Compras

Como Comprar um Desumidificador

Como Comprar um Desumidificador

Informações do Autor

Neste Artigo:Avaliando problemas da umidadeDeterminando o tamanho do desumidificadorEscolhendo o modelo do desumidificadorReferências

Uma casa deve ter entre 30 a 50% de umidade. Muita umidade pode levar a problemas de saúde e danos permanentes à sua casa. Porém, você pode ajustar os níveis de umidade com uma máquina que processa ar com um ventilador e coleta o excesso de umidade. Antes de comprar um desumidificador, você deve comparar os modelos pelo tamanho, capacidade e eficiência de energia.

Parte 1

Avaliando problemas da umidade

  1. 1
    Procure por sinais de que a sua casa está muito úmida. Esses sinais podem ser condensação em janelas, alergias, cheiro de mofo e manchas na parede.
  2. 2
    Consulte um inspetor de casas para descobrir se suas condições de umidade estão causando mofo. O mofo pode afetar propriedades e um inspetor pode dizer como atenuar os problemas com mofo.
  3. 3
    Compre um higrômetro. Isso é um pequeno equipamento de medir a umidade em cada lugar da casa para ver quantos lugares precisam de um desumidificador.

    • Higrômetros estão disponíveis de forma digital e mecânica. Higrômetros digitais com tela de LCD são um pouco mais caros e podem não registrar baixos níveis de umidade.
    • Zere o higrômetro ao mudar de um local para outro em casa e espere o tempo adequado antes de julgar a umidade.[1]

Parte 2

Determinando o tamanho do desumidificador

  1. 1
    Meça o espaço que você quer desumidificar. Você precisará converter a medida para metro quadrado. Para retângulos ou quadrados, você pode simplesmente multiplicar a medida do comprimento em metro pela medida da largura em metro.

    • Você pode usar uma calculadora online.
  2. 2
    Procure por modelos de mesa se você quiser desumidificar um local pequeno da casa. Uma sala de 47 metros quadrados precisará de um desumidificador que pode processar entre 4.7 a 7.6 litros de água em um período de 24 horas.
  3. 3
    Escolha um modelo que processe 6.6 a 10.9 litros de água por hora para um espaço de 93 metros quadrados. Um modelo de chão funciona para uma sala ou quarto grande, ou vários quartos pequenos conectados por uma porta ou por uma entrada.
  4. 4
    Aumente o nível do desumidificador que pode processar 8.5 a 14.2 litros para um espaço de 139 metros quadrados. Esses modelos podem ser tão grandes quanto um ar condicionado de janela.

    • Se você planeja usar um desumidificador em vários quartos, escolha um modelo com rodinhas para empurrá-lo de um local para outro.[2]
  5. 5
    Escolha comprar um desumidificador para a casa inteira se você tiver um espaço de 186 metros quadrados ou mais. Você pode uni-lo ao sistema de circulação de ar existente para ter melhores resultados. Ele precisará processar entre 104 e 20.8 litros de água por dia.
  6. 6
    Analise as suas necessidades baseando-se no quanto as áreas são molhadas. Lavanderias e sótãos geralmente precisam do máximo poder de desumidificação para o espaço.[3]

Parte 3

Escolhendo o modelo do desumidificador

  1. 1
    Vá a uma loja para ver vários modelos de desumidificadores. Se tiver loja de construção ou uma grande loja de departamento, você poderá comparar os fatores de acessibilidade antes de comprar seu modelo.

    • Se você não conseguir encontrar desumidificadores para testar, arranje uma garantia de qualidade ou de satisfação.
  2. 2
    Avalie a facilidade com que você poderá esvaziar o balde de água. Se estiver usando um desumidificador pequeno ou médio, você provavelmente precisará esvaziar o balde manualmente. O balde deve ser acessível pela frente e por cima.
  3. 3
    Escolha um desumidificador que esvazia por uma mangueira, se você usar um modelo grande. Desumidificadores de sótãos ou de uma casa inteira podem precisar de uma mangueira para esvaziar grandes quantidades de água que é removida do ar. Garante um lugar na sua casa, como uma pia ou ralo, onde você poderá fazer isso.

    • Desumidificadores de uma casa inteira precisam de uma mangueira que se estenda para for a da casa. Você deve empregar um instalador para garantir que a mangueira está esvaziando em um local adequado na sua propriedade.
  4. 4
    Procure modelos que economizam energia.
  5. 5
    Meça a temperatura dos cômodos. Se a temperatura regularmente diminui para 18 graus Celsius, você precisará comprar um modelo especial de clima frio e resistente ao congelamento. Esses modelos funcionam em aproximadamente 5.5 graus Celsius.
  6. 6
    Escolha um modelo que venha um com umidostato. Você pode controlar a máquina baseado no nível de umidade no cômodo da casa. Ele também deve ter vários atributos de segurança, como desligamento automático quando o balde de água estiver cheio.[4]
  7. 7
    Assine uma garantia que dure pelo menos um ano. Você pode escolher aumentar para 5 anos de proteção, mas tente evitar acordos de serviços caros.

Materiais Necessários

  • Higrômetro.
  • Fita métrica.
  • Termômetro.

Referências

  1. http://publications.gc.ca/collections/collection_2011/schl-cmhc/nh18-24/NH18-24-1-2009-eng.pdf
  2. http://www.homedepot.com/c/humidifiers_and_dehumidifiers_find_the_right_humidifier_or_dehumidifier_for_you_HT_BG_AP
  3. http://www.lowes.com/cd_Dehumidifer+Buying+Guide_174021230_
  4. http://www.homedepot.com/c/humidifiers_and_dehumidifiers_find_the_right_humidifier_or_dehumidifier_for_you_HT_BG_AP


Como Comprar no Atacado

Como Comprar no Atacado

Escrito em parceria com

Equipe blogwiki

Praticamente qualquer coisa pode ser comprada a preço de atacado, seja para adquirir produtos para o dia-a-dia ou itens específicos para revenda. Uma vez que você começar a sua pesquisa, irá perceber que é possível encontrar mercadorias de revenda em quase todos os lugares. O começo deste processo é fácil e a sua lista de contatos de fornecedores se expandirá rapidamente.

Passos

  1. 1
    Prepare e organize os documentos fiscais e autorizações necessárias. Você irá precisar de um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ, emitido pela Receita Federal e o alvará de funcionamento. Antes de você começar a pesquisar pela melhor oferta atacadista, tente acompanhar os passos a seguir para não se complicar com alguns deveres legais e ganhar dinheiro como nunca antes:

    • Consiga um registro na prefeitura, na Previdência Social e na Receita Federal. Esses procedimentos podem ser realizados no cartório ou na Junta Comercial mais próxima da sua residência. Se você desejar abrir seu próprio negócio como Microempreendedor Individual (MEI) e possível fazer o registro do mesmo de forma gratuita no site www.portaldoempreendedor.gov.
    • Para a empresa ser aberta, será necessário ter uma sede. O imóvel precisa estar registrado e vistoriado pelos órgãos fiscalizadores. Deve-se providenciar uma série de documentos comprobatórios e que formalizarão a abertura do negócio.
    • O lojista deve estar atento aos pequenos procedimentos legais a serem seguidos para o pleno funcionamento de seu estabelecimento, portanto é recomendável contratar profissionais como despachantes e contadores, que estarão preparados para lidar com os diversos detalhes burocráticos
  2. 2
    Decida quanto quer comprar. No comércio atacadista, volume e a chave do negócio. Isso porque quanto maior o lote que você concordar em comprar, menor será o preço de cada unidade. O comércio atacadista é sustentado por grandes volumes de mercadorias vendidas.[1]

    • Equilibre suas necessidades de estoque e fiscais com restrições no inventário. Em outras palavras, é ótimo que você tenha conseguido negociar um bom preço em 2,000 laptops, mas em qual lugar poderia armazená-los enquanto os pedidos chegam?
  3. 3
    Procure por fornecedores atacadistas. Você pode encontrar muitos bons fornecedores se souber como procurar. Aqui vão alguns dos lugares mais populares que as pessoas utilizam para comprar no atacado:

    • Use a internet como aliada. Pesquise primeiro o tipo de produto que estiver procurado, coloque o seu CEP para regionalizar a pesquisa. Investigue os fornecedores locais prestando atenção nos classificados, associações online e diretórios de atacadistas.
    • Busque por feiras e exposições. Apesar de ser considerado um método mais caro e talvez menos eficiente do que a busca online, visitar exposições e feiras de fabricas pode acabar gerando bons negócios.
    • Entre em contato com as fábricas. Se os fabricantes não puderem vender diretamente para você (eles normalmente vendem em larga escala), você pode pedir por indicações de outros atacadistas ou distribuidoras.
  4. 4
    Crie contatos para encontrar ofertas. Converse com pessoas bem-sucedidas no ramo da revenda e que poderão ajudar na expansão da sua lista de contatos. A menos que você seja visto como concorrência, eles provavelmente irão compartilhar com você esse tipo de informação.
  5. 5
    Considere participar de grupos profissionais que oferecem preço de atacado. Esses grupos podem ser encontrados nas publicações da indústria ou websites, ou podem estar afiliados a companhia que você trabalha. Organizações do tipo podem oferecer um desconto aos membros.

    • Você pode achar que pagar para ter acesso a descontos não é um bom negócio, mas o valor economizado será maior que o valor gasto.
  6. 6
    Compre listas de fornecedores a próprio risco. Listas de fornecedores são exatamente o que parece — listas de vendedores “confiáveis” por um preço. Essas listas parecem uma boa ideia até você perceber que boa parte delas provavelmente estará desatualizada. Experimente dar seus primeiros passos sem ter que pagar por isso.
  7. 7
    Faça testes com amostras. Ao invés de tentar vender 1.000 unidades de um produto, tente começar vendendo apenas 20. Muitos fornecedores permitirão que você compre amostras ou versões de teste do produto ainda no preço promocional. Isso dará a você liberdade para vender no varejo, em condições reais. Se as mercadorias não forem vendidas você irá se safar de um grande prejuízo. Em contrapartida, se os mesmos forem vendidos com facilidade, reabastecer seu estoque de produtos não será complicado e você terá a confiança de que não irá acabar no vermelho.
  8. 8
    Não tenha medo de pechinchar. Pechinchas movem o mundo, e o mundo do comércio não é diferente. Peça descontos ao vendedor em potencial; mercados com muita concorrência forçarão os vendedores a competir pelo seu investimento. Dar um desconto na primeira compra demonstrará valorização pelo cliente, além de ser uma ação que beneficiará ambas as partes.

    • Assine a lista de e-mails para seja notificado sobre ofertas, promoções e liquidações de ponta de estoque. Não se esqueça de perguntar o “porquê” dos produtos estarem sendo descontinuados.[2] Não é uma boa ideia comprar grandes lotes de produtos que já estão presos nas prateleiras há muito tempo.
  9. 9
    Planeje o método de envio dos produtos. A menos que, além da nova companhia você já tenha uma empresa de cargas e fretes, precisará encontrar maneiras de enviar os produtos anunciados. Quando o fizer, tente contratar os serviços de fretadoras confiáveis; com o passar do tempo você entenderá que vale a pena pagar dinheiro extra para receber um serviço de qualidade.
  10. 10
    Para finalizar, cumpra suas obrigações legais antes de finalizar qualquer pedido. Esclareça a política de devolução e cancelamento de compras, solidifique o tempo de processamento dos pedidos, tome vantagem dos descontos. Não tenha medo de negociar preços, especialmente se você encontrar uma oferta melhor em outro lugar. Saiba o quanto irá esperar pela entrega. Se você pretende fazer compras em larga escala, considere consultar um advogado especialista antes de fechar contrato.

