Hardware Negócios

Saiba qual gerador usar em seu evento.

Descubra por que a falta de energia elétrica pode destruir um dia planejado para ser especial. Um Gerador de energia pode ser a solução.


Depois de dizer o sim mais importante da sua vida em frente às pessoas que mais ama, a noiva segue com seu marido para a recepção do seu próprio casamento. Chegando lá, cumprimenta a todos e sobe ao palco para um discurso.

Eis que, para a surpresa de todos, ao ligar o microfone para dizer boa noite aos convidados, as luzes apagam, caixas de som emudecem e cochichos tomam conta do salão. Ou seja, mesmo fazendo uma agradável noite estrelada lá fora, todos são surpreendidos por uma queda no fornecimento de energia da concessionária.

Os convidados mais resilientes acendem as respectivas lanternas de seus aparelhos de celular e começam a tatear de mesa em mesa em busca de quitutes.

Alguns tratam de se levantar a caminho do estacionamento, afinal, nunca se sabe quanto tempo essas interrupções duram. Alugar um gerador de energia é a única solução para fugir desse tipo de cenário e a seguir você entende mais sobre esse assunto.

Por que alugar gerador para o seu evento?

Gerador de energia para grandes eventos
Gerador de energia para grandes eventos

Nos dias de hoje, a ausência de energia elétrica pode transformar o evento mais importante da vida de alguém, como um casamento, em uma lembrança terrível. Afinal, se não estivermos falando de um luau na beira da praia, não dá para imaginar um evento sem a presença da energia elétrica.

Atualmente, a única – e mais eficaz – forma de evitar que a interrupção no fornecimento de energia arruíne toda a experiência, é por meio da contratação de geradores de energia temporária. Alugar gerador de energia garante fornecimento ininterrupto para eventos pequenos, como uma festa de aniversário, e grandes eventos, como festivais de música.

Estima-se que o custo do aluguel de geradores seja preencha de 5 a 10% do valor total da festa, mas o benefício que isso traz realmente não tem preço. Afinal, ainda no exemplo do casamento, não existe dinheiro no mundo que pague o sucesso de um evento que costuma marcar para sempre a vida das pessoas envolvidas.

Como escolher o gerador ideal?

Até agora o casamento foi o exemplo mais citado, mas existem outros tipos de eventos em que o peso dos imprevistos podem ter um grande impacto negativo aos envolvidos. Eventos corporativos são outro bom exemplo.

Já imaginou como fica a imagem de uma marca na cabeça de seus clientes em potencial, se no meio de um grande evento de lançamento de produto, a energia acaba? É possível que os convidados saiam com a impressão de que a empresa não tem muito cuidado com detalhes. Ou, ainda, pensem que a empresa não faz questão de receber bem as pessoas.

É possível citar várias outros exemplos, mas a essa altura você certamente já entendeu a mensagem. As quedas de energia em eventos podem arruinar a imagem de pessoas e marcas, destruir as lembranças de um dia planejado para ser especial e, ainda, queimar boas estratégias de divulgação.

Agora, veja como escolher o gerador ideal para o seu próximo evento e fique longe de imprevistos como esses.

Festas de casamento, formaturas e aniversários de pequeno porte

Eventos menores como festas de aniversário e casamentos, com pouca necessidade de iluminação e sonorização simples costumam demandar uma potência energética reduzida. Um gerador de 55 kVA a 100 kVA geralmente dá conta do recado.

Contudo, é importante destacar que essa é só uma média, pois, no fim, tudo depende do número de equipamentos ligados à alimentação e também da autonomia necessária.

Eventos empresariais e festas de médio porte

Gerador de Energia para eventos empresariais e festa de médio porte.
Gerador de Energia para eventos empresariais e festa de médio porte.

Se estivermos falando de eventos maiores, como um evento empresarial, uma grande apresentação ou até uma festa para até 300 convidados, o cenário muda.

Considerando que na estrutura do evento há iluminação e som mais robustos, de médio porte, um gerador de 180kVA pode atender melhor às necessidades.

Shows e outros eventos de grande porte

No caso de eventos maiores, com mais de 300 convidados, e grandes estruturas de iluminação, climatização, sonorização, recomenda-se um gerador mais potente, que segure bem a demanda em caso de interrupção de energia. Nesse caso, um gerador com potência superior a 300 kVA.

