Dicas Software

Como gravar a tela do seu computador – Mac e Windows.


Como gravar facilmente a tela do seu laptop com aplicativos que você já possui.

Você pode ser um jogador no YouTube ou apenas tentar filmar seu projeto mais recente. Se você já precisou gravar algo na tela do computador, pode ter tido momentos em que pensou: “Gostaria que houvesse uma maneira de gravar isso!”

Enquanto muitos computadores vêm com microfones e webcams, eles nem sempre têm opções para gravar facilmente o monitor do computador ou do telefone em tempo real – ou seja, a menos que você saiba onde encontrá-los.

Veja como gravar a tela do computador através de métodos que funcionam melhor para a sua situação, se você deseja gravar usando um programa gratuito que você já possui ou através de um aplicativo cheio de recursos de nível profissional.


Como gravar sua tela no Windows


Se você preferir não baixar nenhum software adicional, há uma boa chance de que alguns dos aplicativos existentes já possam gravar sua tela, mesmo que esse não seja o objetivo principal. Aqui estão vários aplicativos aos quais você provavelmente tem acesso agora e como eles podem gravar para você.


Como gravar sua tela no PowerPoint


Não sabia que você poderia gravar sua tela com o PowerPoint? É verdade – as versões mais recentes do PowerPoint incluem esse recurso. Veja como fazê-lo, passo a passo:

Etapa 1: Vá para a  guia Inserir e selecione Gravação de tela .

Etapa 2: Clique em Selecionar área  para escolher a área específica da sua tela que você deseja gravar. Se você quer gravar a tela inteira, pressione a tecla Windows + Shift + F .

Etapa 3: clique no  botão Gravar ou pressione a tecla Windows + Shift + R.

Etapa 4 : você pode selecionar Pausar para pausar o vídeo quando quiser e Parar  para finalizá-lo e salvar quando estiver pronto.

Quando terminar, você pode salvar o vídeo como um arquivo separado para acessar ou incorporar como achar melhor. As opções de edição e controle são muito limitadas depois disso, mas é uma ótima opção para gravação rápida e simples – especialmente se você estiver fazendo isso para uma apresentação urgente. 

E não ignore as ferramentas de aprimoramento de vídeo que o PowerPoint oferece, como alterar a forma do vídeo, adicionar uma borda e adicionar efeitos como sombras, brilho e muito mais.


Como gravar sua tela usando o YouTube Live Streaming.



Se você não deseja gastar muito tempo gravando, mas ainda deseja um vídeo para o seu canal do YouTube ou qualquer outra plataforma de mídia social compatível, o YouTube pode ajudar.

Etapa 1: faça login na sua conta como faria normalmente, usando o navegador Chrome do Google. Clique no ícone da sua conta e selecione YouTube Studio (beta) .

Etapa 2: escolha Eventos ao vivo em Outros recursos e escolha  Ativar transmissão ao vivo, se necessário (se você ainda não criou seu canal no YouTube, isso iniciará o processo). Em seguida, selecione Novo evento ao vivo .

Transmissão rápida e personalizada do YouTube
Gravar tela do seu computador

Etapa 3: preencha as informações necessárias e escolha Rápida ou Personalizada para o tipo de vídeo que você deseja. Personalizado permite escolher mais opções de codificação para sua gravação, enquanto o Quick abre imediatamente uma janela de streaming. 

Observe que o Quick atualmente usa o Google Hangouts On Air para iniciar, mas como o Google está desativando o Hangouts, essa opção pode mudar no futuro. 

Quando estiver pronto para começar, clique em Go Live Now e selecione o botão verde de compartilhamento de tela no canto superior esquerdo.

Etapa 4: selecione Parar a transmissão  ao terminar e salve o seu evento como desejar.


Aplicativos offline para Gravar tela do seu computador.


Se você deseja uma experiência de gravação aprimorada a partir de um aplicativo projetado especificamente para clipes mais profissionais – e orientados a jogos – sua melhor opção é fazer o download de um dos aplicativos abaixo.

OBS Studio (grátis)

gravar tela do computador

Um dos mais avançados aplicativos de gravação de tela disponíveis gratuitamente, o OBS Studio é totalmente de código aberto e permite gravação ilimitada em tela cheia sem marcas d’água. 

Ele possui funções de streaming integradas para quem deseja ter uma audiência ao vivo durante a gravação e possui excelente suporte de hardware, portanto, a gravação a 60 FPS é perfeitamente viável.

É mais completo do que alguns aplicativos freemium e pode demorar um pouco mais para configurar suas preferências pessoais por causa disso. No entanto, ainda é o melhor dos aplicativos gratuitos de gravação de tela disponíveis hoje.


Snagit (US $ 50 ou mais)

gravar tela do seu computador
Gravar tela do seu computador

O Snagit foi projetado mais para startups do que para gamers, com uma tonelada de recursos de gravação feitos para exibir produtos e criar seus próprios vídeos de marketing, recursos de instruções, vlogs etc. 