Dicas

  • Use conta bancária e cartão de crédito separados se você irá atuar como vendedor varejista.
  • Antes de finalizar as compras, saiba o preço de varejo de cada item que irá comprar. Desta forma, evitará pagar muito caro em um produto pensando que o preço do mesmo seria de atacado. Você poderá encontrar, na internet, inúmeras comparações de preço dos produtos que pretende vender.

Avisos

  • Tome cuidado com leilões originários de outros países. As mercadorias poderão ser inferiores e você precisa estar ciente das taxas e impostos antes de se comprometer com fretes caros.
  • Leilões online que oferecerão a você produtos caros por preços muito menores do que realmente são os que lucram nos lances dos compradores, sendo que desta forma, os compradores terão que pagar por cada lance de preço efetuado.

Referências

  1. http://www.sba.gov/community/blogs/4-tips-researching-and-finding-wholesale-suppliers
  2. http://meylah.com/meylah/bulking-up-6-tips-for-buying-wholesale-supplies


Como Comprar no Alibaba.com

Como Comprar no Alibaba.com

Escrito em parceria com

Equipe blogwiki

| 28 Referências

Neste Artigo:Procurando pelos produtosEntrando em contato com os fornecedoresCompletando uma transação segura28 Referências

O Alibaba é um site de compra e venda que permite a empresas e pessoas comercializar produtos local e internacionalmente. Procure pelo produto desejado e encontre um vendedor qualificado com um bom histórico de transações. Entre em contato com ele para negociar o preço por unidade, o tamanho mínimo do pedido e o método de envio. Use um método de pagamento de baixo risco, como o PayPal ou um serviço tipo “escrow” (uma espécie de conta de garantia). Caso esteja importando mercadorias, contrate um despachante aduaneiro para facilitar o processo de liberação e pagamento de taxas.

Parte 1

Procurando pelos produtos

  1. 1
    Crie uma conta no Alibaba. Entre no site e faça o login se já tiver uma conta. Caso contrário, clique em “Inscreva-se Grátis”, no canto superior direito, e siga as instruções da tela para criar uma.[1]

    • Para criar uma conta, não é necessário ser atacadista. Mas, para vender os itens que adquirir no site, você estará sujeito aos regulamentos fiscais e de negócios da sua jurisdição.
    • No Brasil, você pode obter o CNPJ para atuar como empresa junto à Receita Federal. O procedimento é feito online e pode ser realizado pela própria pessoa ou por um contador. A Receita ainda disponibiliza um curso à distância gratuito para quem quiser fazer tudo sozinho.[2]
  2. 2
    Procure pelo produto. Há várias maneiras de pesquisar produtos no Alibaba. A mais básica é digitando palavras ou frases-chave na barra de pesquisa da página principal. Selecione a aba “Produtos”, digite o termo de pesquisa na barra, escolha o país de origem e o de destino usando o menu suspenso e clique no botão “Buscar”.[3]

    • Você também pode pesquisar pelos produtos usando as categorias do lado esquerdo da página. Passe o mouse por cima delas e clique em uma subcategoria para explorar os produtos.
  3. 3
    Filtre os resultados da busca. Pesquisar por produto e categoria pode gerar milhares de resultados, e você gastaria muito tempo para passar pelos produtos. Você pode usar as opções do lado esquerdo da página de resultados para filtrar sua pesquisa e fazer com que surjam resultados mais específicos.[4]

    • Por exemplo, uma busca por “jeans” gerará mais de 500.000 resultados, mas você pode marcar as caixas à esquerda para tornar a pesquisa mais específica. Selecionar categorias como “jeans masculinos” ou “algodão 100%” e acrescentar palavras-chave como uma cor específica diminuirá bastante o número de resultados, facilitando a exploração deles.
    • Você também pode filtrar pelo país de origem do fornecedor. Assim, será mais fácil saber quem está no seu país, o que pode ajudar a reduzir os custos e o prazo de entrega.[5]
  4. 4
    Procure por fornecedor. Em vez de pesquisar pelo produto, você pode selecionar a aba “fornecedores” ao lado da barra de pesquisa. Essa opção exibirá fornecedores especializados no produto que você está tentando comprar.[6]

    • Caso já tenha trabalhado com um fornecedor antes ou saiba de um que se especializou no produto desejado, você pode usar essa ferramenta de busca para encontrá-lo mais facilmente.
    • A página de resultados também permitirá a você filtrá-los com base no país de origem dos fornecedores.
  5. 5
    Solicite uma cotação. Você também pode solicitar uma cotação que especifique suas necessidades e comparar cotações diretas de diversos fornecedores. Clique na opção “Solicitar Cotações” e crie sua postagem no espaço fornecido.[7]

    • Digite palavras-chave relacionadas ao produto e a quantidade desejada nos espaços designados. No corpo da mensagem, você pode listar outras especificações relevantes.
    • Abaixo disso, acrescente detalhes sobre o destino do produto e o método de pagamento que você prefere.
  6. 6
    Veja se os perfis dos fornecedores têm medalhas de qualificação. Depois que encontrar fornecedores por meio das ferramentas de busca ou após solicitar uma cotação, visite os perfis deles para saber se são verdadeiros.[8] Procure por distintivos no perfil para ter a certeza de que está lidando com fornecedores certificados: [9]

    • O distintivo A&V Confirmado indica que o vendedor passou na inspeção de autenticação e verificação do Alibaba e na de um serviço de verificação de uma empresa terceirizada.
    • A Verificação no Local indica que as instalações do fornecedor na China foram inspecionadas pelo Alibaba para garantir que a empresa existe de verdade.
    • O Fornecedor Avaliado passou na auditoria feita por uma agência terceirizada.
  7. 7
    Veja se há reclamações a respeito de um fornecedor. Além de verificar os distintivos do perfil, você também pode pesquisar sobre os possíveis fornecedores online para evitar fraudes. Procure por comentários ou reclamações a respeito deles. Você ainda pode checar as informações de contato fornecidas no perfil do Alibaba fazendo uma busca no Google.[10]

    • Evite aqueles que fornecerem endereços de e-mail não profissionais, como contas do Gmail ou do Yahoo.
  8. 8
    Procure por um fornecedor com armazém no seu país. A busca no Alibaba indicará fornecedores em diversos países. Encontrar aqueles que estejam sediados ou tenham um armazém no seu país reduzirá o tempo de entrega e acabará com a necessidade de lidar com a alfândega.[11]

    • Alguns fornecedores, por exemplo, têm armazéns no Brasil. Se escolher um que não o tenha, você terá de trabalhar com ele para realizar os trâmites de importação usando os serviços de logística do Alibaba. Além disso, é melhor contratar um despachante aduaneiro para ajudar você a lidar com a alfândega quando comprar produtos de outro país.

Parte 2

Entrando em contato com os fornecedores

  1. 1
    Entre em contato com o fornecedor e preencha o formulário. Clique no botão “Contatar Fornecedor” e digite um assunto e o corpo da mensagem. Esta deve incluir as perguntas que você tiver a respeito dos produtos e seu pedido de compra.[12]

    • As transações no Alibaba costumam ser feitas em inglês. Procure manter a mensagem curta e sem erros gramaticais ou de ortografia. Os fornecedores podem passar sua mensagem pelo Google Translate, portanto, use uma linguagem direta para evitar possíveis mal-entendidos.
  2. 2
    Negocie a quantidade mínima do pedido. A página do produto provavelmente exibirá um preço por unidade e um pedido mínimo. Note também que ambos são negociáveis.[13]

    • Quando entrar em contato com o fornecedor, pergunte a ele se é possível atender a necessidades específicas. Por exemplo: “O pedido mínimo de 500 unidades é negociável? Você atenderia a um pedido de 400 unidades?”.
    • Você também pode perguntar para quais quantidades ele oferece descontos. Se comprar mais unidades diminuir seus custos e você tiver a certeza de que tem onde colocar o estoque extra, adquira uma quantia maior para obter o desconto.
  3. 3
    Veja o preço postado. Você também deve checar se o preço listado é FOB (“free onboard”), ou seja, se o fornecedor paga os custos associados ao transporte dos bens até o porto de envio, e o comprador paga pelos custos associados ao transporte marítimo até o destino final.[14]

    • Pergunte se a faixa de preço listada é FOB e se seria possível fornecer uma cotação mais precisa para o número de unidades que você deseja comprar e o local de envio.
    • Note que todos os preços e custos de envio listados no Alibaba estão em dólares.[15] Você pode entrar em contato com um banco ou agente de câmbio para saber qual a taxa de conversão mais precisa, ou usar uma ferramenta online.
  4. 4
    Negocie o preço e o método de pagamento. Você e o fornecedor podem negociar a moeda de pagamento e o método preferido. Se necessário, você pode fazer a conversão do câmbio com a instituição bancária. Lembre-se de que o preço postado também é negociável.[16]

    • Pergunte ao fornecedor algo como: “Qual o melhor preço que você pode fazer por esse produto? Consegue fazer $ 2 (U.S.) por unidade? Isso me ajudaria a escolher você como fornecedor regular no futuro”.
  5. 5
    Peça por amostras. Quando entrar em contato com um fornecedor, pergunte por amostras antes de comprar uma grande quantidade de um produto específico. Assim, você poderá inspecionar a qualidade antes de gastar dinheiro em centenas ou até milhares de unidades.[17]

    • Pergunte se o fornecedor oferece amostras e qual o valor delas.
  6. 6
    Clique no botão “Enviar” e verifique a caixa de enviados. Quando terminar de compor a mensagem, leia-a para ver se está clara e se há algum erro. Em seguida, clique em “Enviar”. Vá até a caixa de enviados para ter a certeza de que a mensagem foi mandada para o fornecedor.[18]

    • Reenvie a mensagem se ela não aparecer na caixa de enviados. Para evitar ter de reescrevê-la, copie-a e cole em um documento separado (como no Google Docs) antes de enviar.

Parte 3

Completando uma transação segura

  1. 1
    Use um método de pagamento de baixo risco, como o PayPal. Ao negociar um método de pagamento com o fornecedor, escolha uma opção de baixo risco. As melhores incluem o PayPal ou, para compras de mais de US$ 20.000,00, obter uma carta de crédito por meio de um banco, por exemplo.[19] Você também pode optar por um serviço de escrow de terceiros, como o serviço de pagamentos seguros do Alibaba, que retém os valores pagos até que ambas as partes confirmem a entrega.[20]

    • Note que apenas os fornecedores localizados na China, em Hong Kong e em Taiwan podem usar essa segunda opção.
    • Evite as transferências pela Western Union, que só deve ser usada quando você for transferir dinheiro para alguém que conheça bem.
  2. 2
    Calcule e pague os custos de frete. O recurso de logística do Alibaba ajuda o fornecedor a determinar e pagar os custos do transporte de mercadorias para outro país. Você então pagará ao fornecedor o custo de transporte. Caso ele ainda não tenha feito o cálculo, peça para o fornecedor fazer login no Alibaba e visitar a página de logística para obter uma estimativa precisa dos custos e taxas alfandegários.[21]

    • Eles vão variar dependendo da sua localização e da do fornecedor.[22] Lembre-se de que você pode tentar encontrar um fornecedor com armazém no seu país para evitar o custo do transporte internacional.
    • Também é possível ter uma ideia do custo alfandegário usando uma calculadora de importação. É só preencher com as informações solicitadas nos campos corretos para obter uma estimativa do valor.
  3. 3
    Contrate um despachante aduaneiro. Mesmo que o fornecedor use a logística do Alibaba para cobrir os custos com transporte, você ainda deve contratar um despachante aduaneiro para ter a certeza de que pagou todas as taxas, de que seu produto passará pela alfândega e de que você tem todas as licenças de que precisa.[23]

    • O trabalho dele pode custar algumas centenas de reais, mas uma violação poderia custar milhares de reais em multas, e você ainda pode enfrentar consequências legais.
    • No Brasil, você pode encontrar um despachante aduaneiro por meio do site da ABRACOMEX – Associação Brasileira de Consultoria e Assessoria em Comércio Exterior[24].
  4. 4
    Retire a mercadoria do porto de destino. Se os produtos tiverem sido enviados por contêiner marítimo, você terá de providenciar o transporte do porto até o local de armazenamento. A página de logística do Alibaba pode ajudá-lo a enviar os produtos por terra usando uma empresa como a FedEx, dependendo do local onde você está.[25] Caso você more perto do porto de destino, a opção mais barata é contratar um caminhão para pegar a mercadoria.[26]
  5. 5
    Abra uma disputa se a transação der errado. Ao receber os produtos, inspecione-os bem para ver se a qualidade está adequada e se você recebeu a quantidade certa. Se a quantidade estiver errada ou você puder provar que recebeu produtos de qualidade inferior ao que foi anunciado, abra uma disputa na central de ajuda do Alibaba.

