beleza dependem muito do boca a boca. Treine os funcionários para construírem uma clientela por meio do relacionamento com os clientes e das indicações e ofereça um desconto ou um serviço extra em uma visita posterior para os clientes que indicarem o salão a um amigo.

    • Seus cartões de visita, sites de mídia e anúncios podem mencionar como os clientes fazem para se tornar seus “amigos” nos sites de mídias sociais. Cite os benefícios de se tornar amigo do seu salão e combine-os com prêmios e ofertas diárias exclusivas nos sites de mídias sociais.[13]
    • Desenvolva programas de incentivo para indicações. Por exemplo, você pode fazer uma competição para os clientes que indicarem mais clientes novos recompensando-os com um serviço gratuito da escolha deles.
  7. 7
    Faça parcerias com outras empresas. Use outros negócios para anunciar seu salão. Você pode criar um sistema no qual outras empresas exibem seus cartões de visita no escritório delas em troca de colocar os cartões delas no seu salão.

    • Pense também na possibilidade de fazer promoções junto com outros negócios. Por exemplo, você e um restaurante local podem oferecer descontos para quem visitar os dois locais.
    • Faça eventos especiais com outras empresas para ajudar a diminuir os custos. Você pode fazer uma venda de calçada ou um evento de caridade patrocinado junto com uma empresa parceira para ajudar a atrair clientes para as duas companhias.
  8. 8
    Faça parcerias com marcas nacionais. Fazer parcerias com grandes marcas nacionais ou internacionais também pode atrair clientes, pois elas podem ajudar a aumentar sua exposição por meio de vários tipos de mídia.

    • Por exemplo, se você vender produtos específicos, a empresa deve colocar o nome do seu salão no site dela, abaixo de: “Disponível nesses salões”.
  9. 9
    Venda mercadorias de marca. Vender uma pequena coleção de mercadorias de marca, como roupas ou itens práticos, como pentes e escovas, pode aumentar a exposição na sua área. Mantenha o estoque desses produtos no mínimo até ter certeza de que eles vendem.

Referências

  1. http://salonspaowner.com/are-you-wasting-your-salons-advertising-dollars-part-1/
  2. http://www.entrepreneurship.org/resource-center/creating-a-brand.aspx
  3. http://www.entrepreneurship.org/resource-center/creating-a-brand.aspx
  4. http://www.entrepreneurship.org/resource-center/creating-a-brand.aspx
  5. http://www.entrepreneurship.org/resource-center/creating-a-brand.aspx
  6. http://www.entrepreneurship.org/resource-center/creating-a-brand.aspx
  7. http://www.socialmediatoday.com/content/impact-slogans-branding
  8. http://www.bloomberg.com/bw/stories/2007-08-15/how-to-hire-an-ad-agencybusinessweek-business-news-stock-market-and-financial-advice
  9. http://www.salonguru.net/salon_website/salon-website-design-checklist/

Exibir mais… (4)


Como Alcançar as Massas

Como Alcançar as Massas

Informações do Autor

Neste Artigo:Propaganda do “mundo real”Propaganda digitalFazendo a sua mensagem ser ouvida6 Referências

Para promover de maneira eficiente uma causa, um evento, um negócio, um produto ou um serviço, você precisa entender como alcançar as massas eficientemente. É importante saber estruturar uma campanha para chamar o máximo de atenção possível e usar uma combinação de propagandas no “mundo real” e no mundo online para expandir o seu público.

Parte 1

Propaganda do “mundo real”

  1. 1
    Anuncie no rádio. Essa é uma maneira tradicional e eficiente de se atingir as massas. Ela costuma ter um custo-benefício melhor do que comerciais de televisão para alcançar um público local e são mais eficientes do que outras formas de comunicação, como panfletos e o boca-a-boca.[1]

    • Identifique o seu público-alvo e avalie que estações de rádio têm acesso ao maior número de pessoas nesse nicho. Entre em contato com elas para negociar possíveis propagandas.
    • Avalie todas as propostas, levando em conta o seu orçamento e a quantidade de pessoas alcançadas por cada uma delas.
    • Selecione a melhor estação e compre minutos de propagando em diferentes horários.
  2. 2
    Envie um comunicado de imprensa. Pague por um anúncio ou envie um comunicado de imprensa aos jornais locais. Hoje em dia, muitos deles também têm websites, tornando possível atingir várias pessoas no mundo real e no mundo digital.