Se você está planejando um vídeo elaborado que inclui vários tipos de vídeo e vários gráficos, além de gravação de tela, o Snagit é uma ótima opção para necessidades mais simples. Custa US $ 50, mas se você não se importa em pagar pelo privilégio, os recursos adicionais valem a pena.


Como gravar sua tela em um Mac


Gravador de tela MacOS

gravar tela do seu computador

Incluído na atualização do MacOS Mojave, há um recurso que permite gravar vídeos da tela e tirar capturas de tela com a ferramenta de captura de tela do MacOS.

Etapa 1: pressione Command + Shift + 5 para abrir a barra de ferramentas da captura de tela.

Etapa 2: decida se você deseja gravar sua tela inteira ou apenas uma parte dela e clique no botão respectivo. Se você escolher a ultima opção, será necessário selecionar onde deseja gravar, caso contrário, a gravação começará imediatamente.

Etapa 3: Quando você tiver gravado tudo o que deseja, clique no botão Parar para interromper a gravação.

Etapa 4: como parte desta versão do MacOS, quando uma captura de tela ou gravação é feita, elas aparecem como uma miniatura no canto inferior direito da tela. Clique nele e escolha um local para salvar.


QuickTime Player

Se você estiver executando uma versão mais antiga do MacOS, sempre poderá usar o QuickTime Player para a gravação básica da tela (além da gravação de áudio). 

As gravações do QuickTime não são fáceis de editar na postagem, mas se você deseja um método de gravação rápido e fácil no MacOS, é um dos mais simples.

Etapa 1: inicie o QuickTime.

Etapa 2: Selecione Arquivo e escolha Nova gravação de tela.

Etapa 3:  para decidir se os cliques e sons do mouse aparecem ou não na sua gravação, clique na pequena seta branca e selecione as opções apropriadas no menu suspenso. Esse menu também permite que você decida qual câmera usar se tiver várias opções de câmera.

Etapa 4: quando estiver pronto, clique no botão vermelho de gravação.

Etapa 5: você precisará selecionar o que deseja gravar. Para gravar a tela inteira, clique uma vez em qualquer lugar. Para gravar apenas uma parte dela, clique e arraste uma caixa e clique em Iniciar gravação.

Etapa 6: quando terminar, navegue até a barra de menus e clique no botão Parar gravação, designado pelo símbolo quadrado. Como alternativa, se você tiver um, toque no símbolo apropriado na sua Touch Bar.

Etapa 7: Para salvar sua gravação, clique em Arquivo, em Salvar e escolha um local e nome de gravação adequados para a gravação.


Gostou das dicas? Informe nos comentários se você utiliza algum outro software para gravação de tela.

Fonte: Digital Trends

Como converter vídeos para qualquer formato com WonderFox HD Video Converter Factory pro.

É algo que muitos de nós fazemos com relativa frequência – converter vídeos de um formato para outro

Existem algumas ferramentas para isso, mas quando precisamos ter um aplicativo que faz o trabalho com precisão, obtendo grandes resultados, é melhor usar o HD Video Converter Factory pro.

É um programa que oferece tudo o que você precisa para converter vídeos em alta resolução.


CARACTERÍSTICAS


Converter vídeos para qualquer formato.
Converter vídeos para qualquer formato.

Entre as características que distinguem esta aplicação, destacam-se o seguinte:

1. suporte a codificação de hardware (inter QSV, Nvidia NVENC). Até 30x mais rápido.

2. sustentação até o vídeo de 720p HD para a exportação, sustentação até o vídeo de 8K HD para a importação.

Formatos de vídeo suportados: H264, MKV, MP4, AVI, MTS, M2TS, FLV, SWF, HTML5, MPEG4, Webm, Tod, VOB e muito mais.

3. Converta virtualmente qualquer formato de áudio e extraia faixas sonoras de um filme ou vídeo.

4. Baixe o vídeo de mais de 300 sites, incluindo vídeos do YouTube em HD. Suporte 8K, 4K, 1080p,720p downloads, 480p, etc.

5. built-in editor de vídeo e jogador.

6. além de algumas ferramentas de uso, tais como: ringtone, GIF Maker, Subtitle Extractor e muito mais.

Para usar é só selecionar a fonte e o destino das mídias, adicionar a extensão que você pretende transformar e clicar em “Run” para começar o processo.

A saída de conteúdo de alta resolução (High Definition — HD) para material convencional conta com o novidades, como os encoders H265 (HVEC) e V9 e o caminho contrário SD (padrão, ou Standard Definition — SD) para HD e aceita HD MP4, HD MKV, HD AVI, HD MTS, HT TRP e até 4K.


RESUMO


Converter vídeos com WonderFox HD-Video Converter Factory
Converter vídeos com WonderFox HD-Video Converter Factory

PROS: WonderFox HD Video Converter Factory Pro ajuda cada usuário a resolver problemas de compatibilidade de formato para até 300 dispositivos. 

Assegura que a qualidade original é mantida mantendo o tamanho do arquivo de vídeo de saída para baixo com uma taxa de compactação máxima de 80%.