    • Você terá de enviar fotos da mercadoria que mostrem por que você está insatisfeito, além do contrato inicial, dos documentos de pagamento e de toda a correspondência entre você e o fornecedor.[27]
    • Pesquisar um pouco sobre o fornecedor antes de concordar com a venda ajudará a garantir que você compre produtos que atendam aos seus padrões. Veja se o fornecedor é certificado e lembre-se de pesquisar na internet para ver se há reclamações e comentários de outros clientes.
  6. 6
    Evite comprar itens de marca pelo Alibaba. Os itens desse tipo vendidos no site costumam ser falsificados, e você pode ter problemas com a justiça se os revender. É sempre melhor comprar esses artigos diretamente da marca em si, se você estiver comprando no atacado para revender no varejo[28].

    • Caso compre itens de marca pelo Alibaba e receba falsificações, você pode abrir uma disputa e enviar fotos dos produtos recebidos para o serviço de atendimento ao cliente do site. Se tiver pago pelo sistema de pagamento seguro dele ou por meio de um serviço de escrow, suas chances de receber o dinheiro de volta são quase certas.

Referências

  1. https://accounts.alibaba.com/register/ifm_reg.htm
  2. http://www.uolhost.uol.com.br/academia/noticias/2014/10/02/serie-cnpj-passo-a-passo-para-tirar-o-cnpj-de-sua-empresa.html#rmcl
  3. https://www.alibaba.com/Products
  4. https://service.alibaba.com/buyer/faq_detail/10609897.htm
  5. https://service.alibaba.com/buyer/faq_detail/10592426.htm
  6. https://www.entrepreneur.com/article/238937
  7. https://rfq.alibaba.com/rfq.html?spm=a2700.8073627.2025473.4.6bsDKc&tracelog=fangzhoutop
  8. https://www.shopify.com/blog/16665772-alibaba-101-how-to-safely-source-products-from-the-worlds-biggest-supplier-directory
  9. http://service.alibaba.com/buyer/ab/safety_security/products/verification_services.php

Exibir mais… (19)


Como Comprar Perfumes com Desconto

Como Comprar Perfumes com Desconto

Informações do Autor

Neste Artigo:Comprando perfumes com desconto onlineComprando perfumes com desconto nas lojasReferências

Algumas mulheres têm um perfume preferido enquanto outras não são fiéis a nenhuma marca nem a um designer particular. Se você gosta de usar perfume deve ter notado que o preço deste produto é relativamente elevado quando comparado a outros produtos de beleza. Na verdade, a indústria do perfume rende mais de US$ 24 bilhões por ano. Como o custo dos perfumes é geralmente alto, você pode querer comprar seus perfumes com desconto.

Parte 1

Comprando perfumes com desconto online

  1. 1
    Identifique o perfume que quer comprar. Você pode já ser um cliente fiel de um perfume particular ou pode estar interessado em algo novo. Independentemente disso, antes de iniciar as suas compras online, convém ter uma ideia do que está procurando. Você pode escolher uma “família de fragrâncias” (que é como as fragrâncias são classificadas, de acordo com “notas” que definem as suas semelhanças gerais) ou o seu designer favorito.[1]

    • Mesmo que você queira comprar o seu produto num varejista online que faça descontos, pode ser vantajoso visitar a zona de fragrâncias de grandes armazéns para testar o produto que deseja comprar se não estiver familiarizado com o mesmo. Estas lojas normalmente possuem frascos “tester” para experimentar antes da compra.
    • Se você quer ser particularmente corajoso e comprar um perfume sem o experimentar antes, leia a descrição de vários perfumes para que possa entender as diferenças entre as várias “famílias de fragrâncias.” Por exemplo, se você gosta do cheiro de grama recém-cortada e de um leve aroma cítrico, você pode querer uma fragrância da família “Fresh”; por outro lado, se você aprecia notas de âmbar e baunilha, você pode querer comprar algo da família de fragrâncias “Oriental”.
      • As famílias básicas de fragrâncias são floral, oriental, madeira e citrinos.[2] Conhecer algumas das fragrâncias que se encaixam nessas categorias é uma boa ajuda, se não tiver mais nenhum conhecimento sobre perfumes.
  2. 2
    Encontre um site de confiança. Um site que tenha comentários positivos dos clientes e seja reconhecido por ter produtos de qualidade e autênticos é a sua melhor opção para a compra de perfumes com desconto de um designer ou marca particular. Além disso, procure um site que garanta que só vende fragrâncias de grife originais e que não venda falsificações nem imitações.

    • Pergunte a familiares, amigos ou colegas pelas suas experiências (positivas ou negativas) com sites específicos de compra de perfumes com desconto. Isso pode ajudar a evitar uma má experiência com uma empresa desconhecida e pode acabar poupando o seu tempo e dinheiro.
    • Procure um site que tenha depoimentos de clientes. Isto irá ajudá-lo a entender se a empresa é confiável e se os produtos que vende têm qualidade antes de realizar sua encomenda.
  3. 3
    Selecione seu novo perfume. Você pode ter um perfume favorito de longa data que se tornou a sua fragrância de marca ou pode querer comprar algo novo. Mesmo que tenha um perfume favorito confiável, pode ser útil procurar na seleção do site para ver se encontra outro produto similar com desconto ou se há algo novo que chama a sua atenção.

    • Procure um perfume que seja enviado na embalagem original do fabricante. Esta é outra maneira de assegurar que está mesmo a comprar o perfume com desconto que deseja.
  4. 4
    Leia a política de devolução do site antes de realizar sua encomenda. Uma desvantagem das compras online é que você não pode experimentar o perfume antes de comprá-lo. Assim, há uma chance de não gostar do perfume ou deste não ser o que você esperava. É importante ler a política de devolução do site antes de comprar o seu perfume com desconto para que você saiba se é possível devolver um perfume que não atende às suas expectativas.

    • Algumas lojas permitem que você devolva o produto no prazo de 60 dias após a compra, se não estiver satisfeito. No entanto, muitas também podem colocar a estipulação de que o produto deve estar fechado, sem uso, e na embalagem original. Isto significa que se experimentar o perfume, já não será possível devolvê-lo.

Parte 2

Comprando perfumes com desconto nas lojas

  1. 1
    Encontre uma loja ou quiosque que venda perfumes com desconto. A maioria dos grandes armazéns mais populares, apesar de serem bons lugares para comprar perfumes, não os vende com um grande desconto a não ser que estejam com promoção. Você vai precisar procurar outros locais que vendam perfumes com desconto; por exemplo, muitos shoppings terão uma ou mais lojas ou quiosques que vendem fragrâncias a um preço com desconto.

    • Por vezes, essas lojas ou quiosques de descontos vendem os perfumes mais baratos porque estes foram descontinuados. Pergunte ao vendedor se uma fragrância em particular foi descontinuada antes de comprá-la. Não há nenhum problema em comprar um perfume descontinuado, no entanto, tenha em atenção que pode não voltar a encontrá-lo à venda quando acabar.
  2. 2
    Peça para experimentar os perfumes antes de comprar. Algumas lojas e quiosques terão frascos tester para determinados perfumes, enquanto outras não. Independentemente disso, vale sempre a pena perguntar ao vendedor se pode testar o perfume antes de comprá-lo uma vez que provavelmente não será possível devolvê-lo após a compra.
  3. 3
    Tenha cuidado com as fragrâncias de imitação. Algumas lojas vendem fragrâncias de imitação de grife com desconto em vez do produto autêntico. Busque garantir que está comprando um perfume autêntico. Verifique cuidadosamente antes de comprar e procure uma loja de perfumes com desconto com boa reputação, se possível.

    • Apesar de não ter o benefício de ler os comentários dos clientes como numa loja online, você pode sempre perguntar a amigos e familiares as suas experiências com lojas de perfumes com desconto.

Referências

  1. http://www.perfume.org/all-about-perfume/how-to-find-a-perfume-that-is-right-for-you
  2. http://www.vogue.com.au/blogs/spy+style/signature+scent+how+to+choose+your+fragrance+,33253


Como Comprar Pelo Menor Preço

Como Comprar Pelo Menor Preço

Escrito em parceria com

Candace Hanna

Neste Artigo:Encontrando promoçõesMudando a rotinaComprando roupasComprando comida24 Referências

Sair para pechinchar ao fazer compras pode ser divertido, mas complicado. Encontrar itens em promoção é um desafio e nós muitas vezes não temos paciência para procurar quando estamos de mau humor. Procure por itens em promoção com antecedência e compre de acordo com um cronograma.

1

Encontrando promoções

  1. 1
    Familiarize-se com os preços de venda. Se quer encontrar pechinchas, é preciso aprender a reconhecer os bons negócios. Antes de sair para comprar um produto, passe um tempo estudando os valores de mercado dele.

    • Use a internet antes de sair às compras. Por exemplo, se precisa comprar uma mesinha de centro para a sala de estar, visite alguns sites de móveis e procure por produtos do tamanho e o estilo desejado para descobrir qual o valor médio do item. Se as mesas costumam custar R$ 300,00 e uma loja está oferecendo uma por R$ 280,00 você não vai economizar tanto assim. Se encontrar uma mesa por R$ 180,00 a história muda.[1]
  2. 2
    Cace por bons preços na internet. Consulte sites como Mercado Livre e OLX para ver se alguém está vendendo uma mesinha de centro por um preço baixo, mas tome cuidado. Sempre avalie o estado do produto antes de fazer a compra e, se for retirá-lo pessoalmente, faça-o em um local público.
  3. 3
    Use cupons de desconto na internet e em supermercados. Faça uma pesquisa na internet com o nome da loja e o termo “cupons” para encontrar diversas promoções. Alguns sites disponibilizam cupons de acordo com o valor gasto, enquanto outros oferecem cupons para produtos específicos. Pesquise bem para encontrar a opção ideal para você.

    • Combine os cupons com as promoções da loja. Se as regras de uso do cupom não indicarem que ele deve ser utilizado apenas no produto cheio, use-o em uma promoção para dobrar a economia.
    • Em alguns casos, é possível combinar descontos. Por exemplo, algumas lojas permitem o uso de cupons, mas também dão desconto para compras feitas à vista. Trata-se de uma boa oportunidade de economizar ainda mais.
    • Alguns supermercados anunciam em jornais de promoções que batem o preço da concorrência. Leve fotos dos preços dos competidores para conseguir desconto e economizar na viagem.[2]
    • Se a loja estiver sem estoque do produto de promoção, tente pedir para que reservem o item para que você o compre pelo preço da promoção quando retornar ao estoque. Obviamente, isso varia de loja para loja.
  4. 4
    Confira os anúncios semanais. Se você assina um jornal local, é bem provável que ele venha com alguns anúncios de promoções e bons preços em lojas e supermercados locais. Forme o hábito de conferir os anúncios no dia anterior ao das compras para sempre encontrar os melhores preços.