    • Os jornais pequenos e locais terão um custo menor, pois têm também um público muito menor. As publicações com maior número de leitores são capazes de atingir as massas mais eficientemente.
    • Considere o seu público-alvo. Por exemplo, hoje em dia, a maioria dos jovens não assina jornais impressos; portanto, para alcançá-los, é mais inteligente anunciar em websites de notícias.
    • Alternativamente, você pode escrever um comunicado de imprensa e lançá-lo em websites, como o PRweb, PRblog, PRnewswire e onlineprnews. A maioria dessas páginas oferece pacotes gratuitos e pagos; então basta escolher o que se adequa melhor ao seu orçamento.
  3. 3
    Entre em contato com as universidades locais. A maioria dos estudantes universitários ainda está começando a formar suas opiniões, logo eles costumam estar mais interessados em ideias e eventos inovadores do que o público mais velho.

    • Veja se você pode organizar um estande em uma faculdade divulgando a sua causa ou uma promoção. Você também pode verificar se existe a possibilidade de dar uma palestra. Caso consiga organizar algum evento, deixe os alunos cientes pelos quadros de avisos.
    • Se estiver vendendo ingressos, fale diretamente com a pessoa responsável pelo departamento mais relacionado ao tópico do evento. Dependendo das circunstâncias, você pode conseguir vender ingressos em grades pacotes, se oferecer bons descontos.
  4. 4
    Distribua cupons. Imprima cupons e papéis de descontos sobre qualquer promoção que você pretende realizar. As pessoas costumam ignorar os panfletos, mas, quando eles representam um desconto ou dão direito a algo, eles são lidos com mais atenção.

    • Alternativamente, você pode criar e imprimir códigos QR relacionados a uma promoção. Isso pode ser feito usando ferramentas gratuitas, como o Kaywa QR Code Generator ou o GoQR. Certifique-se de que o link leve diretamente a uma página relacionada a promoção. Insira o código em todo material promocional que você for imprimir e distribuir.[2]

Parte 2

Propaganda digital

  1. 1
    Envie e-mails para os seus contatos. Antes de tentar atingir um número maior de pessoas, entre em contato com aqueles que já fazem parte do seu círculo social e profissional.

    • Se você já tem uma lista de contatos criada especificamente para esse fim, mande um e-mail para todas as pessoas da lista.
    • Ainda que não tenha um lista específica, pode ser interessante mandar um e-mail manualmente para todas as pessoas que você acredita que possam se interessar pelo assunto.
    • Coloque todas as informações relevantes no e-mail. Além disso, inclua uma nota encorajando as pessoas a encaminharem o e-mail para os amigos que possam se interessar.
  2. 2
    Apareça no Facebook. Essa ainda é uma das mídias sociais mais poderosas e populares. Várias pessoas ainda a utilizam para atingir as massas com sucesso, enquanto várias outras falham na mesma tarefa. Portanto, é extremamente crucial saber como utilizar o Facebook de maneira eficiente.[3]

    • Se ainda não tem uma página oficial no Facebook, abra uma agora mesmo. Mantenha a página atualizada e ativa.
    • Direcione as suas postagens ao seu público-alvo, baseando-se na idade, no gênero, no estado civil e em critérios similares.
    • Deixe as suas postagens mais interessantes usando imagens originais.
    • Escreva em horários diferentes, a fim de determinar a hora ideal para atingir o seu público-alvo mais eficientemente.
    • Entre em contato com outras páginas com público-alvo semelhante e façam acordos para que uma promova a outra.
    • Considere pagar pelas propagandas no Facebook.
  3. 3
    Divulgue no Twitter. A sua causa, o seu evento ou a sua empresa devem ter uma conta própria no Twitter. O mínimo que você pode fazer é publicar frequentemente e tentar conseguir o maior número possível de seguidores.