CONTRA: o sistema deste software não pode ser alterado. Apenas para Windows.

CONCLUSÃO: Em suma, este software é superior devido à sua velocidade, conveniência e opções de conversão completa. Então, o que você está esperando? WonderFox HD Video Converter Factory pro merece ser testado.

Presentes Tecnológicos para o dia dos namorados.

O Dia dos Namorados está chegando e selecionamos várias opções de presentes geek para surpreender o seu parceiro. A lista inclui desde experiências em realidade virtual até um notebook gamer de alta performance.

Sugestões de presentes para o Dia dos Namorados:


Experiência em realidade virtual – Voyager

O centro de entretenimento em realidade virtual (VR) Voyager é uma ótima dica de presente para a(o) namorada(o) com uma experiência imersiva, divertida e inovadora.

Casais de qualquer faixa etária (a partir de 10 anos) podem se divertir com conteúdos imersivos de vários estilos – como narrativas, simuladores, jogos single-player e muti-player – e preços que variam de R$15,90 a R$69,90.

Na unidade do Morumbi Town Shopping, os visitantes têm à disposição experiências cooperativas de VR misturadas com a dinâmica de escape room baseadas nos universos dos famosos jogos Assassin’s Creed: Origins e Assassin’s Creed: Odyssey, ambientados no Egito Antigo e na Grécia Antiga, respectivamente.

Esses desafios têm duração aproximada de 45 minutos, podem ser jogados por 2 ou 4 pessoas por sessão e custam R$59,90, de segunda a quinta, e R$69,90, de sexta a domingo.

Na mesma unidade do Voyager, os visitantes também podem experimentar o jogo multiplayer em estilo arcade Space Junkies, um shooter multiplayer competitivo para 2, 3 ou 4 pessoas, que tem sessões curtas de 2 ou 4 partidas e custam, respectivamente R$19,90 (de segunda a quinta)/R$29,90 (de sexta a domingo) e R$34,90 (de segunda a quinta)/R$44,90 (de sexta a domingo).

Já na unidade do Shopping JK Iguatemi, são mais de 20 experiências variadas e o visitante pode escolher e testar as preferidas, já que o custo é por tempo e não por atração. O catálogo inclui experiências com música, de luta, tiros, ação, ficção científica, contemplação e até terror.

Entre elas, o badalado Beat SaberBelief e Pixel Ripped 1989. De segunda a quinta, a experiência de 15 minutos custa R$15,90, a de 30 minutos R$34,90 e a de uma hora R$59,90, e aos finais de semana o valor para 30 minutos é de R$39,90 e de 1 hora éR$69,90.


Pendrive – DataTraveler 50 (DT50) (Kingston)

Os pendrives DataTraveler 50 (DT50) são ideais para armazenar lembranças de momentos do casal e outros arquivos importantes de uma forma simples e rápida.

Compacto e sem tampa, o DT50 é está disponível em cinco capacidades de armazenamento, que variam de 8GB a 128GB. O DT50 é compatível com portas USB 3.1, que transferem com mais rapidez arquivos variados, como fotos, vídeos e músicas, e também pode ser utilizado com portas USB de tecnologias inferiores.

Preços sugeridos: R$28,12 (8GB), R$47,76 (16GB), R$52,82 (32GB) e R$70,47 (64GB).

*A versão de 128GB tem preço sugerido de R$161.


Cartão de memória – Canvas Select (Kingston)

Ideal para guardar todos os momentos do casal, o cartão de memória Canvas Select de 32GB da Kingston filma em HD e captura imagens em alta resolução, tanto com câmeras automáticas quanto com smartphones.

O modelo é classe 10 com velocidades de leitura de até 80 MB e pode ser usado no formato micro SD e SD com adaptador que acompanha o produto. Preço sugerido: R$41


Card game – Planeswalker Deck: A Guerra da Centelha (Magic: The Gatering)

Casais nerds certamente vão adorar ganhar um deck da nova coleção de Magic: The Gatering, o mais tradicional trading card game do mundo. O deck de Planeswalker do personagem Jace Beleren, da coleção A Guerra da Centelha, vem com 60 cards nas cores azul e verde, sendo um deles metalizado do próprio Jace, exclusivo desse produto.

Quem preferir dar uma turbinada no presente, ainda pode adquirir o deck de Planeswalker de Gideon Jura, nas cores branco e preto. Preço sugerido: R$69,90


Jogo – Far Cry: New Dawn (Ubisoft)

Uma imagem contendo cabine, texto Descrição gerada automaticamente

Um mundo colorido e perigoso. Este é o pano de fundo de Far Cry: New Dawn, o mais recente jogo da série Far Cry, da Ubisoft. Como é tradicional na franquia, os vilões são destaque, e nesse jogo o papel cabe às gêmeas Mickey e Lou. Far Cry: New Dawn segue os eventos de Far Cry 5 e é diversão garantida para quem gosta de jogar ao seu ritmo, explorando um belo mapa e derrotando inimigos.

