Tutoriais Windows

Como redefinir as configurações de fábrica do Windows.

Seu PC está lento? Veja como restaurar o Windows 10 para as configurações de fábrica.


Você pode querer vender ou doar sua máquina Windows 10 (para poder comprar algo muito mais poderoso). Nesse caso, você deve garantir que todas as suas informações pessoais e aplicativos sejam removidos para proteger sua privacidade.

Felizmente, há uma maneira relativamente fácil de começar de novo com o Windows 10: a função de redefinição do Windows.

» Veja como redefinir o Windows 10 de fábrica e retorná-lo ao seu estado mais puro.

♦ Primeiro, faça backup de suas coisas!

Antes de redefinir seu sistema, você precisará fazer backup de informações importantes que não deseja perder. Isso inclui documentos, fotos, músicas e filmes, mas há outros itens para fazer backup também.

Certifique-se de que você conhece todas as suas senhas salvas, exporte todos os seus favoritos do navegador e tenha arquivos de instalação para todo o software que você deseja reinstalar – ou saiba onde obtê-los novamente.

Além disso, certifique-se de fazer backup de dados específicos do aplicativo, como filtros personalizados salvos em um utilitário de fotos, salvar arquivos de seus jogos favoritos e fazer backup de e-mails, se estiver usando um servidor off-line.


≡ WINDOWS 10


O recurso de redefinição do Windows 10 é encontrado no menu principal Configurações. Esse recurso retorna a instalação do Windows 10 para o estado padrão em que estava quando o sistema foi instalado pela primeira vez. Observe que isso pode ser tecnicamente diferente de um “reset de fábrica”, dependendo do fabricante da sua máquina.

Verifique a sua documentação ou ligue para o suporte técnico se quiser devolver o seu PC ao modo como o fez quando o tirou da caixa pela primeira vez. O fabricante pode ter partições especiais configuradas no disco rígido ou pode fornecer uma imagem de restauração de fábrica.

Etapa 1: Acesse o menu de configurações clicando no ícone Notificações na barra de tarefas ou pressionando o botão do Windows + A. Em seguida, clique em Todas as configurações.

Etapa 2: clique em Atualização e segurança e escolha Recuperação no menu à esquerda.

A próxima página contém duas opções. O primeiro, Reset this PC é o método que vamos seguir, mas vale a pena considerar o segundo se você tiver um pouco mais de habilidade técnica.

A inicialização avançada é usada para modificar seu computador em um nível mais profundo ou instalar um sistema operacional completamente diferente.

Isso é útil se o fabricante fornecer uma imagem de restauração de fábrica ou uma unidade externa contendo a imagem para retornar a máquina ao estado de fábrica.

A menos que você tenha certeza absoluta de que entende o que cada uma das opções dessa configuração faz, provavelmente é melhor deixar isso de lado.

Etapa 3: Quando estiver pronto, clique no botão Começar, sob o cabeçalho Redefinir este PC . Uma nova janela aparecerá com duas opções, Manter meus arquivos e Remover tudo.

Etapa 4: decida se deseja manter todos os seus arquivos e pastas ou realmente inicie do zero e traga seus dados pessoais de volta da sua solução de backup.

Qualquer um que você escolher, todos os seus aplicativos precisarão ser reinstalados e suas configurações, como o menu Iniciar, retornarão aos padrões.

Passo 5: Clique em qualquer opção que lhe agrade. Se você escolheu Manter meus arquivos, pule para a Etapa 7.

Passo 6: Se você escolheu Remover tudo, agora você tem a opção de apenas remover meus arquivos  ou remover arquivos e limpar a unidade.

A segunda opção formata a própria unidade, e é melhor se você estiver pensando em vender ou doar o seu computador. Demora muito mais tempo, por isso, se quiser apenas a reiniciar o PC, escolha a primeira opção e avance para o Passo 8.

Se o seu computador tiver várias unidades internas, você também terá a opção de limpar apenas a unidade principal (aquela com o Windows) ou todas as unidades conectadas.

Clique em Mostrar a lista de unidades que serão afetadas para saber exatamente o que será incluído no processo de redefinição.