    • Uma outra boa ideia é criar uma “hash tag” oficial. Crie um termo que seja fácil de ser lembrado e relevante ao assunto e inclua essa “hash tag” em todas as suas postagens. Além disso, imprima essa “hash tag” em todo o material promocional, a fim de alcançar o maior número de pessoas possível.[4]
  4. 4
    Crie uma conta no Pinterest para a sua causa. Publique informações relevantes ao seu tópico e tente conseguir seguidores que compartilham do seu interesse.

    • Você pode marcar artigos de assuntos relevantes, tutoriais para projetos pessoais com tema similar ao da sua causa ou publicar anúncios de produtos ou de eventos futuros.
    • Encoraje aqueles que se conectaram a você a enviar ou postar as suas próprias fotos e coloque essas imagens em um mural especial dedicado aos seus seguidores.
  5. 5
    Escreva como convidado em outros blogs. Entre em contato com os donos de páginas com temas similares e peça para escrever um texto como convidado sobre um assunto do seu interesse.

    • Isso pode ser ainda mais benéfico se você tiver o seu próprio blog. Nesse caso, você pode inserir um link para ele no final do texto e também oferecer espaço na sua página para outros escritores.
    • Prefira uma postagem educacional. Se deseja que os leitores visitem a sua página, inclua um breve link no final do texto.
  6. 6
    Faça podcast. Hoje em dia, aproximadamente 25% dos americanos escuta podcasts. Por isso, converter a informação que você pretende divulgar para áudio digitar pode fazer uma grande diferença.[5]

    • Se você já tem um blog, é possível converter as suas postagens já existentes para forma de podcast.
    • Uma outra opção é gravar um programa regular de podcast. Disponibilize todos os episódios para download ou para serem escutados online.
  7. 7
    Publique um livro digital. Considere escrever um livro conciso e breve sobre a sua causa ou em um tópico relevante ao evento ou ao negócio que pretende promover. Publique o livro você mesmo e coloque-o disponível para download gratuitamente (ou por um preço pequeno) no maior número possível de plataformas.

    • O material publicado deve ser relevante e o livro digital deve ter uma aparência profissional.
    • Desenhe uma capa que chame a atenção para o livro. Ela pode ser o fator decisivo que leva um potencial leitor a baixar o seu texto.
    • Disponibilize o seu livro digital no seu blog (caso tenha um). Além disso, ele deve estar disponível para download na Amazon e no Barnes and Noble Book.

Parte 3

Fazendo a sua mensagem ser ouvida

  1. 1
    Se informe. Independente do que você planeja divulgar, é importante saber o máximo possível sobre o assunto antes de tentar passá-lo adiante.[6]

    • Isso vale para qualquer causa, evento, negócio ou atividade.
    • Quando estiver lidando com causas externas, junte todos os dados que precisar para convencer as pessoas a se importarem tanto quanto você sobre a questão.
    • Se estiver divulgando um negócio ou um evento, esteja preparado para responder perguntas sobre o porquê do seu evento merecer atenção.
  2. 2
    Se aproveite dos recursos já existente. Em muitos casos, já existem várias comunidades e recursos sobre o assunto em questão. Portanto, antes de tudo, verifique se você não pode se aproveitar deles para divulgar a sua mensagem às massas.

    • Por exemplo, junte-se a comunidades que lutam pela sua causa ou que trabalhem de maneira semelhante.
    • Ainda que você não possa se aproveitar desses recursos para levar a sua mensagem às massas, ainda é possível atingir o público dessas comunidades.
  3. 3
    Ofereça incentivos. As pessoas costumam prestar mais atenção quando podem se beneficiar de alguma maneira. Além disso, é mais provável que elas divulguem a mensagem se os seus amigos também puderem se beneficiar.