    DICA DE ESPECIALISTA

    Candace Hanna

    Proprietária da Style by Candace

    Candace Hanna é uma estilista no sul da Califórnia. Com 15 anos de experiência em moda, combinou sua mentalidade empreendedora com sua habilidade criativa para formar a Style by Candace, uma agência de personal styling.

    Candace Hanna
    Proprietária da Style by Candace

    Para uma abordagem mais digital: Cadastre-se para receber e-mails de suas lojas prediletas com as últimas novidades e promoções. A especialista de moda Candace Hanna diz: “Você pode economizar muito dinheiro sendo paciente e esperando promoções quando precisa comprar algo como roupas. Há lojas que fazem liquidações com até 60% de desconto, mas você só saberá disso se receber o comunicado da mesma por e-mail.”

  5. 5
    Fique atento aos dias especiais. É comum que supermercados ofereçam promoções em dias específicos da semana. A rede de hipermercados Extra, por exemplo, vende verduras e frutas a preços promocionais todas as quartas-feiras.
  6. 6
    Esteja sempre procurando por descontos especiais. Muitas pessoas sequer têm noção de quantos descontos especiais existem nas lojas. Podem haver descontos para idosos e universitários, por exemplo. Em algumas lojas, também existem descontos ocupacionais, como para professores. Informe-se na loja antes de pagar e, quem sabe você não consegue economizar?[3]
  7. 7
    Siga suas lojas preferidas nas redes sociais. O Facebook e o Twitter são duas redes que costumam receber anúncios de futuras promoções, portanto, siga diversas lojas para manter-se informado sempre.[4]
  8. 8
    Aprenda mais sobre o ciclo de promoções. É comum que os mercados reduzam os preços de determinados produtos em um dia da semana, para preparar o estoque para a chegada de novos produtos. Tente descobrir qual o ciclo específico das suas lojas preferidas para comprar sempre pelo menor preço.

    • Pode ser preciso fazer alguns testes até entender os ciclos. Fique atento aos dias que mais têm promoções: se, por exemplo, notar que a C&A mais próxima de você costuma ter preços menores nas quintas, é provável que eles remarquem os preços nas quartas-feiras à noite. Se conhecer alguém que trabalha na loja, pergunte se a pessoa pode ajudar você a descobrir os ciclos.[5]
    • Existem algumas regras gerais que podem servir de guia. Por exemplo, algumas lojas transferem peças para a queima de estoque após seis meses. Se conseguir não comprar aquela cortina nova por alguns meses, vá até a loja depois e veja se ela entrou em liquidação.[6]
    • Caso busque descontos em brechós e lojas de segunda mão, compre no começo da semana. Muitas pessoas fazem doações nos finais de semana, o que faz com que as segundas e terças sejam os dias com mais variedade de peças.[7]

2

Mudando a rotina

  1. 1
    Crie um e-mail próprio para os cupons. Algumas lojas pedem o seu e-mail na hora de fechar a compra para poder enviar cupons e atualizações de novas promoções. Como é comum que tais mensagens caiam no filtro de spam, é uma boa ideia utilizar um endereço separado. Sempre logue no e-mail e veja as mensagens recebidas antes de ir às compras.
  2. 2
    Faça uma lista. Trata-se de uma coisa simples, mas que ajuda muito a pechinchar. Saia de casa com uma lista com todos os itens de que realmente precisa e siga-a à risca. Sem a lista, as chances de você gastar mais por impulso aumentam bastante, não importa se vai ao mercado ou vai comprar roupas.[8]
  3. 3
    Monte um orçamento. As chances de você conseguir uma pechincha são maiores se você precisar de um desconto. Ao definir um orçamento restrito e segui-lo à risca, você comprará produtos mais baratos, o que ajuda a prevenir as compras por impulso.

    • É fácil começar. Antes de mais nada, coloque sua renda mensal no papel e subtraia as despesas necessárias, como custo de vida e contas. O valor restante é o quanto você pode gastar com itens supérfluos no mês.
    • A partir do orçamento inicial, divida o valor restante em categorias. Anote coisas como comida, entretenimento, roupas, etc. Defina então um valor razoável para cada categoria.
    • Siga o orçamento à risca, mesmo que seja difícil no começo. Se separou R$ 400,00 para comida no mês, não ultrapasse o valor. Por mais que seja tentador pedir comida por telefone depois de um dia estressante, não vale a pena se o orçamento não permitir.[9]
  4. 4
    Compre apenas de bom humor. Muitas pessoas não percebem, mas nós somos mais propensos a pechinchar quando compramos com a cabeça no lugar certo. Fazer compras estressado ou cansado aumenta das chances de se tomar decisões na pressa, sem pesquisar o melhor preço. Comprar com fome também pode fazer com que você compre mais alimentos convenientes e não substanciais. Quando estiver cansado, estressado ou com fome, descanse e coma antes de sair para fazer compras.[10]
  5. 5
    Defina um prazo para as compras. Muitas vezes, o simples ato de se definir um tempo limite pode fazer a diferença nas decisões. Caso você tenha tempo ilimitado no supermercado, suas chances de ficar andando a esmo pelos corredores aumentam, o que por sua vez aumenta as compras impulsivas. Defina um tempo limite e atenha-se a ele![11]

    • Obviamente, não limite demais o tempo, ou você pode ficar estressado e sentir-se pressionado a fazer as compras, o que acaba gerando o comportamento impulsivo que você deve evitar. Cronometre quanto tempo as compras do mercado deveriam durar ao fazer a lista para ter uma boa noção.
  6. 6
    Pague com dinheiro. As pessoas normalmente gastam menos ao pagar com dinheiro, pois o cartão ajuda a não pensar muito no dinheiro gasto. O dinheiro físico o força a reconhecer o quanto gastou, portanto, saque antes de ir às compras sempre que possível.[12]

    • Nem sempre é possível pagar com dinheiro, é claro. Pode ser perigoso ficar andando com dinheiro em espécie no bolso.
  7. 7
    Compre sozinho, pois as companhias são arriscadas. Vocês podem acabar convencendo um ao outro a comprar coisas das quais não precisam, principalmente na hora de comprar roupas. Uma amiga pode convencer você a comprar uma blusinha, algo do qual você se arrependerá no futuro, quando perceber que nem gostava tanto da peça. Se quer pechinchar, é melhor ir sempre sozinho.[13]

    • A exceção fica por conta daqueles amigos que têm um talento nato para pechinchar. Se você conhece uma pessoa assim, leve-a para fazer compras com você.

3

Comprando roupas

  1. 1
    Compre em lojas de descontos. Se quer economizar na hora de comprar roupas, procure por lojas especializadas em descontos e promoções. É possível encontrar peças levemente danificadas ou da estação passada por preços mais baixos.

    • Existem muitas opções disponíveis em todas as cidades, desde outlets até lojas especializadas em produtos de segunda mão.[14]
    • Tome cuidado ao comprar na internet, pois as peças nem sempre tem um caimento legal. O ideal é sempre experimentar as roupas.
  2. 2
    Compre fora da estação. Planeje-se com um pouco de antecedência e economize comprando roupas de verão no inverno, por exemplo. Fique atento às peças das quais precisará para as próximas estações. Por exemplo, se estiver na primavera e notar que os seus casacos de inverno estão meio caídos, procure por casacos novos antes da chegada do frio.[15]
  3. 3
    Compre roupas de segunda mão. Os brechós e as lojas de usados são excelentes opções para se encontrar peças de qualidade por preços bem baixos. Nem sempre se encontra exatamente o que se procura, pois as peças normalmente são únicas. Para aumentar as chances de sucesso, visite as lojas com frequência para encontrar boas opções.[16]
  4. 4
    Escolha peças de qualidade. Gastar um pouco mais agora em roupas de qualidade pode significar uma economia a longo prazo. Se vai usar muito um item, como um par de calças para o trabalho, talvez valha a pena gastar aqueles R$ 20,00 a mais. As peças de qualidade duram mais e não precisam ser substituídas com tanta frequência. Se sabe que vai usar uma roupa com frequência, procure por uma de qualidade.

    • Cuide bem das suas roupas. Dobre as peças delicadas e não lave as mais bonitas com tanta frequência. Você pode usar a mesma blusa algumas vezes, principalmente se não fizer nenhuma atividade que promova a transpiração com ela.[17]
  5. 5
    Peça um desconto. Às vezes, basta pedir para conseguir. Se notar que um zíper está quebrado, uma blusa está levemente manchada, ou que há qualquer outro defeito pequeno, peça um desconto no caixa. É bem provável que a loja dê um pequeno desconto![18]

4

Comprando comida

  1. 1
    Crie um menu. O melhor jeito de se pechinchar comida é preparar um menu para a semana e segui-lo à risca na hora de comprar.

    • Inclua os ingredientes que precisará para fazer o jantar todas as noites da semana. Mantenha a simplicidade sempre.[19]
    • Planeje-se também para o café da manhã, o almoço e os lanches. Assim, você evita a tentação de sair para comer durante o trabalho.[20]
  2. 2
    Planeje as refeições de acordo com as promoções. Se um produto em especial está em promoção na semana, prepare uma refeição com ele. Fique atento aos anúncios de promoções nos jornais e na internet para encontrar os melhores preços.

    • Procure também por substitutos que estejam em promoção. Por exemplo, digamos que vai fazer uma sopa com caldo de frango. Se o caldo de vegetais estiver em promoção, use-o no lugar do frango. Troque ingredientes por alternativas promocionais sempre que possível.[21]
  3. 3
    Compre alguns itens em lojas de descontos. Algumas coisas podem ser encontradas com melhores preços em supermercados ou farmácias. O leite, por exemplo, normalmente é mais barato quando comprado em grandes quantidades em supermercados. Você também pode encontrar outros itens não alimentícios, como papel higiênico, por bons preços.[22]
  4. 4
    Compre algumas coisas no atacado. Se um item não perecível entrar em promoção, compre grandes quantidades para aproveitar a oportunidade. Se vai demorar para expirar a validade do produto, é melhor gastar de uma vez do que gastar mais todas as semanas, por exemplo.[23]
  5. 5
    Tome cuidado com as promoções de 10 por R$ 10,00. Muitas lojas oferecem tais promoções, mas é bom ficar atento, pois normalmente é um truque para fazer as pessoas gastarem mais. Se um item normalmente custa 90 centavos, a promoção não vale a pena, por exemplo. Fique atento ao preço unitário de cada item para não ser enganado.[24]

Avisos

  • Tome cuidado, pois produtos baratos demais podem não ser de qualidade. Analise bem o que está comprando antes de fechar negócio.

Referências

  1. http://www.myhomeideas.com/decorating/budget-style/5-tips-to-bargain-like-pro
  2. http://www.couponing101.com/a-beginners-guide-to-couponing/
  3. http://www.glamour.com/fashion/2009/08/7-bargain-shopping-tips/7
  4. http://www.glamour.com/fashion/2009/08/7-bargain-shopping-tips/2
  5. http://www.goodhousekeeping.com/life/money/advice/a17783/bargain-shopping-secrets/
  6. http://www.goodhousekeeping.com/life/money/advice/a17783/bargain-shopping-secrets/
  7. http://www.goodhousekeeping.com/life/money/advice/a17783/bargain-shopping-secrets/
  8. http://myyearwithoutclothesshopping.com/top-ten-shopping-tips/
  9. http://myyearwithoutclothesshopping.com/top-ten-shopping-tips/

Exibir mais… (15)


Como Comprar Pedra Preciosa de Água marinha

Como Comprar Pedra Preciosa de Água marinha

Informações do Autor

Neste Artigo:Procure por QualidadeSeja InteligenteReferências

A água-marinha é uma pedra preciosa popular e mais barata. Ela é membro da família dos berilos e tem o tom azulado devido a traços de ferro em sua composição química. Diferentemente de sua prima, a esmeralda, a água-marinha é altamente resistente a inclusões e relativamente fácil de minar, tornando-a bastante comum e mais barata. Se quiser comprá-la, deve aprender como identificar uma pedra de qualidade. Você também deve ser esperto ao comprá-la, estipulando um valor que possa pagar e evitando vendedores não confiáveis.