O game de tiro em primeira pessoa é ambientado em um cenário pós-apocalíptico com cores vibrantes, está 100% em português e disponível em mídia física para Xbox One e PlayStation 4, por R$179,90. Em versão digital para os mesmos consoles, custa R$149,99, e para PC, por R$129,99.


Jogo – The Division 2 (Ubisoft)

presentes tecnologia - dias dos namorados

Tom Clancy’s The Division 2, da Ubisoft, é um jogo que mistura tiro, elementos de RPG e partidas em modo cooperativo. O game se passa em Washington, D.C. sete meses após um vírus mortal ter sido despejado em Nova Iorque (cenário do primeiro game da série).

Em meio às consequências da tragédia, os gamers encontrarão áreas urbanas inundadas, locais históricos e pontos turísticos devastados e, ao mesmo tempo, um mundo aberto e dinâmico com ampla variedade de ambientes e biomas.

Na pele de agentes veteranos da Divisão, os jogadores são a última esperança contra um iminente e completo domínio da sociedade por facções inimigas que competem pelo controle da cidade. Se Washington D.C. não for recuperada, o país inteiro cairá. 

O game está 100% em português e disponível em mídia física para Xbox One e PlayStation 4, por R$199,90. Em versão digital para os mesmos consoles, custa R$199,90, e para PC, porR$159,99.


Mouse – Razer Deathadder Essential (Razer)

Uma imagem contendo rato Descrição gerada automaticamente

Para namoradas e namorados gamers que dividem o tempo entre o trabalho e momentos de lazer, o mouse Deathadder Essential oferece o equilíbrio ideal.

O design ergonômico (para destros), com empunhaduras laterais texturizadas de borracha, garante conforto durante muitas horas, tanto no escritório quanto em longas maratonas de jogos.

O mouse da Razer vem com sensor óptico 6400dpi de 4G e cinco botões de resposta rápida com programação independente para uma verdadeira vantagem competitiva em games multiplayer. Preço sugerido:R$379.


Teclado – Razer Cynosa Chroma (Razer)

O Cynosa Chroma, da Razer, tem todos os recursos essenciais de um teclado de alta performance para gamers, além de um sistema de retroiluminação totalmente customizável, que permite, inclusive, alterar a iluminação individual de cada tecla com mais de 16,8 milhões opções de cores.

O Cynosa Chroma tem 104 teclas com toque macio para melhor desempenho em jogos, estrutura durável e resistente a derramamento de líquidos, e função anti-ghosting. Preço sugerido: R$395.


Card game – Booster Box: A Guerra da Centelha (Magic: The Gatering)

Para namoradas e namorados fãs de Magic: The Gathering, um Booster Box da nova coleção “Guerra da Centelha” com certeza será um presente inesquecível.

O kit vem com 36 boosters (“pacotinhos”) de 15 cards e, ao contrário dos decks prontos de Planeswalker, este item é ideal para aprimorar coleções de decks personalizados.

O Booster Box vem com 540 cards e também pode ser utilizado para campeonatos com vários participantes, como os do tipo Selado, em que os jogadores montam seus decks com cards escolhidos na hora. Preço sugerido: R$540,90


Smartphone – Positivo Twist 2 Pro (Positivo)

presentes tecnologia - dias dos namorados

Recém lançado, o Positivo Twist 2 Pro foi projetado para quem está sempre conectado e utiliza o smartphone para registrar momentos do dia a dia, armazenar dados e assistir aos filmes e séries preferidos.

Sua tela IPS de 5,7’’ HD+ tem cores mais vivas e raio de visão de até 180° sem escurecimento, além de formato 18:9 e tela Full View, que se adapta às escalas de filmagem das grandes produções mundiais.

As câmeras frontal e traseira têm 8 MP, Flash LED, quatro lentes na câmera traseira com filtro infravermelho e sensor autofoco, que garante maior precisão e nitidez na hora de fotografar ou filmar. Tem ainda 1GB de memória RAM e sistema operacional Android Oreo 8.1 Go Edition.

Em relação ao armazenamento, há muito espaço para instalar aplicativos e armazenar fotos, vídeos e músicas, devido à memória total do aparelho, que pode chegar a 96GB se somar o espaço do MicroSD (64GB) com a capacidade interna (32GB).

O Positivo Twist 2 Pro está disponível nas cores preto, dourado e aurora. Preço sugerido: R$649.


Headset – Razer Kraken 7.1 V2 (Razer)

presentes tecnologia - dias dos namorados

Kraken 7.1 V2 é um headset confortável e com excelente qualidade sonora. Conta com drivers de áudio de 50mm com ajuste personalizado para balanceamento e comunicação dentro do jogo, além de tecnologia surround que aumenta a noção de localização auditiva, auxiliando na identificação dos inimigos durante uma partida.

Além disso, tem um microfone retrátil com cancelamento de ruído ativo que garante comunicação cristalina com os amigos. Preço sugerido: R$745.