        

Etapa 7: Se você escolher Manter meus arquivos, na próxima tela, o sistema exibirá uma lista de programas convencionais instalados em seu computador (aqueles não instalados na Windows Store). Essa lista será salva em sua área de trabalho quando você concluir o processo de recuperação. Clique em Avançar.

Passo 8: Uma vez que você tenha passado pelas etapas de preparação para a redefinição, você será presenteado com a escolha final. Clique em Restaurar para continuar.

Seu PC será reinicializado automaticamente e começará o processo de reinicialização. Isso pode levar uma hora ou mais, por isso, se você estiver usando um laptop, é uma boa ideia conectar o cabo de alimentação.

O computador, geralmente reinicia várias vezes durante o processo. Aguarde o Windows finalizar a restauração e iniciar o processo de configuração, insira suas informações pessoais e faça o login.

Depois de confirmar que tudo está funcionando, atualize todos os drivers importantes e instale um bom software antivírus para protegê-lo.


≡ WINDOWS 7


O Windows 7 não possui as opções incorporadas de atualização e redefinição encontradas em versões mais recentes.

Os usuários com esses sistemas operacionais têm duas opções quando procuram realizar uma redefinição de fábrica.

A primeira é reinstalar o Windows a partir do zero, o que não é uma redefinição de fábrica, a menos que você tenha todas as mídias de instalação originais fornecidas pela fábrica.

Etapa 1: Abra o Recovery fazendo uma pesquisa no Windows.

Etapa 2: selecione Opções avançadas de recuperação.

Etapa 3: clique em Reinstalar o Windows.


≡ Confira nosso guia de reinstalação do Windows 7 para obter instruções mais detalhadas.

Sua segunda opção é usar uma ferramenta de recuperação fornecida pelo fabricante ou uma partição de recuperação.

Aqui estão os nomes comuns para o software de recuperação de cada fabricante principal de PC. Inserir esses termos na ferramenta de pesquisa da área de trabalho do Windows pode ajudá-lo a encontrá-los.

  • Acer : Acer eRecovery ou Acer Recovery Management.
  • Asus : partição de recuperação Asus ou recuperação de AI.
  • Dell : Dell Factory Image Restore, DataSafe, backup e recuperação Dell e vários outros nomes.
  • HP : HP System Recovery ou Recovery Manager.
  • Lenovo : Rescue and Recovery ou ThinkVantage Recovery (em ThinkPads).

Você também pode acessar a recuperação de fora do Windows, o que é útil se você não conseguir encontrar o software ou se o Windows não estiver carregando.

Para fazer isso, reinicie o computador e preste muita atenção na tela de inicialização que aparece antes de o Windows carregar. Fique de olho em uma tecla de atalho que leva à interface de recuperação. Na maioria dos casos, a chave será F11.

Como corrigir problemas de som no Windows 10.

Sempre que os usuários atualizam para a versão mais recente do Windows 10, elas têm muito a apreciar. Infelizmente, grandes atualizações também podem trazer novos problemas, e alguns dos mais comuns são relacionados a áudio.

Esses problemas podem deixar as pessoas impossibilitadas de reproduzir vídeos, usar determinados aplicativos ou ouvir qualquer coisa nos alto-falantes.

Isso pode ser bem inconveniente, especialmente quando você aprende sobre os novos recursos do sistema operacional, então vamos ensinar algumas soluções de problemas de áudio no Windows.


≡ Aqui estão as melhores dicas para você pode tentar corrigir problemas de áudio do Windows 10.


♦ Verifique o seu dispositivo de saída

Se você não tem nenhum som, pode ser algo tão simples quanto o Windows tentando reproduzir som em um dispositivo antigo, como alguns fones de ouvido que você esqueceu que estão conectados ou um alto-falante Bluetooth que não está ligado agora.

Para garantir que o Windows esteja tentando enviar o som para o dispositivo correto, você precisa verificar sua saída.


♦ Atualize os drivers da sua placa de som

Uma das fontes mais comuns de problemas de som é a falta de comunicação entre o Windows 10 e sua placa de som ou chip de escolha.

Isso geralmente faz com que o seu som não funcione. Felizmente, existem maneiras de tornar o Windows 10 e seu hardware de som compatíveis. Tudo o que você precisa fazer é encontrar as atualizações certas para o trabalho.