    • Encoraje as pessoas a agirem rapidamente oferecendo um incentivo por tempo limitado ou uma quantidade limitada de prêmios. Por exemplo, você pode oferecer um desconto de 50% para aqueles que comprarem antes do fim de semana ou para os primeiros 25 clientes.
    • Ofereça incentivos para as pessoas recomendarem o seu serviço. Diga aos seguidores que eles concorrerão a um prêmio se divulgarem um link no Facebook ou no Twitter, por exemplo. Além disso, você pode oferecer um desconto para as pessoas que indicarem novos clientes.
  4. 4
    Planeje corretamente. Você pode ter mais alcance se divulgar a sua mensagem em um horário específico do dia.

    • Considere os eventos e as atividades locais. Se a sua cidade for sediar um evento popular, considere divulgar nele.
    • Tente divulgar a sua causa ou o seu negócio durante diferentes feriados. Por exemplo, as pessoas podem ser mais propensas a comprar um produto inovador durante o natal do que no resto do ano.

Referências

  1. http://www.entrepreneur.com/article/52326
  2. http://blogs.constantcontact.com/10-ways-to-organically-spread-the-word-about-your-online-deal/
  3. http://time.com/48358/facebook-marketing-eight-ways-to-get-posts-seen-more/
  4. http://www.experiencescottsdale.com/7-ways-to-spread-the-word-for-your-next-event/
  5. http://blog.crazyegg.com/2013/02/25/more-attention-blog/
  6. http://www.glamour.com/inspired/blogs/the-conversation/2012/08/5-ways-to-spread-the-word-abou


Empresas finalmente percebem o potencial de marketing dos games.

Com os e-sports, novas maneiras
de monetizar os games estão surgindo, e se antigamente os desenvolvedores
dependiam exclusivamente das vendas do jogo, hoje em dia eles precisam se
concentrar cada vez mais em um único aspecto: garantir que o jogo é divertido e
popular. Felizmente, isso já era uma parte essencial do processo de criação de
um game, e focar nestes aspectos não é nenhum problema para a maioria dos
desenvolvedores.

Mas, o motivo pelo qual é tão importante que games sejam populares é que as maneiras de monetizar os jogos são cada vez mais criativas. A banda Weezer, por exemplo, recentemente criou um mapa temático dentro do jogo Fortnite. A ideia é que os jogadores possam escutar 4 músicas do novo álbum, intitulado “Black Album”, e tenham acesso à diversos mini-games dentro do parque criado.

O mapa foi lançado durante a
nova temporada e os jogadores podem adquirir um passe de batalha, por 950
V-Bucks, para conseguir recompensas, que são itens cosméticos digitais,
relacionadas à banda Weezer.


Sucesso dos e-sports como plataforma de marketing.

Não é algo novo: os e-sports
vieram para ficar, empresas de equipamentos eletrônicos e tecnológicos investem
milhões em equipes e campeonatos anualmente justamente pensando no retorno que
isso garante no longo termo. Ligas profissionais são formadas e elas contam com
patrocinadores que, em alguns casos, sequer estão relacionados diretamente com
os e-sports, mas a visibilidade do negócio os atraiu.

No Brasil, a Gillette está
atuando de maneira forte no cenário de League of Legends. A empresa lançou,
recentemente, o primeiro reality show do ramo com vários jovens e adolescentes
que sonhavam em ser jogadores profissionais. O programa foi um sucesso e seis
jovens promessas foram incorporadas às equipes da PaiN e da INTZ. Atualmente,
existe outro programa também feito pela Gillette acompanhando a trajetória
destes atletas, é o “Path to Pro”, que acompanha o dia a dia dos jogadores
dentro das novas equipes.