Como é feito o cálculo para descobrir qual é o gerador ideal?

Em alguns dos exemplos citados foi mencionado o número de convidados. Contudo, apesar de essa ser uma forma de tentar calcular a demanda energética de um evento, ela é pouco exata.

A contagem do número de equipamentos presentes no evento é a maneira mais precisa de descobrir qual é o gerador ideal para cada necessidade. E isso deve ser feito por um profissional especializado.

Somente alguém que possui experiência no mercado e trabalha com a locação de geradores pode fazer o correto dimensionamento. Por isso, conte sempre com uma empresa séria e conceituada para esse tipo de contratação.

Alguma dúvida sobre o uso de geradores em eventos? Agora que você já sabe o quanto esse tipo de equipamento é importante, lembre-se que alugar geradores é um item a ser incluso no planejamento.

Como o avanço da tecnologia mantém a tendência dos eventos corporativos.

Se você deseja proporcionar aos seus convidados momentos de experiências memoráveis nos eventos, aposte nas soluções que o mercado da tecnologia interativa oferece para sua empresa.


Os eventos corporativos estão cada vez mais presentes no planejamento estratégico das empresas. Seja para promover momentos de descontração entre funcionários, comemorar a meta alcançada ou lançar um novo produto, sua realização está diretamente relacionada aos avanços tecnológicos.

Por esse motivo, organizar esse tipo de atividade é uma tarefa que envolve responsabilidade e conhecimento das tendências que encontram na inovação uma grande aliada.

Se você faz parte de uma empresa que está apostando em promover experiências únicas aos participantes, confira as dicas que vamos compartilhar.

Estratégias de visibilidade e crescimento no mercado

Apostar na tecnologia e conhecer os recursos de equipamentos de última geração é um desafio enfrentado por incorporações que desejam criar espaços inovadores de interação.

Para promover um evento de sucesso, é necessário entender os objetivos da empresa e as expectativas dos participantes. Dados fornecidos pela EventMB revelam que 81% das empresas estão preocupadas em achar ideias eficazes para que os convidados se sintam acolhidos e sejam capazes de absorver as informações com maior êxito.

Diante desse cenário, empresas de tecnologia e entretenimento têm lançado no mercado soluções eficazes para serem aplicadas em situações interativas e proveitosas no contexto das reuniões e outras atividades.

Crowd Streaming

Crowd Streaming, transmissão ao vivo de eventos

Esse é um ótimo recurso para gerar a interação entre os participantes e permite que os participantes publiquem nas redes sociais suas experiências vividas em tempo real.

Para otimizar essa comunicação, invista em atrativos visuais que geram a necessidade de compartilhamento. Promova o uso de hashtags e crie ações, como premiação para quem publicar e obter o maior número de curtidas, por exemplo.

Após o evento, reúna as imagens postadas e faça vídeos dos melhores momentos do evento que foram postados pelos participantes.

Ferramentas de realidade virtual

As tarefas interativas são sempre as melhores formas de manter os convidados ativos. Nesse contexto, a realidade virtual permite que os usuários adentrem em mundos novos por meio de jogos ou aplicativos.

Você pode disponibilizar tablets, totens ou robôs display para divulgar informações sobre a programação. Os óculos de realidade virtual são exemplos dessa tecnologia e podem ser usados para passeios imersivos, por exemplo.

O uso de recursos de realidade aumentada faz com que os convidados se deparem com objetos e cenas do mundo palpável. Ao mesmo tempo em que estão imersos no mundo virtual, eles podem ver e ouvir elementos do mundo real.

Beacons

O que é Beacons

Os beacons são dispositivos que usam a geolocalização para localizar os participantes por meio de emissão de sinais via Bluetooth. Essa tecnologia pode ser explorada a partir de aplicativos ou crachás tecnológicos.

Esse recurso também possibilita a disponibilização da programação do evento, envio de promoções ou resumos das atividades realizadas durante o dia.

Os wearables são exemplos de beacons. Exemplos desses equipamentos são as soluções digitais vestíveis, como relógios e pulseiras, que podem ser conectados à internet e sincronizados com outros, como notebooks, smatphones e tablets.

Painéis luminosos

Painéis Luminosos para eventos

Esses recursos substituem os antigos banners que eram feitos em lona. Com a nova tecnologia, os painéis apresentam iluminação uniforme e impressão em alta resolução, proporcionando assim maior qualidade aos elementos visuais do evento. 