Microfone – HyperX Quadcast (HyperX)

O HyperX Quadcast é um microfone de alta qualidade sonora que foi desenvolvido para facilitar e turbinar as gravações e transmissões de streamers, casters, podcasters e influenciadores digitais, tanto profissionais quanto casuais.

Capaz de capturar som nítido e cristalino, o Quadcast vem com pop filter que reduz ruídos do ambiente, suporte shock mount anti-vibração para amortecer sons percussivos, função tap to mute, que permite ao usuário ativar o modo ‘mudo’ a partir de um simples toque, além de indicador de LED que mostra se o microfone está ativo.

O Quadcast conta ainda com quatro padrões polares selecionáveis (estéreo, omnidirecional, cardioide e bidirecional), um prático controle de ganho de áudio para ajuste rápido da sensibilidade do microfone, suporte de tamanho ajustável e entrada integrada para fone de ouvido. Preço sugerido: R$899,90


Headset – HyperX Cloud Mix (HyperX)

presentes tecnologia - dias dos namorados

Ideal para jogar, ouvir música ou conversar com os amigos, o Cloud Mix é um headset versátil, que pode ser utilizado com ou sem fio. No modo wireless, tem autonomia de bateria de 20 horas e o controle de mídia é feito no próprio headset.

Ao ser utilizado com fio, o Cloud Mix oferece áudio com tecnologia Hi-Res (áudio de alta definição) e frequência de resposta de 10Hz a 40.000Hz.

O headset também conta com drivers de 40mm com duas câmaras sonoras em cada concha auricular (tecnologia Dual Chambers, exclusiva da HyperX) e cabo trançado com botões de mídia in-line e microfone boom removíveis. Preço sugerido: R$1.299,90


Notebook – Positivo Motion C 41TA (Positivo)

presentes tecnologia - dias dos namorados

O Positivo Motion C 41TA tem como diferencial o processador Intel Dual-Core, ideal para usuários que precisam de um notebook para desempenhar as tarefas básicas com rapidez e eficiência e não querem investir muito.

Como os demais modelos da linha Motion Serie C, tem tela LCD de 14” ultrafina com bordas narrow frames e teclado com teclas individuais. Vem com tecla Netflix, que viabiliza acesso ao provedor em apenas um toque, 4GB de memória RAM, HD de 1TB, conexões Wifi e Bluetooth. Preço sugerido: R$ 1.669.


Notebook – Y500 (2.A.M)

O Notebook 2.A.M. Y500 é uma ótima opção para quem quer surpreender com um presente inesquecível e, de quebra, pagar bem menos por ele. O notebook está à venda no site da 2A.M. com 23% de desconto, tem a assinatura do streamer e jogador profissional Felipe ‘YoDa’ Noronha e roda perfeitamente alguns dos jogos de eSports mais famosos da atualidade, como League of Legends, Fortnite e CS:GO.

Possui placa de vídeo NVIDIA®GeForce® GTX 1050 GPU (4GB GDDR5) e processador Intel® CoreTMi5-8300H (2.30 GHz, 8 MB Cache, QuadCore) para gráficos incríveis sem travamento, 8GB de RAM e rede sem fio Intel Wireless-AC. Na promoção, o 2.A.M. Y500 custa R$3.599,10.

Netflix x Hulu: Qual serviço de streaming você deve escolher?


Decidir qual serviço de streaming é ideal para você pode ser difícil. Obviamente, se você quiser assistir a tudo, você tem que se inscrever em tudo. Se você está com orçamento apertado no entanto, você precisará fazer algumas escolhas difíceis.

O Amazon Prime é o lar de alguns dramas originais que valem a pena e vem com outros benefícios não relacionados a vídeos. Serviços especializados, como a variedade comercial focada no terror. O Disney Plus ainda não saiu, mas se você é fã da Marvel, Star Wars ou Pixar, vai ser obrigado a aderir.

No entanto, se você puder pagar apenas um serviço de streaming, escolha entre os dois maiores jogadores: Netflix Hulu. Ambos os serviços têm conteúdo suficiente para mantê-lo ocupado por anos, mas existem algumas diferenças importantes entre os dois. 

Para uma experiência de visualização completa, é muito provável que você deseje as duas coisas, mas se tiver que escolher, estamos aqui para ajudá-lo a encontrar o serviço que melhor se adapta aos seus hábitos de streaming e não vai quebrar seu orçamento.

CONTEÚDO

Conteúdo Streaming - Netlix x Hulu
Conteúdo – Netflix x Hulu

Um serviço de streaming não vale nada se você não gosta dos filmes e programas de televisão que são ofertados, então o seu maior desafio será descobrir se o Netflix ou o Hulu tem mais vídeos que você está interessado.

Em termos de quantidade, a Netflix leva o Hulu “a nocaute” (e virtualmente todo mundo). É o que acontece quando você gasta cerca de US $ 13 bilhões por ano em conteúdo. Como resultado, o Netflix hospeda alguns dos melhores filmes e temporadas completas de muitos dos programas de televisão mais populares de todos os tempos, que vão de Friends a Breaking Bad. 