E não é só a Gillette, outras empresas, notoriamente as de apostas, também investem no ramo. A MiBR, equipe brasileira de CS:GO é patrocinada por um site de apostas, e vários destes sites permitem que o jogador aposte nas partidas dos mais diversos e-sports. Muitos ainda não sabem, mas as apostas esportivas de cota fixa foram recentemente legalizadas no país e várias empresas já oferecem o serviço no Brasil. E, se você é do tipo que gosta de jogos interativos e em 3D, então você também pode usar o aplicativo do Vera&John Cassino, que conta com vários games competitivos mas que são levemente distintos dos jogos tradicionalmente encontrados nos cassinos.

games

Outros eventos já foram promovidos nos games.

O evento da banda Weezer é algo
diferente no ramo, afinal de contas não é comum a criação de um mapa em um jogo
para a divulgação de algo. Mas esta não é a primeira vez em que algo é
divulgado dentro do jogo Fortnite. Este ano tivemos, por exemplo, a
apresentação do DJ Marshmello ao vivo no game.

Toda uma estrutura foi montada:
O DJ contou com um palco posicionado próximo do Pleasant Park e os jogadores
receberam uma skin exclusiva para seus personagens. As plataformas de
streaming, como a gigante Twitch, tiveram números altíssimos de visualizações
ao longo do evento que contou com a participação de vários jogadores no palco e
nos arredores.

Hoje já é possível encontrar o filme “Vingadores: Guerra Infinita” em algumas plataformas de streaming. Mas no ano passado, quando o mesmo ainda estava nos cinemas, a Epic Games também fez uma parceria com a Marvel para divulgação do filme. O evento tinha como objetivo colocar o vilão, Thanos, dentro do jogo e foi outro sucesso. Chamado de “Infinity Gauntlet Limited Time Mashup”, o evento tinha como objetivo encontrar a Manopla do Infinito dentro do jogo, quem conseguia tal proeza, tinha habilidades especiais e se transformava no próprio vilão dentro do jogo.

A ideia foi dos diretores do filme, Joe e Anthony Russo, que são fãs do game. Eles entraram em contato com Donald Mustard, diretor criativo da Epic e ele, naturalmente, aceitou a ideia e trabalhou em sugestões que se encaixavam no game. Com tantos eventos de sucesso acontecendo com o auxílio dos games, é só uma questão de tempo até que novos eventos reais sejam divulgados nas telinhas virtuais.

5 conselhos marqueteiros que você precisa seguir na sua pequena empresa.

Preste atenção a essas recomendações para transformar o seu pequeno negócio em uma grande empresa de sucesso.


Criar uma empresa do zero e torná-la grande não é uma tarefa fácil. Hoje, é cada vez maior o número de brasileiros que investe na oportunidade de ter um negócio próprio, ainda que sem o capital necessário.

Nessas situações, cada centavo economizado conta e ter a estratégia correta para chegar nos seus clientes se torna fundamental.

É justamente aí que entra em cena o trabalho dos profissionais especializados em marketing. Eles existem para fazer “mais com menos”, ou seja, criar estratégias para otimizar a utilização do seu dinheiro de forma que cada real investido possa trazer o máximo de retorno possível.

Claro, essa não é uma ciência exata. Existem uma série de fatores a serem levados em consideração e as probabilidades podem mudar da noite para o dia, seja contra você ou a seu favor.

Para quem está começando, nem sempre é possível também contar com uma verba grande destinada para a propaganda e a publicidade.

Por isso, nada melhor do que ficar de olho no que os profissionais têm a dizer e tentar, da melhor forma possível, colocar em prática os seus ensinamentos.

Aqui, listamos 5 conselhos que os marqueteiros dariam para que você possa ter sucesso na sua pequena empresa.


1 – Saiba para quem você está vendendo

É claro que o objetivo de qualquer empresa é vender sempre o mais número possível de produtos para quantos clientes forem precisos.

Porém, na hora de divulgar o seu trabalho, é preciso ter em mente que quantidade não é sinônimo de qualidade. Em outras palavras, é melhor ser específico do que atirar para todos os lados.