O grande diferencial é que o material permite que acessórios possam ser acoplados a ele, como televisores, prateleiras ou outros objetos.

Totens

Totens para o seu evento

Os totens são um excelente recurso para a criação de quizz interativo. Além disso, podem ser utilizados para a divulgação de acontecimentos importantes do evento, criação de jogos ou transmissões simultâneas.

Eles também podem ser usados como entretenimento em espaços de descanso. Seu uso garante que todos aproveite a programação da melhor forma. Suas várias funcionalidades proporcionam diferentes experiências aos usuários.

Drones 

Drones para filmar eventos

Essa tecnologia de captação de imagens está cada vez mais popular e acessível. Nos eventos, os drones podem ser usados para fazer registros visuais, criar uma rede de transmissão ao vivo e gravar imagens a partir de perspectivas diferentes.

Hologramas

Hologramas para eventos

Esse recurso tecnológico, que antes fazia parte apenas do universo da ficção científica, diz respeito às imagens tridimensionais transmitidas a partir da captação audiovisual de pessoas.

projeção holográfica garante a interação com alguém que não esteja no espaço físico do evento. Os hologramas são capazes de despertar o fascínio e promover o interesse de um grande número de participantes.



Valor agregado e sucesso do evento 


A partir dos exemplos compartilhados nesse artigo, somos capazes de notar que a experiência de imersão em contextos interativos cria uma atmosfera positiva e digna de ser lembrada pelos participantes.

Os valores por trás de cada tecnologia aplicada abrem caminhos que conduzem até os resultados em curto e médio prazo impecáveis.

As novidades de inovação tecnológica não param de surpreender e encantar aqueles que dedicam seu trabalho para fornecer aos participantes um ambiente de eventos corporativos.

Cidades pequenas e franquias digitais: qual a ideal para investir?

Cidades pequenas passam despercebidas por empreendedores, mas não deveriam. Franquias de delivery invadem o interior do Brasil e se tornam uma verdadeira fonte de renda extra.


mercado de franquias movimentou cerca de 163,3 bilhões em 2017, e de lá para cá este número só vem aumentando. No entanto, ter uma franquia no Brasil ainda é muito cara e, em sua maioria, são inviáveis em cidades com menos de 100 mil habitantes.  

Uma franquia do Mc Donalds ou Outback por exemplo, custa cerca de milhões de reais e só funciona em grandes centros urbanos. Em paralelo, franquias digitais de baixo custo estão crescendo cada vez mais e tomando o mercado no interior.  

Entre as vantagens oferecidas por este modelo de franquia estão o baixo risco financeiro, facilidade na gestão por meio de ferramentas online, baixa concorrência e a não necessidade de um ponto físico para operar, com nenhum custo fixo.  

Neste segmento, uma das franquias digitais que mais crescem no Brasil é o aiqfome, maior plataforma de delivery online do interior do país, que busca novos licenciados para atingir a meta de 250 cidades em operação até o final do ano.  

Qual franquia escolher - Mc Donalds ou Outback?

O aplicativo já está presente em mais de 130 cidades, com cerca de 6 mil restaurantes cadastrados em 14 estados, realizando mais de 350 mil pedidos mensais. 

A empresa, nascida no interior do Paraná, segue a linha das gigantes estrangeiras Grubhub e Delivery Hero – que faturam bilhões por ano e são cotadas na bolsa de valores – e quer abocanhar uma fatia maior do mercado, chegando onde os grandes ainda não conseguiram se firmar: os municípios de 30 a 300 mil habitantes.  

Apps de delivery online são a salvação para pessoas que estão cansadas demais para sair e que não possuem tempo ou querem apenas experimentar algo diferente.  

Pelo app os usuários conseguem obter cardápios completos e descrições que não conseguiriam por telefone, principalmente se os estabelecimentos estivessem com linhas ocupadas ou sem tempo para atender as ligações.

O público focado nesse recurso é jovem, com idade entre 18 e 34 anos e vive conectado à internet.  

Nova sede do aiqfome em Maringá, PR.

Nova sede do aiqfome em Maringá, PR. Espaço para atender a demanda de cerca de 120 cidades em operação em 14 estados do Brasil. 