Passo 1: Abra o menu Iniciar e pesquise por “Gerenciador de dispositivos”. Clique no resultado correspondente.

Etapa 2: Dentro do Gerenciador de dispositivos, você verá uma lista de opções de ícones. Escolha controladores de som, vídeo e jogos. Se você tiver uma placa de som, ela aparecerá lá.

Etapa 3: Abra a placa de som clicando duas vezes nela e, em seguida, vá para a  guia Driver e procure a opção Atualizar driver. Isso iniciará uma pesquisa automática do Windows para localizar atualizações de driver e baixá-las.

Etapa 4: Após a conclusão da atualização, reinicie e veja se o seu áudio agora funciona.


» Aqui estão alguns pontos adicionais a serem considerados.

O Windows nem sempre encontrará os drivers de áudio corretos por conta própria. Se a pesquisa não funcionar, considere visitar o site do fabricante da placa de som e procurar a placa de som para encontrar um método manual para baixar as atualizações aplicáveis.

Seu driver pode precisar apenas de um “ajuste” nos bytes. Se a atualização não funcionar, abra o Gerenciador de dispositivos, localize a placa de som novamente e clique com o botão direito do mouse no ícone.

Selecione Desinstalar. Isso removerá seu driver, mas não entre em pânico. Reinicie o computador e o Windows tentará reinstalar o driver. Permita que isso aconteça e você poderá descobrir que seu som está ativado.


Se o trabalho no software da placa de som não tiver efeito, você deve tentar alternar para o driver de áudio genérico que o Windows 10 oferece. Isso geralmente evita problemas de compatibilidade e restaura os recursos de som para as atividades do Windows.

Etapa 1: Abra o Gerenciador de dispositivos novamente e localize o driver de áudio como se você estivesse atualizando-o.

Etapa 2: Clique com o botão direito do mouse no driver e escolha Atualizar driver.

Passo 3: Desta vez, em vez de deixar o Windows pesquisá-lo automaticamente, selecione Procurar meu computador para software de driver.

Passo 4: Em seguida, selecione Deixe-me escolher em uma lista de drivers de dispositivo no meu computador. Isso trará uma lista que incluirá o Dispositivo de Áudio de Alta Definição. Este é o driver genérico do Windows 10. Selecione e instale, para ver se isso restaura seu som.


A assistente de voz integrada do Windows 10, Cortana, pode receber todos os tipos de comandos apenas por voz. No entanto, isso não é bom se o seu áudio não estiver funcionando corretamente.

Se a Cortana não estiver respondendo da maneira que você esperava, você pode ter um problema com o microfone – ou a falta dele.

Primeiro, certifique-se de que seu computador tenha um microfone para que a Cortana possa ouvi-lo. Um microfone é um recurso padrão que já vem embutido em muitos dos laptops e desktops atuais. Sem um microfone integrado, você precisará usar o conector do microfone e um dispositivo externo.

Se você tiver um microfone, vamos verificar se as configurações da Cortana estão corretas.

Passo 1: Abra Cortana clicando na barra de pesquisa do Windows e, em seguida, selecione o ícone de configuração no canto inferior esquerdo.

Etapa 2:  Isso fornecerá várias opções de alternância para controlar o que o assistente de voz pode fazer. Certifique-se de que a opção da Cortana para ouvir os comandos “Hey Cortana” esteja ativada. Se ela não estiver ouvindo, seus comandos de voz não funcionarão.

como corrigir problemas de som no windows 10

Se você tem um microfone e as configurações da Cortana estão corretas, mas o assistente inteligente ainda não consegue ouvi-lo, vale a pena verificar novamente as configurações do seu dispositivo de gravação.

Etapa 1: para fazer isso, clique na seta para cima no canto inferior direito da tela, ao lado do relógio e da data.

Passo 2: Clique com o botão direito no ícone de áudio (parece um alto-falante com ondas sonoras) e selecione Abrir configurações de som.

Etapa 3: Na seção Entrada da página de configurações, verifique se o microfone escolhido está selecionado.

como corrigir problemas de som no windows 10

Passo 4: Verifique as configurações de volume também, clicando em propriedades do dispositivo. Eles devem ser definidos para pelo menos 50. Recomendo que movimente a barra de volume para ajustes de acordo com as suas necessidades.