Ao saber exatamente qual é o seu público-alvo você aumenta as suas chances de conversão. Ou seja, você não precisa atingir todas as pessoas que moram no bairro em que o seu estabelecimento se encontra, mas sim aquelas que realmente teriam intenção de comprar os produtos que você vende.


2 – Use a abuse da internet como ferramenta de divulgação

Uma das grandes vantagens que temos hoje em dia é a possibilidade de usar a internet para divulgar o nosso trabalho.

Redes sociais como Facebook ou Instagram são completamente gratuitas e podem fazer com que a sua mensagem chegue em mais pessoas. Claro, se você puder investir um pouco, melhor.

No entanto, muitas vezes é o trabalho de formiguinha mesmo, conversando com seus clientes um a um que vai fazer a diferença.

Portanto, pesquisa dicas de divulgação via redes sociais e separe alguns minutos do seu dia para fazer valer a sua presença online. Quem sabe dali não virão os seus mais novos clientes?


3 – Tenha uma identidade visual

Repare uma coisa. Quando você pensa no produto de uma grande empresa, pode ser que o logotipo dela nem esteja estampado no item em questão, mas ainda assim você sabe a qual empresa ele pertence.

Companhias como Coca-Cola, Apple, Nike e muitas outras são campeãs em conseguir transmitir essa sensação.

Isso é possível graças ao forte trabalho de identidade visual que essas empresas possuem. Você também pode fazer isso mesmo que esteja utilizando uma ferramenta para criar logotipo.

O importante é que você mantenha as fontes e o mesmo estilo em materiais como folders, cartões de visita, embalagens de entrega, sacolas e onde mais a sua marca puder estar presente.



4 – Busque parcerias

Você já ouviu falar daquela história que muitas vezes o cliente que procuramos está do nosso lado, mas não encontramos uma forma de falar com ele e ele ainda não enxergou que temos o produto em questão para vender?

Situações como essas são mais comuns do que você imagina e, por isso, uma das maneiras de trazer essas pessoas para perto de você é por meio do diálogo.

Se o seu negócio está começando agora, tire uns minutos por dia para visitar os comércios vizinhos ao seu. Veja de que maneira você pode firmar parcerias com eles de forma que todos saiam ganhando.

Por exemplo, se você tem um restaurante, pode ser uma boa ideia oferecer um desconto de 10% aos funcionários de um escritório que esteja próximo.


5 – Mostre os seus diferenciais e se destaque

Quantos comércios existem na mesma região em que você está e que vendem o mesmo produto que você? Se a resposta foi algo acima de “dois”, então você vai precisar se esforçar bastante para conseguir se destacar.

Existem várias formas de fazer isso e elas vão desde um atendimento de primeira linha até preços promocionais em seus produtos.

No final das contas, qual será o diferencial importa menos do que o fato de você não ter um diferencial. Há clientes que preferem pagar mais caro para ter um atendimento acima da média, enquanto outros se importam mais com o preço do que com a qualidade de um item.

Tudo é uma questão de perceber o que o seu público prefere e oferecer a eles todas essas soluções.


Δ Paciência e persistência

Por fim, vamos falar aqui de algo que não é um conselho de marketing propriamente dito, mas que vai ajudar você em seu negócio seja ele qual for.

Você vai precisar ter um planejamento, saber ao certo onde quer chegar, quanto pretende faturar e quanto pode gastar por mês. Esses itens são básicos para qualquer empreendedor.

Contudo, apesar de isso já ser muita coisa, só isso não basta. Você terá que ter muita paciência e persistência para que as coisas deem certo.

Muitas vezes você vai tentar e vai errar, mas é somente errando que você vai aprender. Não desanime e saiba que muitas vezes você vai enfrentar dias difíceis.

Porém, aos poucos a sua marca vai de consolidando e você perceberá que tudo começou a entrar nos eixos. Na maioria das vezes, o sucesso é uma questão de tempo.

6 dicas práticas de marketing para negócios no Instagram.