A programação original da Netflix também inclui toneladas de grandes shows e filmes, desde o drama indicado ao Oscar de Alfonso Cuaron, Roma , até Stranger Things , The Haunting de Hill House e inúmeros outros.

Por outro lado, enquanto o Hulu tem uma série de grandes filmes em oferta, seu maior atrativo é o conteúdo de televisão atualizado. Normalmente, o Netflix só recebe os episódios mais recentes de um programa de televisão de três meses a um ano após o término de toda a temporada. 

Por outro lado, redes e canais a cabo como NBC, FOX, ABC e outros colocaram novos episódios de muitos dos seus conteúdos no Hulu no dia seguinte ao de seus shows.

O Hulu também tem obtido grandes ganhos em conteúdo original, graças a projetos aclamados pela crítica como The Handmaid’s Tale , PEN15 e o próximo revival de Verônica Mars, embora não seja nada comparado ao Netflix.

Há também o fator Disney a considerar, agora que a compra dos ativos da Fox pela Disney está completa. Enquanto a Netflix é sua própria empresa, a Disney possui 60% do Hulu (a Comcast / NBC possui outros 30%, enquanto a AT & T controlou os 10% restantes até muito recentemente). 

Isso, além da Disney Plus, vai mudar as coisas dramaticamente no futuro próximo, já que a Disney parece estar planejando impulsionar o Hulu de uma maneira muito grande.

Enquanto você pode encontrar propriedades da Disney como Star Wars: The Last Jedi e Avengers: Infinity War na Netflix no momento, a Disney está em processo de remover seu conteúdo da gigante de streaming e publicará no Disney Plus (supostamente, a divisão entre a Netflix e a Disney é o motivo pelo qual a popular série Marvel, da Netflix, que incluía Daredevil e Jessica Jones, não foi renovada  por mais temporadas).

O Hulu também terá alguns desses conteúdos da Disney e da Fox: segundo relatos, filmes como Deadpool e as comédias animadas de adultos da Marvel , que não se enquadram no mandato da família Disney Plus, serão transferidos para o Hulu. 

A Netflix tem material original de alto perfil suficiente para resistir ao desmembramento sem muitos problemas, mas é importante manter as próximas mudanças em mente, especialmente se você é fã das propriedades que a Disney possui – o que, hoje em dia, parece quase tudo. 

Finalmente, o Hulu também oferece um serviço de TV ao vivo que você pode adicionar ao seu serviço on-demand, embora isso possa lhe custar mais caro.

PREÇO

Comparar preços Netflix-Hulu

Aqui é onde as coisas ficam complicadas. Tanto o Netflix quanto o Hulu estão disponíveis em vários pontos de preço diferentes, e o quanto você vai gastar em cada um deles depende de uma combinação de recursos, qualidade de imagem e som, e se você está ou não disposto a aceitar anúncios.

Por US $ 9, você pode obter uma assinatura “Básica” do Netflix que é executada em definição padrão e permite transmitir vídeo para um dispositivo. 

O plano Standard de US $ 13 atualiza seu stream para HD (se estiver disponível para o filme ou programa que você está assistindo) e permite usar dois dispositivos ao mesmo tempo. No preço de US $ 16, você obterá a resolução 4K Ultra HD e quatro transmissões simultâneas. 

Os planos de envio de DVDs custam um extra de US $ 5 a US $ 12 por mês, dependendo do plano. Enquanto isso, a assinatura básica do Hulu custa apenas US $ 6 por mês, mas isso vem com anúncios que são exibidos durante intervalos comerciais dos programas.

Se você quiser assistir o Hulu sem anúncios, você precisará pagar o dobro, mas se você puder pagar, o nível mais alto é o caminho a percorrer. O Hulu parece estar adicionando mais anúncios com o passar do tempo, e os anúncios individuais estão vinculados a programas específicos.

Se você estiver assistindo a um determinado programa, verá os mesmos anúncios várias vezes, o que é uma maneira muito fácil de arruinar sua experiência de visualização.

O serviço de TV ao vivo do Hulu acrescenta um extra de $ 39 às suas taxas de assinatura em troca de acesso a 60 ou mais canais. Você também pode aumentar o Hulu Live TV com extras, embora eles custem ainda mais. 

Por exemplo, o serviço “Enhanced Cloud DVR” do Hulu, que permite avançar nos comerciais e lhe dá mais espaço de armazenamento virtual, custa US $ 10 por mês, a capacidade de transmitir o Hulu Live TV em um número ilimitado de dispositivos (o padrão é apenas dois) custará mais US $ 10, uma assinatura opcional da HBO custa US $ 15 e assim por diante.

DISPOSITIVOS SUPORTADOS

Dispositivos suportados – Netflix – Hulu

Aqui está a boa notícia: se você tiver um smartphone, um tablet, uma caixa de streaming, um console de videogame ou um computador doméstico, será possível assistir ao Netflix e ao Hulu sem problemas. 