♦ Continue verificando suas atualizações

Como acontece com todos os sistemas operacionais modernos, o Windows 10 está constantemente sendo atualizado com novas correções e melhorias.

Observamos que isso ocorre nas versões iniciais da versão de pré-visualização técnica do Windows 10, em que problemas estáticos e outros problemas afetariam os drivers de som, as portas HDMI e outros recursos de áudio.

As pessoas ainda tiveram problemas ao tentar rodar Spotify ou outros aplicativos de música. Uma atualização foi lançada posteriormente, corrigindo esses problemas, mas até então não havia nenhuma correção disponível.

Mesmo que a solução seja frequentemente uma atualização de driver, isso nem sempre acontece imediatamente. Pode levar um pouco de tempo para a atualização certa para o seu driver aparecer, e é por isso que é importante esperar.

Algumas atualizações de drivers são incluídas em atualizações gerais do Windows 10 e algumas estão disponíveis independentemente de criadores, como o Realtek.

Em intervalos, visite o fabricante da sua placa de som e o ícone de atualização do Windows e verifique as atualizações mais recentes se o problema de som ainda não tiver sido resolvido. Se você observar uma nova atualização, esta poderá ser a solução para seus problemas.

Caso contrário, considere a compra de um novo computador com drivers compatíveis – especialmente se a sua máquina atual estiver rapidamente se tornando desatualizada.

Como ativar o Login automático do Windows 10

Muitos usuários de computador preferem fazer login rapidamente no Windows 10 para iniciar uma seção em vez de inserir uma senha de acesso.

Você pode ativar o login automático do Windows 10  usando a opção padrão disponível no sistema operacional. O login automático ignora o processo que solicita a senha da sua conta.

Embora o login automático seja conveniente para a maioria dos usuários, observe que isso diminui a segurança do seu laptop ou desktop, especialmente quando o dispositivo é compartilhado com outras pessoas.

Se você desejar prosseguir e desativar a senha de login para acessar automaticamente o Windows 10, veja o passo a passo de como habilitar essas configurações.


Ativando o Login automático do Windows 10

Passo 1:

Abra o comando executar (Windows+ R) e digite netplwiz e pressione Enter. Isso trará a opção de contas de usuário no Windows.

comando de execução

 


Passo 2:

Na opção da conta de usuário, selecione o nome do usuário para o qual deseja desabilitar a senha de login (caso tenha várias contas).

No topo, você verá uma opção “Usuários devem inserir um nome de usuário e senha para usar este computador“. Desmarque esta opção e clique em aplicar.

Senha do usuário

 


Passo 3:

Na etapa final, você precisa inserir sua senha atual para a conta que deseja ativar o login automático. Clique em OK e isso permitirá o login automático no Windows 10.

Senha

Na próxima vez que você iniciar o Windows 10, não será solicitada a senha dessa conta.

Como criar um ponto de restauração do Windows 7.

Durante a  vida útil de um computador instalamos e removemos programas inúmeras vezes do sistema operacional. Essas alterações podem causar falhas e graves problemas no Windows.

As vezes instalamos um programa e tudo parece correr bem, até que algumas funções começam a apresentar erros e outras nem funcionam mais.

Tudo que queremos nessa hora é não ter instalado tal programa. Mais para isso existe a Restauração do Sistema.

Essa função serve também para tentar solucionar qualquer comportamento anormal que venha ocorrer com o sistema. como falhas inesperadas ou alterações causadas por vírus e etc..

O objetivo da criação do ponto de Restauração de Sistemas é fazer com que o computador memorize todas as configurações que se referem ao funcionamento da máquina.

Desta maneira temos a opção segura de voltar atrás, quando instalamos ou alteramos algo no sistema e que futuramente venha causar danos no seu desempenho.

Siga os seguintes passos para realização do processo. Lembrando que os procedimentos aqui citados se referem ao Windows 7.

Criando o ponto de Restauração do Sistema
1– Clique no botão iniciar e digite Criar um ponto de Restauração na lacuna de pesquisa para localizar a função. Como na Figura abaixo.