1

Procure por Qualidade

  1. 1
    Procure por uma água-marinha impecável ou quase perfeita para uma joia mais agradável. Por natureza, a água-marinha é uma das pedras mais limpas disponíveis. As principais inclusões são raras e, muitas vezes, um sinal de maus-tratos. A água-marinha de qualidade não deve ter inclusões que são visíveis a olho nu, e quaisquer inclusões que sejam visíveis através de ampliação devem ser leves e interiores.
  2. 2
    Considere uma água-marinha com inclusões mais visíveis se for usar a pedra para contas ou peças casuais. Mesmo que ela tenha uma dureza de 7,5 a 8 na escala de Mohs, ainda pode ser danificada se usada com frequência ou se atingir uma superfície dura. Se você espera um pedaço de joia para ser agredido, poupe dinheiro comprando uma água-marinha com inclusões interiores que sejam perceptíveis a olho nu. No entanto, evite inclusões de superfície, uma vez que estas podem fazer a sua pedra mais propensa a trincar ou quebrar depois de ser atingida.
  3. 3
    Decida sobre a tonalidade certa. Pedras ricas em azul são geralmente mais valiosas do que tons de verde, mas a maioria de tons de azul-esverdeado são mais valiosas do que as pedras com bordas mais claras. Em última análise, no entanto, a tonalidade certa é uma questão de preferência pessoal.
  4. 4
    Escolha uma intensidade adequada. Pedras azuis cor de céu profundo (azul mais escuro) são as mais valiosas e, em geral, tons mais escuros são mais cobiçados do que os claros. Cores mais escuras são mais raras e também têm uma cor mais viva do que cores pálidas. Mas isso também é, no entanto, uma questão de preferência pessoal.
  5. 5
    Determine quantos quilates você quer.

    • Pedras menores ficam bonitas em peças delicadas, enquanto as água-marinhas grandes podem chamar mais atenção.
    • Já que a água-marinha é bastante comum, normalmente você pode encontrar pedras de muitos quilates por preços acessíveis. Para a maioria das pedras preciosas, o preço por quilate aumenta consideravelmente quanto mais peso tiverem, mas o valor de uma água-marinha de 30 quilates é apenas um terço superior ao preço de uma água-marinha de 1 quilate.
  6. 6
    Escolha o corte de alta qualidade. O corte de qualquer pedra preciosa determina o seu brilho, ou a maneira como ela reflete a luz. Água-marinhas bem cortadas são altamente reflexivas. Segure a pedra contra a luz e vire-a para examinar como a luz incide sobre ela a partir de vários ângulos.
  7. 7
    Escolha um formato. Águas-marinhas são bastante fáceis de cortar e resistentes a fraturas, o que permite aos joalheiros oferecer a pedra em uma grande variedade de formas. Formas tradicionais incluem redonda, pera, oval, quadrada e esmeralda, mas muitas variedades e formas modernas também estão disponíveis. Escolha uma que lhe agrade.
  8. 8
    Pergunte sobre o tratamento térmico. Esse tratamento é uma prática amplamente aceita usada para melhorar o azul de uma pedra. Pedras amarela-acastanhadas e amarela-esverdeadas são aquecidas a uma temperatura entre 400 e 450 graus Celsius, ou 752 e 842 graus Fahrenheit. Este tratamento é permanente e não danifica a pedra.

2

Seja Inteligente

  1. 1
    Defina um orçamento. Determine o quanto você pode gastar antes de comprar uma joia para evitar se apaixonar por uma pedra cujo preço não cabe no seu bolso. Só examine peças que você sabe que pode pagar com base no seu orçamento.
  2. 2
    Saiba o que esperar do preço. A clareza, ou o número de inclusões, muitas vezes determina a qualidade de uma pedra. Os preços também variam dependendo da cor.

    • Águas-marinhas de baixa a média qualidade podem variar cerca de R$ 10 a R$ 200 por quilate.
    • Águas-marinhas de média qualidade com mais de 10 quilates podem custar entre R$ 300 e R$ 400 por quilate.
    • Águas-marinhas de alta qualidade são muito mais caras. Uma pedra azul clara sem aquecimento pode custar cerca de R$ 180 por quilate, enquanto uma pedra azul-esverdeada clara pode custar entre R$ 360 a R$ 480 por quilate.
    • As pedras não aquecidas mais caras são de tom médio a forte céu azul (azul mais escuro), e elas podem custar até cerca de R$ 1100 a R$ 1200 por quilate.
    • Águas-marinhas aquecidas com uma forte tonalidade azul-esverdeadas podem custar cerca de R$ 360 por quilate.
  3. 3
    Escolha um metal bonito. Muitos compradores preferem configurações de prata e ouro branco, uma vez que esses metais de tons frios combinam bem com tons de azul. No entanto, configurações em ouro amarelo muitas vezes são mais bonitas com águas-marinhas de cor azul-esverdeada profunda.
  4. 4
    Esteja atento às pedras falsas. O topázio azul é muito menos valioso do que a água-marinha, mas as duas pedras podem ser muito parecidas.

    • Evite pedras rotuladas como “água-marinha brasileira” ou “água-marinha Nerchinsk”, já que ambas, na verdade, se referem ao topázio azul.
    • Também evite “água-marinha Siam”, que é, na verdade, zircão azul.
  5. 5
    Evite pedras sintéticas. Já que águas-marinhas naturais são predominantes e fáceis de minar, elas são mais baratas do que as sintéticas.
  6. 6
    Negocie com joalheiros de renome. Lojas em cadeia (ou em rede) confiáveis são um bom lugar para começar, mas se você quiser uma opção mais barata, procure por joalheiros locais e vendedores individuais. Quando for a uma fonte menos conhecida, peça para ver a certificação oficial de uma organização gemológico reconhecida nacionalmente.
  7. 7
    Considere comprar águas-marinhas soltas por atacado. Pedras soltas são geralmente mais baratas, e você pode examinar a qualidade da pedra mais a fundo. Pedras soltas também lhe fornecem maiores oportunidades de personalização da joia.
  8. 8
    Faça uma pesquisa. Confira os preços e a seleção de pedras em várias joalherias, tanto on-line quanto pessoalmente. Monitore cada local para vendas e folgas.

Dicas

  • Considere a água-marinha quando for presentear um casal por seu 19º aniversário de casamento, já que ela é considerada a pedra preciosa tradicional para essa ocasião.
  • Considere comprar essa pedra para algum aniversariante especial do mês de março, já que a água-marinha é a pedra desse mês.

Referências

  • http://www.overstock.com/guides/how-to-buy-aquamarine-rings
  • http://www.ajsgem.com/gemstone-information/aquamarine-26.html
  • http://www.ajsgem.com/articles/aquamarine-buying-guide.html
  • http://www.aboutgemstones.net/aquamarine-buying-guide/

Como Comprar Panos de Microfibra

Como Comprar Panos de Microfibra

Informações do Autor

A microfibra é feita a partir de um tipo de fibra sintética, que é menor do que 1 denier, ou 100 vezes menor do que um cabelo humano. Ela geralmente é feita a partir de uma combinação de poliéster e de nylon (poliamida). A finura do tecido cria uma área de superfície maior e permite que ele seja mais absorvente. Muitos hospitais usam panos de limpeza de microfibra porque eles são mais eficientes e eficazes do que as soluções anti-bacterianas tradicionais. O pano de microfibra vem em muitas formas diferentes, desde um lenço grande para polir carros até uma superfície muito fina e plana para a limpeza de eletrônicos ou estofamento de móveis. É importante escolher o tipo de tecido necessário com cuidado antes de comprar a microfibra. Leia mais para descobrir como comprar um pano de microfibra.

Passos

  1. 1
    Determine a quantidade de pano de microfibra que você vai precisar. Se é uma quantidade muito grande, ou se você sabe que vai fazer pedidos regularmente, você vai querer comprá-lo no atacado em vez de utilizar fornecedores locais.
  2. 2
    Decida se você quer comprar o pano de microfibra para um projeto ou se gostaria que ele fosse pré-costurado. Muitos panos de microfibra são fabricados em toalhas, esfregões e panos de poeira, enquanto outros vêm em rolos, como algodão ou flanela, em uma loja de tecido.
  3. 3
    Compare os preços de microfibra online. O pano de microfibra pode ser muito caro. Isto lhe dará uma ideia dos preços que você deve procurar ao comprar esse tecido.

    • Compre o seu pano de microfibra on-line se você encontrar um bom negócio. Muitos varejistas anunciam suas vendas em sites como o Mercado Livre. Você pode encontrar uma oferta boa.
  4. 4
    Compre um pacote pequeno a médio de toalhas de microfibra automotivas ou panos de limpeza em lojas de armazém ou em grandes supermercados como o Walmart. Eles costumam agrupar de 5 a 20 toalhas de pano de microfibra pura. Elas não serão da mais alta qualidade, mas servirão bem para a limpeza doméstica e automotiva.
  5. 5
    Crie um alerta através do “Google Alerts” para encontrar um bom preço. Isso será uma boa ideia se você quiser comprar de um negociante específico. Use termos de pesquisa como “microfibra” e “promoção” ou inclua um limite de preço.
  6. 6
    Encomende catálogos de materiais de limpeza, se você quiser comprar panos de limpeza de microfibra no atacado. Alguns lugares vendem caixas de panos de microfibra áspera ou fina e materiais de limpeza, e eles entregam-nos diretamente no seu local de trabalho. Muitas dessas lojas oferecem frete grátis, se você atingir um valor mínimo de pedido.
  7. 7
    Visite grandes lojas de artesanato se você estiver procurando por um padrão de cor específica para um projeto de artesanato. Estas lojas têm pano e camurça de microfibra em uma variedade de formas. Elas podem vender o tecido pelo metro ou pelo rolo.

    • O tecido de microfibra pode ser usado para fazer roupa, estofar móveis, costurar panos de limpeza, cobertores, lençóis, toalhas e muito mais. É uma boa ideia visitar uma loja de tecidos, mesmo se você pretende comprar online, a fim de ter uma ideia melhor do peso, maciez e durabilidade do tecido de microfibra. As toalhas de microfibra são uma boa escolha para os seus negócios, elas são fabulosas para salões e spas, pois são toalhas de alta resistência. Elas são as toalhas mais caras.
  8. 8
    Vá online para encontrar tecidos de microfibra no atacado em grandes quantidades. Você pode visitar lojas de tecidos on-line, se você não conseguir encontrar o que precisa em uma loja de artesanato. Você também pode visitar sites como o alibaba.com que se especializam no comércio de tecido com outros países.
  9. 9
    Compre panos de limpeza ou polimento automotivo de atacadistas automotivos. Você pode solicitar um catálogo ou fazer compras online para encontrar a quantidade e o tipo que funciona melhor para os seus trabalhos.

Dicas

  • A microfibra de camurça é geralmente muito mais cara do que o tecido de microfibra regular. Ela tem um design elegante e macio que imita camurça, mas é mais fácil de limpar e mais durável. Ela é frequentemente usada em estofados.
  • Procure on-line ou nas correspondências por cupons de lojas de artesanato. Muitas lojas de artesanato regularmente oferecem descontos em tecidos que são vendidos pelo metro.
  • Você pode encontrar pacotes dos mais novos panos de microfibra patenteados no Walmart. Eles têm, frequentemente, seções “como visto na TV” que vendem produtos de infomerciais. É uma boa ideia ler comentários antes de comprar esses produtos.