Ambos os serviços são extremamente populares, o que significa que são suportados por quase todos os dispositivos de reprodução de vídeo. 

Provavelmente vale a pena verificar a lista de compatibilidade de cada serviço antes de se inscrever (aqui está o Netflix, e aqui está o Hulu ), mas a menos que seu hardware seja extremamente antigo ou fenomenalmente obscuro, provavelmente você está compatível.

QUALIDADE DE SOM E IMAGEM

Qualidade de som e imagem – Netflix-Hulu

Se você é um entusiasta de audiófilos ou home theater, a Netflix é a grande vencedora, embora você pague mais pelos fluxos de alta qualidade. Embora a assinatura básica da Netflix seja apenas de definição padrão, seu plano de US $ 13 oferece fluxos em HD, enquanto a assinatura de US $ 16 oferece qualidade 4K. 

A Netflix também oferece trilhas sonoras Dolby Atmos para alguns de seus conteúdos, além das ofertas de som surround 7.1 e 5.1. Por outro lado, o Hulu transmite em HD em todos os níveis de assinatura, mas atualmente não oferece resoluções de 4K.

A programação do Hulu só transmite com som estéreo também, então se você quiser mostrar sua configuração sofisticada de home theater , pule o Hulu. Simplesmente não fará o trabalho.

RECURSOS DE INTERFACE E ACESSIBILIDADE

Recurso de Interface e Acessibilidade – Netflix – Hulu

Tanto o Netflix quanto o Hulu estão ótimos e são fáceis de usar, e se você usou um aplicativo de smartphone moderno, nenhum deverá causar muitos problemas. 

O mecanismo de recomendação da Netflix pode ser uma ótima maneira de encontrar coisas novas para assistir (embora pareça favorecer o conteúdo original da Netflix), enquanto a interface do Hulu é simples e rápida.

O serviço ajuda a consolidar todos os seus vários canais em um único pacote. Se você confiar em legendas, a Netflix tem uma ligeira vantagem: em 2014, a empresa anunciou que todo o seu conteúdo teria closed-caption. 

A Netflix também tem controles de pais mais robustos, incluindo a opção de bloquear certos perfis de qualquer conteúdo com uma classificação mais severa e precisa. Se você está preocupado com o que seus filhos estão assistindo, o Netflix é a opção mais segura.

CONCLUSÃO

Se você é um cinéfilo ou está procurando por exclusividades, a Netflix é sua melhor aposta. Não apenas as opções de resolução 4K e som surround proporcionam uma experiência de visualização mais imersiva, mas o conteúdo original da Netflix também é uma das mais comentadas da programação. Se você não é assinante da Netflix, está perdendo.

Se, por outro lado, a transmissão de TV for o seu principal problema, o Hulu pode ser uma opção melhor. Você poderá assistir a muitos de seus programas favoritos apenas um dia ou dois depois que eles forem ao ar, o que significa que eles não serão estragados antes que eles acessem o Netflix, enquanto o Hulu Plus Live TV oferece uma opção para aqueles que estão cansados ​​de lidar com cabo. 

Graças à fusão da Disney-Fox, o Hulu também estará melhorando muito em breve, por isso, mesmo que você opte pela Netflix, você pode querer considerar trocar ou adicionar serviços quando souber um pouco mais sobre como as próximas mudanças vão transformar esse cenário.

Em última análise, o Hulu e o Netflix estão no topo da cena de streaming por um motivo: ambos estão cheios de conteúdo excelente e qualquer um lhe dará mais do que o suficiente para assistir. 

Se você realmente gosta de seu entretenimento, assine os dois. Se você não pode pagar por isso, então veja o que eles oferecem e faça sua escolha de acordo com as suas necessidades.

Fonte: Digital Trends

Como escolher o melhor detetive particular?

Escolher um bom detetive particular é uma tarefa que requer bastante atenção e cuidado, pois muitas são as opções de profissionais no mercado. Porém, nem todos têm a experiência e profissionalismo necessários para atender a demanda do cliente.

Quando se busca um detetive particular, detalhes específicos
e privados da vida serão expostos,  por
isso a escolha de um bom profissional se faz mais do que necessária, para assim
garantir o total compromisso e confidencialidade na investigação.

Dicas para a escolha do detetive particular

Algumas dicas são dadas pelos
próprios detetives particulares para quem busca esse tipo de serviço e não quer
errar na escolha.