2– Selecione a opção “Criar” na barra inferior da janela.

3– Digite um nome para identificar o ponto e evitar enganos posteriores.

4– Clique em Criar e aguarde o término do processo.
Após isso seu primeiro Ponto de Restauração está criado.

Agora o importante é saber também como reverter as configurações anteriores.

 Restaure o Sistema

1Abra novamente o menu iniciar e digite Restauração para encontrar o processo.

2– Caso a Restauração recomendada não seja a que você criou, marque a opção “Escolher outro Ponto de Restauração”.

3– Escolha o ponto de sua preferência e clique em avançar.

4– Salve os seus arquivos que você julgue importante e só depois de ter certeza que tudo está correto clique em concluir para iniciar a Restauração.

Em alguns casos demora vários minutos para o Windows 7 retornar as suas configurações anteriores. Mais na maioria das vezes a tarefa recupera o bom funcionamento do sistema.

Se você gostou deixe um comentário!

Conheça a diferença entre placas On-board e Off-board.

Há algum tempo atrás quando tentava colocar uma placa de vídeo no meu computador, comecei a pesquisar a melhor opção, como ainda era leigo no assunto me deparei com duas difíceis palavras – on-board e off-board, que no caso são os modelos de placas disponíveis.

Depois de todo esse tempo ainda encontro na internet muitas pessoas com a mesma duvida que eu tinha na época.

Visando esclarecer um pouco a diferença entre esse dois conceitos de placas resolvi escrever este pequeno tutorial pra uma breve explicação.


≡ Placa On-Board

Chamamos de placas on-board as que tem a maioria dos seus dispositivos já integrados a placa mãe – (Ex: rede, vídeo, som etc…).

Atualmente esse tipo de placa tem boa qualidade, sendo suficiente para quem não realiza tarefas que exige muito do desempenho do PC – como rodar jogos com gráficos mais exigentes ou edição de videos.

Tem boa performance quando é usada apenas para acessar a internet, assistir videos gravados em seu micro ou visualizar filmes em DVD, além de ser muito mais barato do que uma placa Off- board.

Tem Drives mais estáveis e consomem apenas a memória RAM adequada pra aquele momento. Para quem pretende comprar um computador novo e está em duvida sobre quais desse modelos escolher e ainda pretende prioriza o custo beneficio, o ideal é analisar para que fins usará a sua nova máquina.

Como já foi citado a cima, as placas On-board são suficientes para quem só realiza tarefas cotidianas sem muita exigência de desempenho.


≡ Placa Off-Board

As placas off-board não possuem seus dispositivos integrados a placa mãe, precisando portanto de placas extras com esses dispositivos, que serão instalados nos seus respectivos Slots.

Tem desempenho superiores as placas On-board pois tem sua própria central de processamento e a transferência superior as que rodam na memoria RAM.

São bem mais caras pós além da placa mãe você tem que comprar todas as outras. O desempenho do computador como um todo é visivelmente percebido, principalmente quando usado pra jogos e outras funções que exigem gráficos de melhor qualidade.

Espero que tenham gostado das dicas e se ficou alguma dúvida deixe um comentário para análises futuras!

Melhore o desempenho do seu PC utilizando as ferramentas do Windows 7.

Com o passar do tempo é normal que o computador fique mais lento. Cada vez que você executa uma ação no seu PC, como abrir uma pagina da internet, fazer downloads, instalar e desinstalar programas, sua máquina vai reunindo varias informações, que acumuladas vão deixar o seu micro mais lento.

Por isso é altamente recomendado realizar algumas tarefas que visam melhorar a performance e manter o bom desempenho do PC.

Só utilizando as ferramentas do sistema já é possível dá uma baita melhorada. O Windows 7 por exemplo oferece muitas ferramentas que fazem o seu computador durar mais e mais.

Para deixar seu computador mais rápido bastar seguir este tutorial e você irá notar uma melhora significativa na performance da sua maquina.

1 – Abra o menu INICIAR – “Todos os programas” – “Acessórios” – “Ferramentas do Sistemas”.

Aqui você encontra algumas soluções para realizar uma verdadeira faxina.
Começando pela Limpeza do Disco.