Você está em busca de dicas matadoras de marketing para o Instagram da sua empresa? Este artigo é para você! Separamos seis dicas úteis para usar o seu Instagram para negócios.


1) Sua bio do Instagram é um espaço para anúncio

O instagram pode ser viciante, não é mesmo? É uma rede social divertida, espontânea, e ainda conecta várias pessoas pelo mundo.

Para negócios, todavia, você precisa ser mais estratégico. Para a bio, você possui 150 caracteres para dar voz à sua marca. E, claro, o Instagram permite um link clicável no seu perfil.

Nele você pode linkar o seu blog, site oficial ou loja (e-commerce). Sabe quando dizem que você só tem dez segundos para conquistar o consumidor? No Instagram as coisas funcionam ainda mais rápido.

Basta 5 segundos para um usuário determinar se quer continuar olhando o seu feed ou não. Por isso, tente espaçar o texto.

Coloque uma frase por linha, focando nas características centrais do seu negócio, de forma a chamar atenção de um potencial seguidor.


2) Monitore o seu tráfego no Instagram com um encurtador de URLs

A partir do momento em que o seu perfil fica mais movimentado e começa a ganhar mais likes e seguidores, você precisa monitorar o tráfego de sua conta no Instagram. Você vai usar essas métricas para analisar a eficácia do seu perfil no Instagram.

Você pode escolher um site encurtador de URLs de sua preferência, mas indicamos o bit.ly , que é gratuito. Ele consegue rastrear o seu CTR (click through rate/taxa de cliques) e possui uma boa interface, é fácil de utilizar.


3) Use as hashtags no Instagram a seu favor

Acesse a aba “explorar” para descobrir o que está em alta no momento. Funciona mais ou menos os trendings topics do Twitter e do Facebook, só que de uma forma mais variada. Com as hashtags, você pode atrair mais tráfego gratuito para a sua marca.

Se você detectar uma hashtag em alta que tenha a ver com os seus produtos, coloque-a nos posts. E lembre-se, use apenas hashtags relevantes e não erre a mão na quantidade.

No momento, inclusive, os emojis estão em alta no Instagram. Na aba explorar você pode procurar pelos emojis em categorias.


4) Misture fotos e vídeos no seu perfil do Instagram

Os vídeos começaram a rodar no Instagram em 2013. Os vídeos podem ajudar a melhorar a reputação e o engajamento com o público.

Alinhando fotos e vídeos, você obtém um visual mais atrativo da sua conta no Instagram. Visualmente, chama mais atenção.

Pense também nas possibilidades de compartilhamento. De acordo com o Instagram, os vídeos possuem de 3 a 5 vezes mais chances de serem compartilhados (ou repostados) do que as fotos.


5) Garanta que suas fotos no Instagram são dignas de serem compartilhadas

Posts com descrição são uma excelente forma de aumentar o engajamento com os seus seguidores. Mantendo a ideologia da sua marca, você pode usar frases inspiradoras, dicas e tutoriais que vão aprimorar suas campanhas no Instagram.

Uma boa ferramenta que pode te ajudar é o Canva. Com ele, você pode criar imagens incríveis de forma simples. Você cria uma identidade visual bacana para as suas imagens sem precisar abrir um programa pesado como o photoshop.

Para obter o máximo de retorno possível dos seus seguidores (e de potenciais seguidores também!), certifique-se de usar hashtags relevantes.


6) Use algumas ferramentas para otimizar o seu tempo

Nem todo mundo tem tempo para usar o Instagram de forma compulsiva, você sabe. Já existem algumas ferramentas automáticas que podem ajudar sua marca a crescer.

Nós aconselhamos, por exemplo, o uso de uma ferramenta chamada Hootsuite. Você pode utilizá-la para programar posts. E ele é válido para diversas redes sociais, não apenas para o Instagram.

Com o Hootsuite você pode escolher o dia, mês, dia e horário para postar sua foto ou vídeo no Instagram. Você também pode usar o GrowSocial para otimizar o seu tempo.