Avisos

  • Tenha muito cuidado ao usar o tecido de microfibra em eletrônicos sensíveis. A microfibra pega a sujeira e os detritos e prende-os nas fibras. Eles podem arranhar a tela do computador ou do celular. Lave o tecido de microfibra regularmente ou destine alguns panos apenas para a limpeza de eletrônicos para evitar danos.

Como Comprar Coisas na Amazon sem um Cartão de Crédito

Como Comprar Coisas na Amazon sem um Cartão de Crédito

Escrito em parceria com

Equipe blogwiki

Neste Artigo:Usando um vale-presenteUsando uma conta bancária (somente para os EUA)Usando um cartão pré-pagoReferências

Na Amazon, é possível encontrar praticamente qualquer coisa, mas efetuar uma compra pode ser difícil se você não tiver cartão de crédito. Felizmente, há diversas formas de comprar na loja. Vales-presente e cartões pré-pagos podem ser comprados tanto na Amazon quanto em outros locais e, se você tiver uma conta bancária dos Estados Unidos, também é possível pagar no débito.

1

Usando um vale-presente

  1. 1
    Compre seu vale-presente da Amazon. É possível encontrar vales desse tipo em supermercados, lojas de conveniência e até na própria Amazon. Em lojas físicas, você pode pagar com dinheiro.

    • Também é possível escolher a opção de vale-presente como mesada. Você deve pedir para uma outra pessoa se cadastrar para enviar uma quantidade fixa mensal para o seu vale-presente para que você possa fazer compras. Visite amazon.com/allowance para ver como funciona.
  2. 2
    Entre na sua conta da Amazon. Se não tiver uma, será preciso se cadastrar. Para criar uma conta nova, você precisa apenas digitar seu nome e endereço de e-mail.
  3. 3
    Abra a página da sua conta. Você pode encontrá-la ao clicar no seu nome no canto superior direito e selecionar “Sua conta”.
  4. 4
    Clique em “Adicionar vale-presente à conta”. Você encontrará essa opção na parte “Carteira Amazon” da sua página.
  5. 5
    Insira o código no verso do vale-presente. O código é alfanumérico, com cerca de 15 dígitos. Talvez você tenha que arranhar a tarja para vê-lo. Se o seu vale-presente é digital, o código estará no seu e-mail.[1]

    • Clique em “Verificar” para ver se o código está correto.
  6. 6
    Clique em “Validar saldo”. O vale será, então, aplicado à sua conta e se tornará a forma de pagamento padrão quando você for efetuar uma compra.
  7. 7
    Adicione um item ao seu carrinho e finalize a compra. Agora que você já cadastrou o vale-presente, já pode comprar o que deseja na loja. O frete também pode ser pago no vale, desde que tenha saldo suficiente.
  8. 8
    Adicione seu endereço de entrega (para itens físicos). Você precisará adicionar um endereço de entrega para poder prosseguir com a compra. Isso pode não ser solicitado caso esteja comprando itens digitais.
  9. 9
    Confira se o seu vale-presente foi selecionado como forma de pagamento. Você também pode adicionar outros códigos (como descontos) se tiver.

    • Se você tiver que acrescentar um endereço de cobrança para o vale, coloque o mesmo endereço da entrega.
  10. 10
    Finalize o pedido. Finalize sua compra e aguarde até ela ser processada. Contanto que você tenha saldo para cobrir seu pedido, não haverá problemas.

2

Usando uma conta bancária (somente para os EUA)

  1. 1
    Entre no site da Amazon. Se você tem uma conta bancária dos EUA, você pode conectá-la ao site da Amazon para debitar as compras efetuadas. Se não tiver uma conta na Amazon, abra uma.

    • Você não pode usar contas-poupança, corporativas ou jurídicas.[2]
  2. 2
    Abra a página da sua conta. Você pode encontrá-la ao clicar no seu nome no canto superior direito e selecionar “Sua conta”.
  3. 3
    Clique em “Opções de pagamento”. Você encontrará essa opção na parte “Carteira Amazon” da sua página.
  4. 4
    Clique ‘“Adicionar conta corrente.”’ Um formulário aparecerá.
  5. 5
    Insira suas informações de conta corrente. Se tiver dúvidas, pegue uma folha de cheque sua e copie as informações. Adicione o código do banco, agência e conta.

    • O código do banco é o número mais à esquerda, na parte inferior da folha, com nove dígitos.
    • O número da conta está à direita do código do banco.
  6. 6
    Insira o número do seu documento de identidade ou carteira de habilitação. Isso é necessário para fazer as compras, pois é uma forma de identificá-lo.
  7. 7
    Clique em “Continuar” para processar o formulário. A Amazon vai verificar as informações e o método de pagamento será acrescentado ao seu cadastro.
  8. 8
    Compre algum produto na Amazon com a sua conta bancária. Agora que você já cadastrou sua conta bancária, será possível usá-la como forma de pagamento ao efetuar uma compra.

3

Usando um cartão pré-pago

  1. 1
    Registre um cartão pré-pago. Para poder fazer compras dessa forma, será preciso adquirir um cartão pré-pago antes. Isso permitirá que você cadastre um endereço de cobrança, que será solicitado pela Amazon.[3]

    • Você pode ligar para o número inscrito no verso do cartão ou pode se registrar online, também. Lembre-se que você deve adicionar um endereço válido.[4]
  2. 2
    Entre na sua conta Amazon. Depois de registrar o cartão, você poderá usá-lo para fazer compras online. Entre na sua conta da Amazon para acrescentar essa forma de pagamento.
  3. 3
    Passe o cursor sobre o seu nome na página da Amazon e vá até ‘“Sua conta”’. Isso abrirá sua página pessoal no site.
  4. 4
    Selecione ‘“Adicionar um cartão de crédito ou débito”’’’. Você encontrará essa opção na coluna “Opções de pagamento” na seção “Carteira Amazon”.
  5. 5
    Insira o número do cartão pré-pago e o seu nome. Seu nome deve estar igual ao que você colocou no seu cartão, para evitar divergências. Porém, nem todos os cartões pré-pago contêm o nome.
  6. 6
    Insira seu endereço de cobrança, que deve ser o mesmo do cartão. Se as informações não baterem, seu cartão será recusado.
  7. 7
    Faça uma compra com seu cartão novo. Agora, será possível finalizar compras e selecionar seu cartão pré-pago como forma de pagamento. Confira se você tem saldo disponível tanto para cobrir a compra, como o frete.
  8. 8
    Se o cartão for recusado, confira o endereço de cobrança. Se seu cartão pré-pago foi recusado, é bem provável que as informações de endereço de cobrança não estejam corretas. Verifique novamente e refaça o cadastro do cartão.

Wikihow Relacionados

  • Comprar na Amazon



Referências

  1. http://www.tomsguide.com/faq/id-2370886/buy-amazon-credit-card.html
  2. http://www.amazon.com/gp/help/customer/display.html?ie=UTF8&nodeId=15399401
  3. https://usa.visa.com/support/consumer/gift-card-balance.html# 2
  4. https://www.visaprepaidprocessing.com/GT/Gift/PRC514/CP514-T00-001/docs/about.htm


Como Comprar Cigarros Rapidamente pela Internet

Como Comprar Cigarros Rapidamente pela Internet

Informações do Autor

Neste Artigo:Comprando cigarros pela internetComprando on-line de maneira inteligenteReferências

Para os fumantes, a rotina entediante de fazer viagens para a loja e comprar cigarros pode ser um incômodo semanal (ou até mesmo diário). Por que perder tempo e o dinheiro da gasolina para comprá-los quando há uma variedade de opções acessíveis e rápidas na web? Economize fazendo um estoque on-line! Veja abaixo o Passo 1 para começar.

Parte 1

Comprando cigarros pela internet

  1. 1
    Visite um site de varejo de cigarros. Atualmente existe uma grande variedade de sites que os vendem. Fazer uma simples pesquisa como “cigarros on-line” em seu motor de busca preferido deve render dezenas de resultados relevantes. Cada site pode ter sua própria seleção de marcas, produtos e acessórios para navegar. Sendo assim, talvez queira procurar em alguns sites antes de tomar sua decisão.
  2. 2
    Navegue pela seleção existente no site. Quando tiver encontrado um vendedor on-line que gostar, navegue através das opções disponíveis para encontrar sua marca preferida. A maioria dos sites de cigarro terá marcas populares e bem conhecidas, como Marlboro, Camel, etc, enquanto alguns terão variedades estrangeiras ou exóticas à venda.

    • Geralmente, esses sites terão uma lista proeminente das marcas oferecidas na seção “Cigarros”. Muitos também terão uma barra de busca (normalmente localizada em um dos cantos superiores da página) que permite que você procure pelos produtos desejados.
  3. 3
    Adicione os cigarros ao seu carrinho. Quando você tiver encontrado algo que o interesse, procure por um botão “Adicionar ao carrinho (Add to cart)” na página. Ele geralmente estará localizado em um local privilegiado, perto da imagem ou título do produto em que você está interessado em comprar. Clicar neste botão adiciona o produto ao seu “carrinho” on-line, que é uma contagem dos produtos que você pretende comprar. Quase todos os sites de varejo on-line, dos enormes como a Amazon aos menores varejistas independentes, usam este sistema de “Adicionar ao carrinho”.

    • Adicionar itens ao seu carrinho não os compra de imediato, então não há necessidade de se preocupar se você adicionar acidentalmente os produtos errados.
  4. 4
    Continue com o processo de pagamento. Quando você tiver adicionado todos os cigarros que gostaria de comprar ao seu carrinho, procure um botão em algum lugar da página que diz “Continuar para o Pagamento (Proceed to checkout)”. Isso o levará a uma série de telas, onde sua compra será confirmada e finalizada. Você também terá a opção de eliminar itens de seu pedido (se quiser).

    • Note que alguns sites podem exigir que você crie uma conta antes de poder conferir e comprar neles.
  5. 5
    Forneça as informações pessoais relevantes. Durante o processo de pagamento, são solicitadas certas partes de informações pessoais, de modo que os cigarros possam ser pagos e enviados. Insira corretamente todos os seus dados, como o endereço e o número do cartão de crédito. Preencha as informações nas caixas de texto apropriadas e avance para a próxima página.

    • Desconfie de sites fraudulentos que podem tentar roubar seus dados pessoais importantes. Enquanto a maioria dos varejistas on-line exigirá as informações de seu cartão de crédito para fazer compras, você nunca deve fornecer o número da sua identidade ou informações de sua conta bancária. Se pedirem isso, saia imediatamente do site.
  6. 6
    Se desejado, escolha uma opção de envio. Se quiser ter seus cigarros o mais rapidamente possível, talvez queira optar por uma opção de entrega especial. Esse tipo de coisa normalmente é oferecida, se disponível, após o pagamento. Alguns sites podem oferecer opções muito rápidas mesmo, como entrega “no dia seguinte”, embora elas possam ficar muito caras. Compare seu desejo de fumar rapidamente ao dinheiro que terá que gastar antes de tomar uma decisão.
  7. 7
    Reveja e confirme seu pedido. No final do processo de pagamento, você receberá um detalhamento de todo o seu pedido; tudo o que está prestes a comprar, as opções de frete escolhidas, o endereço para o qual seu pedido será enviado e assim por diante. Neste ponto, revise todo o pedido, pois pode ser complicado cancelar uma compra e receber um reembolso em se tratando de vendas na internet.