Essa ferramenta serve para reduzir o número de arquivos desnecessários no Disco Rígido (HD), e tornar suas tarefas mais ágeis.

Primeiro escolha a unidade de disco que deseja limpar, em seguida marque as caixinhas com o conteúdo que deseja remover, feito isso clique em OK e depois Excluir Arquivos. No topo da janela a “limpeza de disco” ainda oferece a aba “Mais opções”

Esse guia apresenta duas possibilidades. A primeira é programas e recursos.

Ao clicar em limpar você será direcionado para a pagina acima, nela é possível visualizar todos os programas instalados. Caso perceba algum que não utilize, selecione-o e clique em desinstalar.

Mais só apague o que você conhece é não lhe for mais util. Caso desconheça alguma programa é melhor deixa-lo instalado porque a sua remoção em vez de melhorá pode é causar mais danos na máquina.

Outra opção é remover os pontos de restauração do Sistema.
Ao selecionar essa opção todos os pontos serão apagados, menos o ultimo.

Você pode usar também uma das ferramentas mais poderosas quando se trata de melhorá o desempenho do PC. O ” Desfragmentador de Disco”. A função é reorganizar os dados dentro do seu HD.

Quando o seu conteúdo está fragmentado cria uma maior dificuldade de encontra-los e reunir essas informações, deixando-o mais lento.

Dependendo de quantos arquivos tem na sua máquina, esse procedimento pode demorar alguns minutos ou várias horas, mais você pode continuar usando o computador durante todo o processo.

Outra coisa que pesa no desempenho do sistema é o excesso de programas carregados na memória. Quando instalamos um programa a maioria já vem configurado para iniciar junto como Windows e boa parte deles sem grandes utilidades.

Para carregar apenas os programas que serão uteis pra você como o Antivirus por exemplo. Clique em INICIAR e digite “MSConfig” e clique em pesquisar, depois seleciona a aba “Inicialização de Programas”.

Aparecerá uma lista com todos os softwares que iniciam junto com o sistema, que acarreta naquela demora para inicialização da máquina que tanto nos irrita.

Marque só os que você quer que seja iniciado junto com o sistema em seguida clique OK, e pronto.

Com essas dicas sua máquina ficará “Novinha” em Folha!!

Saiba a hora certa de formatar o seu computador.

Devido ao uso, com o passar do tempo os computadores começam a apresentar alguns problemas, como travamentos, lentidões para abrir os programas, demora pra reiniciar o sistema operacional ou o aparecimento daquela tão incomoda tela azul.

Na maioria das vezes esses problemas podem ser evitados, seguindo alguns procedimentos
simples de prevenção, como a desfragmentação dos discos rígidos (HD), atualizações do antivírus
e a verificação constante do sistema.

As vezes o que leva o sistema ficar inconsistente é a maneira como o usuário lida com ele, instalar e desinstalar programas com frequência, mudando as configurações padrões do sistema é prejudicial, além de visitar sites suspeitos e não atualizar o antivírus podem trazer sérios riscos para seu PC.

Muitos usuários não levam isso a sério e depois sentem na pele as consequências desse desleixo. O ideal é manter todas as atualizações do sistema de forma automática, assim você não precisa se preocupar em atualizar manualmente todos os seus software.

Existem as ferramentas do Windows que realizam essa tarefa, mas existem também alguns programas específicos que executam esses serviços com eficiência, como é o caso do Ccleaner.

Um software bem “leve” que quando executado no seu computador faz uma varredura completa no PC e elimina os arquivos desnecessários e corrigir a maioria dos erros de sistema, e ainda tem outras funcionalidade bem interessantes.

Esses procedimentos “evita” que o sistema acumule restos de arquivos e garante um melhor funcionamento da máquina por mais tempo, sem precisar de imediato “apelar” para a formatação total do sistema.


» Quando a formatação é inevitável?

Por mais que você tenha seguido à “risca” todos os procedimentos  listados acima, ainda assim o seu sistema pode de uma hora pra outra apresentar um erro ” fatal” sendo preciso partir para a formatação.

Declaradamente a formatação é o ultimo recurso a que se deve utilizar, quando realmente não tiver mais soluções para os problemas apresentados.