# Modelo de Negócio  

O modelo de negócio oferecido pela empresa é diferenciado, por meio do licenciamento exclusivo do app por cidade.

Ao comprar a licença, o empreendedor fica responsável pela captação de restaurantes, gerenciamento financeiro e marketing local, e o aiqfome com o suporte ao cliente, tecnologia e marketing online.

Uma divisão de tarefas que permite ao empreendedor ter retorno rápido no negócio com apenas 20 horas semanais de dedicação.  

 Além disso, os restaurantes não pagam taxas mensais para se cadastrarem na plataforma, os ganhos vêm do percentual cobrado em cima de cada pedido realizado via app, que é dividido entre o aiqfome e o parceiro local. 

Para quem investiu, o retorno vem rápido. O licenciado do aiqfome de Sobral, no Ceará, Bruno Vaz conta sua experiência: “Possuo licenciamento há mais de um ano e obtive um ótimo retorno financeiro.

Sem contar que expandi meus negócios e tive conhecimento em delivery, empreendedorismo e franquias, além de perceber o quanto o mundo digital está dominando o mercado. Já adquiri mais 12 praças após o sucesso de Sobral e abrirei ainda mais”.  

A meta do aiqfome é estar em todas as cidades do Brasil com mais de 30 mil e menos de 300 mil habitantes, oferecendo a melhor experiência em compra online no mercado brasileiro, com a promessa de ser a melhor ferramenta para aumentar as vendas dos restaurantes parceiros. 

# App melhor avaliado do segmento  

A questão da experiência do usuário é levada muito a sério, sendo um dos diferenciais da empresa. No aplicativo (disponível para Android para iOS) ou no site.

Quem quer pedir comida pode escolher entre diversos restaurantes, saber os horários de atendimento e endereço, além de ter acesso às avaliações feitas por outros clientes.

Mas a combinação da linguagem utilizada para se comunicar com o público até a apresentação do serviço construído pelos designer, programadores e equipe de marketing, contribuem para a fidelização dos fominhas.

O aiqfome é o aplicativo de delivery online melhor avaliado tanto entre usuários da Google Play (4,8 estrelas) quanto da Apple Store (4.9 estrelas), classificações estas superiores aos gigantes do mercado. 

Há muito potencial de crescimento neste segmento, o que motiva o aiqfome a continuar conquistando mais cidades. “Nosso maior concorrente não está entre as outras plataformas de delivery: o telefone.

Mas isso vem mudando rapidamente e, nos Estados Unidos, em apenas cinco anos, o delivery online já superou a quantidade de pedidos feitos de maneira tradicional”, afirma o CEO do aiqfome, Igor Remigio.  

# Como investir no licenciamento?  

O investimento para conseguir o licenciamento varia conforme o porte da cidade: a partir de R$ 20 mil para municípios com até 80 mil habitantes. “Como nossa missão é o crescimento rápido, nossa taxa de licenciamento é extremamente baixa e acessível.

É um modelo de negócio que não tem limites e há interessados até mesmo em cidades menores, com 30 mil habitantes”, destaca Igor. 

Para saber mais sobre o valor do investimento e detalhes do negócio, acesse o plano de negócios completo da empresa.   

# O aiqfome 

A plataforma nasceu em 2007 depois que a fundadora, Steph Gomides, decidiu criar uma solução para algo que detestava fazer: ligar para pedir comida.

A ideia era se livrar de linhas ocupadas, atendentes desagradáveis e a demora no atendimento, além de ter disponível todas as opções do cardápio sem perguntar por telefone.  

Inspirada em um site de delivery americano, ela decidiu implementar o conceito no Brasil contratando, junto ao marido e CEO da empresa, Igor Remigio, um desenvolvedor web.

“O aiqfome era inovador para seu tempo, então demorou a deslanchar. Para se ter uma ideia, o principal nome do mercado de delivery do Brasil foi fundado em 2011”, conta.

Mas com a mudança de hábitos trazida pela tecnologia, a empresa conseguiu um crescimento exponencial nos últimos três anos e, atualmente conta com uma base superior a 400 mil usuários cadastrados , conhecidos e apelidados pela empresa de fominhas.  

Conheça mais sobre os bastidores do aiqfome e as dificuldades em administrar umas das startups que mais crescem no Brasil assistindo a Websérie: Construindo uma startup.