    • Quando você terminar de analisar seu pedido, confirme-o para fazer a compra. Geralmente haverá um botão em destaque próximo à parte inferior do seu pedido, com o rótulo “Confirmar” ou “Finalizar”.
  8. 8
    Espere seus cigarros chegarem. Parabéns! Você acabou de comprá-los on-line. Depois de fazer sua compra, tudo que precisa fazer é sentar e esperar. Eles devem chegar dentro do prazo especificado pelo vendedor. Se não, você pode precisar entrar em contato com o fornecedor para receber uma atualização do status do seu pedido, ou solicitar um reembolso. As informações de contato devem estar disponíveis no site em que você comprar seus produtos.

Parte 2

Comprando on-line de maneira inteligente

  1. 1
    Você deve ser legalmente habilitado para comprar cigarros. Como regra geral, é um crime vender tabaco a menores de idade. Lembre-se que o país tem leis que tornam ilegal vender fumo a menores de 18 anos, e que muitos outros países têm leis semelhantes em vigor.

    • A maioria dos vendedores on-line usa cartão de crédito ou de débito para que você pague por seu pedido. Você deve ter 18 anos para poder ter seu próprio cartão de crédito, que também é a mesma idade que deve ter para comprar legalmente cigarros.
  2. 2
    Compre a granel. Ao comprar cigarros on-line, normalmente você terá que pagar uma taxa de entrega e manuseio, que normalmente não teria que pagar se os tivesse comprado na loja. Às vezes pode compensar a economia que você teria conseguido através da compra em um site on-line livre de impostos. Entretanto, no caso de alguns varejistas, você pode ser capaz de conseguir um bom desconto comprando a granel se a taxa de envio e manuseio for cobrada com base na cobrança por pedido ou por caixa. Ainda que comprar muitos pacotes possa parecer muito caro em um primeiro momento, essa prática poupará dinheiro em longo prazo.

    • Perceba, entretanto, que alguns varejistas cobram uma taxa fixa de frete com base no número de caixas que você compra. Isso significa que, nesses sites, comprar a granel não é o melhor negócio.
  3. 3
    Pesquise os melhores preços. Nem todos os varejistas de cigarros são criados iguais. Assim como as lojas físicas, alguns oferecem ofertas a preços acessíveis e grandes incentivos, enquanto outros vão tentar enganá-lo. Antes de tomar uma decisão, tente encontrar seu produto preferido em vários sites. Compare tanto o preço do produto quanto as taxas de envio e manuseio do site; às vezes, as lojas oferecerão um ótimo preço, mas isso com taxas altas.
  4. 4
    Compre apenas as marcas que você conhece. Uma coisa que você provavelmente perceberá assim que começar a procurar por varejistas on-line de cigarros é que, frequentemente, dezenas de marcas diferentes são vendidas no site. Algumas das bem conhecidas são: Marlboro, Kool, Lucky Strike, e assim por diante; enquanto as outras são um tanto desconhecidas. Embora possa ser tentador comprar uma mais barata e que você nunca ouviu falar, pode ser uma má ideia. Se não gostar do sabor ou da sensação da marca, pode ficar preso com uma caixa ou mais cigarros abaixo da média.

    • A maioria dos varejistas on-line vende seus produtos em embalagens fechadas. É uma enorme quantidade para se ter caso acabe não gostando do produto, então, se estiver procurando provar algo novo, pode ser uma ideia melhor ir pessoalmente a uma loja de fumo especializada e pedir uma recomendação para a equipe. Dessa forma, você pode ser capaz de comprar apenas um pacote ou maço da nova marca, minimizando os danos se acabar não gostando dos cigarros.
  5. 5
    Evite vendedores com má reputação. Embora muitos dos varejistas on-line mais populares sejam perfeitamente respeitáveis e confiáveis, é importante saber que alguns não são. Alguns sites fraudulentos de cigarro (por exemplo, Cigarettepurchase.com[1]), que frequentemente são operados do exterior, vendem produtos falsificados a preços baratos como se fossem de marca. Eles não são produzidos com altos padrões de higiene e a venda deles pode ajudar a financiar o crime organizado.[2] Outros sites fraudulentos podem não enviar seu pedido, ou até mesmo podem tentar roubar seus dados financeiros pessoais. Proteja-se quando comprar cigarros on-line, evitando os sites que tenham os seguintes sinais de alerta:

    • Site com design desleixado ou extremamente básico.
    • Erros óbvios de ortografia e gramática.
    • Páginas de pagamento que lhe peçam informações pessoais desnecessárias (número de identidade, informações da conta bancária, números de roteamento de cheque, etc).
    • Nenhuma informação de “Avaliação” ou “Fale Conosco”
    • Páginas de pagamento que exigem que você envie dinheiro via Western Union ou serviço de transferência bancária.

Referências

  1. http://www.scamwarners.com/forum/viewtopic.php?f=26&t=78638
  2. http://www.dailyfinance.com/2013/04/28/looming-dangers-rise-in-secret-underground-cigaret/


Como Comprar Apps

Como Comprar Apps

Informações do Autor

Neste Artigo:Comprando Apps Para AndroidComprando Apps Para iOS e Mac OS XComprando Apps no Windows MarketplaceComprando Apps Para o ChromebookReferências

Apps têm a capacidade de melhorar a sua experiência geral de usuário ao usar um smartphone, tablet ou computador. Eles podem ser baixados gratuitamente ou comprados diretamente do mercado de apps disponível para o seu dispositivo ou sistema operacional.

1

Comprando Apps Para Android

  1. 1
    Pressione o Menu no seu dispositivo Android.
  2. 2
    Navegue e abra o aplicativo da Loja Google Play.
  3. 3
    Procure por um app específico, ou clique em “Apps” ou “Jogos” para procurar os apps disponíveis.
  4. 4
    Toque diretamente no app que você deseja comprar.
  5. 5
    Toque diretamente sobre o preço do app, que fica localizado no canto superior direito da sua tela.
  6. 6
    Leia a tela das Permissões do App e toque em “Aceitar.
  7. 7
    Toque em “Comprar.
  8. 8
    Digite a sua senha do Google na tela e toque em “Confirmar.
  9. 9
    Escolha o seu método de pagamento.
  10. 10
    Digite ou confirme seus detalhes de pagamento quando solicitado. Se esta é a primeira vez que você compra um app da Loja do Google Play, poderá lhe ser solicitado criar uma conta da Google Wallet, que irá armazenar suas informações de pagamento para uso futuro.
  11. 11
    Confirme sua compra depois de digitar seus dados de pagamento. O app que você comprou será baixado em seu Android, e estará pronto para uso após o término do download.[1]

2

Comprando Apps Para iOS e Mac OS X

  1. 1
    Vá até a App Store no seu dispositivo iOS ou computador Mac.

    • A App Store pode ser encontrada na pasta Aplicativos, ou acessada clicando no Menu.
  2. 2
    Procure por um app específico usando a barra de pesquisa, ou navegue nos apps disponíveis tocando em qualquer uma das categorias exibidas.
  3. 3
    Toque diretamente no app que você está interessado em comprar.
  4. 4
    Toque diretamente sobre o preço do app. O preço irá se transformar num botão de “Comprar App”.
  5. 5
    Clique no botão “Comprar App” para confirmar que você deseja comprar o app.
  6. 6
    Digite sua Apple ID e a senha nos campos fornecidos. O custo do app será cobrado na sua conta da Apple iTunes.
  7. 7
    Toque em “OK. O app que você comprou começará a ser baixado para o seu dispositivo iOS, e será exibido na sua lista de apps após o download ser concluído.[2]

3

Comprando Apps no Windows Marketplace

  1. 1
    Toque em “Iniciar” e selecione “Marketplace” no seu Windows Phone.

    • Digite seu nome de usuário e senha do Windows Live se esses dados forem solicitados.
  2. 2
    Toque em “Apps” ou “Games.
  3. 3
    Arraste seu dedo para mover sua tela para a esquerda ou para a direita, e assim navegar através dos apps e jogos disponíveis.
  4. 4
    Toque no app que você deseja comprar.
  5. 5
    Toque em “Comprar” para comprar o app.
  6. 6
    Toque em “Comprar” novamente para confirmar a compra.

    • Outra forma possível é tocar em “Testar”, caso uma versão grátis de teste do app esteja disponível. #*Isto irá permitir que você use o app gratuitamente por um período de tempo predeterminado antes de comprá-lo.
  7. 7
    Confirme seu método de pagamento. Por padrão, as compras de apps serão cobradas na conta que você abriu com a sua operadora sem fio.
  8. 8
    Aguarde o app ser baixado. Depois do app ter sido baixado no seu Windows Phone, ele será exibido na sua lista de apps, e estará pronto para ser usado.[3]

4

Comprando Apps Para o Chromebook

  1. 1
    Navegue até a Web Store do Chrome em https://chrome.google.com/webstore no seu Chromebook.
  2. 2
    Verifique se você está conectado à Conta do Google com a qual gostaria de comprar o app.
  3. 3
    Procure o app que você quer comprar, ou navegue na lista de apps disponíveis.
  4. 4
    Clique no app que você deseja comprar para o seu Chromebook.
  5. 5
    Clique em “Comprar para”, próximo ao topo da página de detalhes do app.
  6. 6
    Confirme a compra e seu método de pagamento usando a Google Wallet.
  7. 7
    Clique em “Iniciar app” depois de ter pago pelo app. O app que você comprou estará disponível para uso.[4]

Dicas

  • Procure e leia reviews antes de comprar qualquer app, para verificar se o aplicativo funciona como anunciado. A maioria dos apps são desenvolvidos por terceiros, e talvez podem não ser suportados pelo fabricante do seu aparelho ou sistema operacional.

Referências

  1. https://support.google.com/googleplay/answer/113409?hl=en
  2. http://www.imore.com/download-apps-games-ipad
  3. http://www.windowsphone.com/en-us/how-to/wp7/apps/find-and-buy-apps-in-marketplace
  4. https://support.google.com/chrome_webstore/answer/1070840?hl=en


Como Comprar Acessórios Eróticos sem Constrangimento

Como Comprar Acessórios Eróticos sem Constrangimento

Escrito em parceria com

Paul Chernyak, LPC

Neste Artigo:Controlando a situação de comprasMudando o seu pensamento sobre a situaçãoAdministrando e reduzindo o constrangimento15 Referências

É o seu aniversário de namoro ou de casamento e tudo está perfeitamente preparado: as flores, os chocolates e até o champanhe. Você percebe, no entanto, que está faltando alguma coisa; talvez um preservativo, um lubrificante, ou um contraceptivo. Você precisa do acessório, mas não quer nem pensar em ir a uma loja de acessórios eróticos. Apesar de se sentir nervoso, você pode encarar a compra de acessórios relacionados ao sexo naturalmente, se aprender a controlar e a lidar com certos aspectos sobre a experiência de compras, mudar seu pensamento sobre a situação e administrar o seu constrangimento.

1

Controlando a situação de compras

  1. 1
    Escolha a loja certa. Para localizar os itens que você quer com maior facilidade, escolha uma loja que você conhece bem. Ou vá a uma loja longe do seu bairro, para evitar encontrar pessoas que você conhece.[1]

    • Vá a sex shops especializados. O melhor sobre comprar nessas lojas é que você pode, facilmente, fingir que está comprando um presente para zoar um amigo, ou uma lembrancinha para uma festa de despedida de solteiro. Dessa forma, você diminuirá a sensação de estar sendo julgado pela sua compra.
  2. 2
    Peça ajuda. Ir a essas lojas com um amigo ou com o parceiro ajudará a desviar o seu constrangimento, pois eles servirão de distração para você.[2]

    • Peça a seu parceiro para ir à loja com você.
    • Diga a um amigo que você precisa de ajuda para superar o constrangimento ao comprar esse tipo de acessórios.
  3. 3
    Compre outros itens. Comprar apenas o item desejado pode chamar atenção para você, aumentando o seu constrangimento.[3][4] Então, compre vários acessórios, para camuflar a sua compra.