Lembrando que você deverá partir do zero, e terá um outro sistema operando em sua máquina, a partir de então, o que trás uma certa aflição para alguns.

» Os motivos que mais levam a formatação do sistema.

  1. Vírus
  2. Erros de Inicialização
  3. Travamentos constantes
  4. Lentidão para executar as tarefas
  5. Aparecimento com frequência da tela azul
  6. Quando o PC reinicia sozinho e sem motivo aparente
  7. Quando algum componente do sistema foi corrompido
  8. Quando o computador é ligado e não consegue carregar mais o sistema.

♦ Importante:

Se quiser ter todos os seus arquivos de volta, antes de iniciar a formatação terá que fazer um backup completo dos seus dados, caso contrario perderá todos os seus arquivos.

O verdadeiro custo da espera em frente a computadores lentos.

Toda e qualquer pessoa, em algum momento, já sentiu a agonia e a frustração desta espera. esperaetilities revela quanto tempo se pode perder com isso e como remediá-lo de uma vez por todas.


Infelizmente, a lentidão do arranque do PC ocorre geralmente nos momentos mais inoportunos, principalmente quando se tem mais pressa ou, na clássica situação, no meio de uma apresentação importante.

Muitos começam a clicar compulsivamente o mouse com a intenção de “acordar” o PC de seu sono profundo, mas em vez de conseguir o que se quer, a situação só piora e o que resta é sentar, respirar e esperar pacientemente.

Lei de Murphy? Pode ser. Mas o certo é que este é um dos principais inconvenientes da vida cotidiana.

Um estudo do final do ano passado, publicado pela empresa de armazenamento de dados SanDisk e que tomou como base 8.000 usuários de PC e notebook, revela quanto tempo produtivo é perdido com a demora de programas de carregamento lento e outras frustrações.

A surpreendente verdade é que as pessoas gastam cerca de cinco dias ao ano esperando em frente da tela de um computador lento. Isto é uma grande quantidade de tempo produtivo jogado no lixo.

Por isso, não é de se estranhar que, de acordo com a investigação, os computadores lentos são agora uma das sete experiências mais estressantes da vida moderna.

O mesmo estudo revelou também que um 20% das pessoas descarregaram esta frustração destruindo seu computador ou atirando-o contra a parede.

Como obviamente não é recomendável partir o computador em pedaços, aqui estão três ações que qualquer usuário pode colocar em prática para melhorar o rendimento e recuperar o tempo


1. Liberar espaço no disco

Basta dar uma rápida fuçada no PC para comprovar a existência de arquivos e programas antigos e desnecessários que podem estar ocupando espaço no HD.

Os computadores não rendem ao máximo se estão cheios até a “boca”, deste modo o usuário deveria liberar um pouco de pressão tirando arquivos que já não se necessitam.

Se não há arquivos que possa eliminar, o mais recomendável seria o usuário conseguir um pouco de espaço adicional, seja em um HD externo ou na nuvem, para armazenar arquivos de forma segura e ao mesmo tempo melhorar o rendimento do seu PC.


2. Uma limpeza adequada

Outra maneira fácil de devolver o computador a ótimas condições seria com um bom esvaziamento de arquivos de sistema desnecessários.

O programa TuneUp Uilities 2014 possui ferramentas de limpeza profunda que ajudam a localizar estes arquivos desnecessários, como arquivos de registro ocultos, entradas de registro obsoletas ou despejos de falhas do sistema. A limpeza de todo este lixo tecnológico ajudará o PC a estar como novo outra vez.


3. Tomar o controle do sistema

Grande parte da potência de processamento dos computadores costuma ser desperdiçada por programas não utilizados com frequência que se executam em segundo plano.

Por exemplo, uma imagem de Photoshop pode demorar mais em abrir-se se o Skype, Chrome e Spotify estão trabalhando no fundo.

Para ajudar a controlar quais programas iniciam automaticamente quando o PC arranca, o melhor seria usar uma ferramenta de gestão de programas de início.

Ao minimizar o número de programas que constantemente se executam em segundo plano, boa parte do caminho de conseguir um computador em pleno rendimento estará percorrido.

A boa noticia é que TuneUp Utilities 2014 é capaz de ajudar a conseguir os três pontos anteriores (e mais) com um potente conjunto de funções como:

  • Disk Space explorer: Ajuda a encontrar arquivos não desejados.
  • Duplicate Finder: Ajuda a encontrar e eliminar duplicados de arquivos.
  • Otimização em Tempo Real: Ajuda o sistema a priorizar os programas e recursos utilizados
  • Limpeza Automática: Ajuda a manter o computador limpo e organizado.
  • Process Manager: Ajuda a manter o controle sobre quais programas executar.
  • Relatório de otimização: Ajuda a entender o estado de funcionamento do PC.

Para deixar de esperar e começar a recuperar os cinco dias de prejuízo, TuneUp Utilities 2014 conta com uma versão de teste gratuita durante 15 dias com todas as funcionalidades do programa.

Para mais informações sobre o TuneUp Utilities, visite >>>> www.tuneup-software.com.br

Como instalar o Instagram no seu aparelho com sistema Android

Instagram é um dos aplicativo mais famoso da atualidade para editar fotos tiradas na hora e publicar em redes sociais.

O Instagram esta disponível para varias plataformas inclusive na Google Play da gigante da internet Google para usuários que utilizam o sistema operacional Android.

∇ Confira abaixo um pouco sobre o que é o aplicativo, e como instalar o mesmo. 


» Instagram no Android… O que é o Instagram?

O Instagram é um aplicativo que foi desenvolvido primeiramente apenas para o sistema iOS, presente em telefones móveis da Apple, os iPhones.

Posteriormente o aplicativo foi desenvolvido também para o sistemas operacional Android, tal esse que gerou muito mais usuários, já que atualmente o sistema Android é líder em mercado, ultrapassando o concorrente desenvolvido pela Apple, o iOs.

O aplicativo serve para oferecer aos seus usuários efeitos para serem adicionados às fotos logo que são tiradas ou até mesmo em fotos que estejam já no aparelho celular, esses efeito e chamado de filtro dentro do aplicativo.

Através destes filtros e efeitos é possível deixar a imagem com uma nova aparência e transformá-la até mesmo em qualidade profissional.

Logo após isso, o próprio aplicativo lhe oferece as opções de compartilhamento com redes sociais onde após realizar o upload é possível visualizar as fotos publicadas nos sites, como facebook, teitter e etc.


» Como instalar o Instagram no Android?

Para instalar o aplicativo Instagram no Android é muito simples. Primeiramente conecte seu aparelho a internet, seja ela através da operadora ou através de um roteador.

Lembrando que através de roteadores o download do aplicativo poderá ser mais rápido.  Assim que conectar a internet, acesse o Google Play (antigo Android Market) e procure pelo aplicativo do Instragram no Android Market através do campo de busca.

Para então achá-lo de maneira mais prática e rápida (para isso é necessário realizar o login de sua conta Gmail ou uma conta Google). Assim que encontrar o aplicativo realize o download e assim que baixar será instalado automaticamente.


» Configurando e Criando uma conta no Instagram

Para configurar o aplicativo do Instagram no Android é simples. Acesse-o e logo em seguida será solicitado que crie uma conta ou realize o login.

Para fazer uma conta no instagram basta utilizar um endereço de e-mail ou informe uma senha, mas se preferir ainda existe a opção de utilizar sua conta existente do facebook para criar uma nova conta, utilizando essa opção o seu perfil já sai integrado com o seu facebook, sendo possível assim compartilhar as suas fotos além da timeline do Instagram a do Facebook.

Lembrando que os Likes (Curtidas no facebook) e o Gostos (Curtidas no Instagram) não se somam por causa dessa simples integração, a mesma apenas facilita o upload das fotos com os filtros aplicados pelo aplicativo em ambas redes sociais.

Agora basta entrar no aplicativo normalmente, tirar a foto, escolher o filtro desejado e compartilhar sua imagem através das redes sociais.

Se por algum motivo precisar deletar seu perfil da rede social, siga este passo a passo de como excluir o Instagram e apague seu perfil juntamente com suas fotos do aplicativo, lembrando que esse processo e irreversível e então tenha certeza do que você está fazendo e se e isso mesmo que quer.