    • Pegue um saco de batatinhas, alguns chicletes ou um refrigerante, para amenizar o constrangimento. Quanto mais itens você levar, melhor será.
  4. 4
    Encontre um caixa semelhante a você. Usar estratégias de enfrentamento ao comprar acessórios eróticos, como ir a um caixa parecido com você (do mesmo sexo e faixa etária) também ajudará.[5] Esse é um recurso de enfrentamento muito comum para evitar constrangimento ao comprar itens pessoais.[6] Pode ser embaraçosos pagar pelos itens eróticos em um caixa com uma pessoa de sexo diferente, ou com uma grande diferença de idade.

    • Se não houver ninguém parecido com você, procure alguém que pareça mais adequado para você, ou que trará o mínimo constrangimento possível.
  5. 5
    Distraia-se ou pareça ocupado na hora de pagar. Isso ajuda a chamar menos atenção para você e a reduzir a probabilidade de iniciar uma conversa com o caixa, evitando um possível momento desconfortável.

    • Seja educado, mas evite muito contato visual e pequenas conversar com o caixa.
    • Olhe uma revista enquanto estiver no caixa.
    • Enquanto espera na fila, envie uma mensagem ou faça uma ligação.
  6. 6
    Se a loja disponibilizar, use o autoatendimento na hora de pagar. Isso reduzirá a sensação de que alguém está observando ou julgando você. Estudos mostraram que, quanto menos pessoas estiverem por perto, menor é a vergonha na hora de comprar um item pessoal.[7]
  7. 7
    Continue praticando. O constrangimento ao comprar itens pessoais diminui com a experiência.[8] Isso se deve à ideia de que, quanto mais você faz uma atividade, mais confortável você fica com ela. O mesmo acontece na compra de acessórios que deixam você envergonhado. Então, quanto mais experiência você tiver em comprar esses acessórios, mais confortável você se sentirá. Com o tempo, você pode até começar a tolerar o sentimento de vergonha.

2

Mudando o seu pensamento sobre a situação

  1. 1
    Pense positivamente sobre o seu constrangimento.[9] É importante controlar a sua mente e diminuir os pensamentos negativos. Assim, a probabilidade de você se sentir excessivamente envergonhado será menor, pois os nossos pensamentos têm influência direta sobre os nossos sentimentos.

    • Pense “Eu posso fazer isso. Não é tão ruim assim!”.
    • Procure humor nessas situações. Não é engraçado comprar esses item na frente de outras pessoas?
  2. 2
    Lembre-se de que os vendedores da loja lidam com isso constantemente. Nessas lojas, os caixas registram os mesmos itens o tempo todo. Você não é o primeiro a comprar aquele acessório e, provavelmente, não será o último.

    • Pense algo como “Essa pessoa não deve estar pensando nada ruim sobre mim, pois ela lida com isso o tempo inteiro!”.
  3. 3
    Identifique os riscos da evasão. Infelizmente, o constrangimento ao comprar contraceptivos, como as camisinhas, pode levar ao sexo inseguro ou à gravidez.[10] Portanto, reduzir o constrangimento e enfrentar a situação é fundamental para manter um estilo de vida seguro em relação à vida sexual.

    • Pense nas consequências de não comprar o produto; isso poderia levar a uma gravidez, a uma DST ou a um sexo desconfortável?
    • Algumas pessoas roubam itens pessoais, apenas para diminuir o constrangimento. Saiba que esse comportamento pode levá-lo à prisão.

3

Administrando e reduzindo o constrangimento

  1. 1
    Aprenda e admita a causa do seu constrangimento. Para administrar o constrangimento, você precisa, primeiro, tê-lo e reconhecê-lo. Vergonha é o sentimento de constrangimento e humilhação que temos quando acreditamos que estamos sendo avaliados negativamente pelos outros.[11] Descubra por que você fica envergonhado ao comprar acessórios eróticos, para compreender completamente o que precisa ser mudado (pensamento ou comportamento) e reduzir o constrangimento.

    • Identifique quais pensamentos resultam no sentimento de vergonha sobre a compra de itens pessoais ou relacionados ao sexo. Você fica preocupado com o que os outros estão pensando? Você tem medo de encontrar alguém conhecido? Entender os componentes específicos que produzem o constrangimento ou o medo ajudará a desenvolver maneiras de enfrentar a situação.
  2. 2
    Reconheça que você não está sozinho. Por exemplo, a maioria das pessoas que compram preservativos compram em uma loja. Apenas 5% os adquirem em clínicas médicas e, ainda menos (4%), adquirem on-line.[12] Além disso, um estudo mostrou que aproximadamente 55% dos homens e 69% das mulheres acham embaraçosos comprar preservativos.[13] Isso significa que é quase comum se sentir envergonhado ao comprar itens pessoais ou relacionados ao sexo.

    • Quando você estiver preocupado com a situação, lembre-se de que a maioria das pessoas que compram produtos pessoais, como preservativos, vão à loja para isso. Se eles podem, você também pode!
    • Quando estiver preocupado sobre se sentir embaraçado ao comprar um item pessoal, lembre-se de que outras pessoas se sentem da mesma forma.
  3. 3
    Aceite os seus sentimentos. A aceitação das suas emoções é fundamental para se sentir motivado a ser melhor e fazer mudanças positivas, como comprar itens pessoais com confiança. Além disso, como já dito anteriormente, mais da metade dos compradores dizem que se sentem constrangidos ao comprar produtos como preservativos.[14] Aceite que o constrangimento é um sentimento normal e natural, principalmente quando se trata da compra de itens pessoais.

    • Quando você se sentir constrangido, pense “Tudo bem se eu me sentir assim. Muitas pessoas também ficam envergonhadas na mesma situação”.
  4. 4
    Familiarize-se com o produto. Estudos sugerem que, quanto mais confortável e familiarizado você se sentir ao comprar um produto específico, menos constrangido você se sentirá.[15] Assim, você também reduzirá o tempo que perde tentando encontrar seu produto na loja. Você saberá onde ele está e como pegá-lo facilmente.

    • Pesquise sobre o produto on-line, leia as instruções, os efeitos colaterais, etc.
    • Escolha um determinado tipo, uma marca e uma loja específica que trabalha com o produto.

Referências

  1. http://www.researchgate.net/profile/Sarah_Moore13/publication/6668409_Coping_with_condom_embarrassment/links/54c165110cf2dd3cb9586df3.pdf
  2. http://www.researchgate.net/profile/Sarah_Moore13/publication/6668409_Coping_with_condom_embarrassment/links/54c165110cf2dd3cb9586df3.pdf
  3. http://www.acrwebsite.org/volumes/v40/acr_v40_13074.pdf
  4. http://www.researchgate.net/profile/Sarah_Moore13/publication/6668409_Coping_with_condom_embarrassment/links/54c165110cf2dd3cb9586df3.pdf
  5. http://www.researchgate.net/profile/Sarah_Moore13/publication/6668409_Coping_with_condom_embarrassment/links/54c165110cf2dd3cb9586df3.pdf
  6. http://professor.business.ualberta.ca/SarahMoore/~/media/business/FacultyAndStaff/MBEL/SarahMoore/Documents/Moore_etal_AC_2008.pdf
  7. http://www.jstor.org/stable/10.1086/323734?seq=1#page_scan_tab_contents
  8. http://www.researchgate.net/profile/Sarah_Moore13/publication/6668409_Coping_with_condom_embarrassment/links/54c165110cf2dd3cb9586df3.pdf
  9. http://professor.business.ualberta.ca/SarahMoore/~/media/business/FacultyAndStaff/MBEL/SarahMoore/Documents/Moore_etal_AC_2008.pdf

Exibir mais… (6)


Como Calcular o Preço Real de um Produto em Liquidação

Como Calcular o Preço Real de um Produto em Liquidação

Escrito em parceria com

Equipe blogwiki

Neste Artigo:Calculando o preço originalCalculando o preço de vendaCalculando o desconto8 Referências

Você provavelmente já comprou algo em liquidação e se perguntou qual costumava ser o preço original. Ou, talvez, tenha saído às compras e visto algo com

25%{displaystyle 25%}

de desconto, tentando imaginar quanto teria que pagar. Calcular o preço original, o preço de venda ou o desconto percentual de um certo item envolve habilidades básicas de Álgebra. É sempre útil conhecer esse processo em sua vida cotidiana, mas você provavelmente terá também que lidar com questões semelhantes em provas e tarefas escolares.

1

Calculando o preço original

  1. 1
    Avalie os dados que tem em mãos. Para calcular o preço original de um certo item, você deve saber qual é o preço descontado e o percentual que esse desconto representa.

    • Imagine, por exemplo, que você tenha visto uma blusa à venda por
  2. 2
    Converta o percentual em decimal. Lembre-se de que percentuais são centésimos, então basta dividir o valor por
  3. 3
    Escreva a equação para estipular o preço original com base no desconto. Use a fórmula
  4. 4
    Coloque o preço de venda na equação. Lembre-se de substituir a variável
  5. 5
    Insira o valor do desconto percentual na fórmula. Lembre-se de usar o formato decimal, substituindo a variável
  6. 6
    Use a propriedade distributiva para simplificar a equação. Para isso, extraia a variável
  7. 7
    Complete a operação entre parênteses. Isso resultará no preço original do item representado pelo preço de venda.[4]

    • Por exemplo:
  8. 8
    Divida cada lado da equação pelo percentual do preço original. Você obterá, dessa forma, o valor de

2

Calculando o preço de venda

  1. 1
    Analise os dados à sua disposição. Para calcular o preço de venda de um certo item, você precisa saber quais são seu preço original e o desconto percentual.

    • Talvez, em um exemplo, a blusa custe
  2. 2
    Converta o desconto percentual em um valor decimal. Lembre-se de que o percentual é um centésimo, bastando dividi-lo por
  3. 3
    Multiplique o preço original pelo percentual de desconto.[6] Lembre-se de usar o formato decimal. Assim, você obterá o desconto (em reais) do preço original.

    • No exemplo,
  4. 4
    Subtraia o desconto do preço original do item. Isso resultará no preço de venda.[7]

    • No exemplo,

3

Calculando o desconto

  1. 1
    Avalie as informações disponíveis. Para calcular o desconto percentual de um item, você precisa conhecer o preço de venda e qual é o preço original.

    • Você talvez saiba, por exemplo, que uma certa blusa custava
  2. 2
    Subtraia o preço de venda do preço original. Com isso, você estipulará o valor da redução existente entre ambos.

    • No exemplo, uma vez que
  3. 3
    Prepare a fórmula de desconto para o item. Use a equação
  4. 4
    Insira na fórmula os valores do preço original e da redução. Lembre-se de substituir a variável
  5. 5
    Divida cada lado da equação pelo preço original. Isso trará a você o percentual do desconto em formato decimal. Para convertê-lo, no entanto, basta mover a vírgula dois lugares à direita.

    • Exemplo:

Referências

  1. https://www.mathsisfun.com/converting-percents-decimals.html
  2. http://mathcentral.uregina.ca/QQ/database/QQ.09.09/h/cyndy1.html
  3. http://mathcentral.uregina.ca/QQ/database/QQ.09.09/h/cyndy1.html
  4. http://www.purplemath.com/modules/percntof2.htm
  5. https://www.mathsisfun.com/converting-percents-decimals.html
  6. http://www.mathgoodies.com/lessons/percent/sale_price.html
  7. http://www.mathgoodies.com/lessons/percent/sale_price.html
  8. http://www.purplemath.com/modules/percntof2.htm