  • Pesquise pelo detetive particular em vários meios como internet, indicação de
    conhecidos e outras fontes;
  • Ao entrar em contato por telefone nunca fale
    nada sobre o serviço que precisa, pois nesse momento você ainda não conhece o
    profissional;
  • Vá pessoalmente ao escritório do detetive particular ou à empresa de
    investigação particular. É muito importante que o atendimento seja feito num
    espaço físico que traga a certeza de que o profissional atua mesmo lá;
  • Na primeira conversa busque informações sobre a
    experiência profissional do detetive
    particular
    e tire todas as suas dúvidas sobre o tipo de trabalho que ele
    oferece;
  • Peça para olhar o tipo de contrato que será
    assinado entre vocês. Caso o detetive
    particular
    não faça uso de contrato,  a dica é não utilizar o serviço do mesmo;
  • Pergunte se o detetive particular entrega um relatório final com as provas e
    conclusões. Ele é muito importante.
  • Pergunte qual valor seria cobrado para o serviço
    de investigação que você precisa. Preço não deve ser o item a ser mais levado
    em conta, mas é uma maneira de comparar os profissionais escolhidos;
  • Somente conte os detalhes do serviço que busca
    depois de escolhido o detetive
    particular.
Detetive particular

Estar atento a todas essas dicas é o que garante contratar um bom serviço de investigação particular com resultados precisos e satisfatórios.  Alguns desses itens devem ser observados com ainda mais atenção como é o caso do relatório final da investigação e o contrato.

No contrato firmado entre detetive particular e cliente devem conter, além das informações das partes, o valor que será cobrado pelo serviço, valores adicionais e quando serão cobrados, tempo mínimo e máximo para realização da investigação, equipamentos de investigação e técnicas que serão utilizadas, como e quando o relatório final será entregue, cláusula de sigilo, além de outras informações que as partes julgarem necessárias.

No relatório que é entregue ao cliente ao final da
investigação particular estarão todas as provas coletadas pela investigação nas
suas mais diversas formas (fotos, gravações, transcrições) e as observações do detetive particular sobre a
investigação. É importante que na entrega do relatório o cliente tire todas as
suas dúvidas sobre o mesmo.

Muitas são as preocupações, mas não se atentar a máxima
quantidade de detalhes ao contratar um detetive
particular
pode trazer problemas como:

  • Não ter o serviço realizado após o pagamento do
    mesmo;
  • Ter sua vida particular exposta;
  • Sofrer algum tipo de chantagem;
  • Receber informações incompletas ou falsas.

Se você busca um detetive
particular,
siga essas dicas e com certeza conseguirá buscar as informações
que precisa da melhor forma.

Entenda a Importância do SEO Para Seu E-commerce.


No mercado de hoje, o consumidor digital está condicionado a fazer pesquisas entre diversos ecommerce antes de realizar sua compra, buscando pelo melhor preço, condições de pagamento, prazo de entrega e atendimento diferenciado.

Para que seu público-alvo possa encontrar seu e-commerce de forma orgânica, ou seja, não através de anúncios pagos e direcionados, mas sim pelas pesquisas em ferramentas como o Google, por exemplo, é necessário que você otimize diversos aspectos de sua loja online.

Para isso, vamos ajudá-lo a entender melhor o que é e a importância do SEO para seu ecommerce.

O que é SEO?

O termo SEO é uma sigla em inglês para Search Engine Optimization, que pode ser traduzido como otimização para mecanismos de busca.

Ele envolve um grande conjunto de práticas que visam melhorar o posicionamento de seu e-commerce em pesquisas orgânicas, fazendo com que o seu produto apareça acima de outros concorrentes.

Como o SEO afeta seu ecommerce

De acordo com uma pesquisa da Protofuse, 90% dos usuários do Google apenas abrem links na primeira página de resultados. A partir deste número, fica fácil identificar como o SEO afeta seu e-commerce.

É verdade que anúncios pagos podem ser direcionados para usuários que possuem o perfil de seu público alvo, especialmente nas redes sociais.

Porém, através de uma estratégia de SEO, você também poderá impactar sua presença online, destacando-se entre os concorrentes e aumentando o fluxo de visitas orgânicas em sua página.

# 5 Dicas para melhorar o SEO de seu ecommerce

Agora que você entende melhor a importância do SEO para seu Ecommerce, está na hora de conhecer alguns dos principais parâmetros que são considerados pelos mecanismos de busca na hora de ranquear sua página nas pesquisas.

1. Hospedagem e segurança

SEO-Dispositivos conectados na Nuvem
Escolher Plano Internet e Telefonia para Empresas

Hoje, é muito importante que seu e-commerce tenha um domínio hospedado em um servidor de segurança, protegido e certificado com protocolo HTTPS. Este é um tópico ou pouco técnico, mas nada difícil de se compreender.

A sigla HTTPS se refere a Hyper Text Protocol Secure, virtualmente todas as páginas que você navega contém em sua URL seu protocolo, sendo ele ou http, ou https. O “s”, vem de segurança, indicando que os dados inseridos naquele domínio serão criptografados por dois tipos de protocolos: SSL (Secure Sockets Layer), ou TLS (Transport Layer Security).

Especialmente para um e-commerce, onde clientes normalmente realizam cadastro, inserem senhas, telefone, endereços e até mesmo informações para pagamento, como dados de seus cartões de crédito, oferecer este tipo de segurança é absolutamente necessário.

Além disso, os navegadores modernos fazem questão de avisar aos usuários que páginas sem o protocolo https não são seguras, informando que deveriam evitá-las e tomar cuidado ao inserir dados.

E claro, este fator também afeta seu posicionamento nos mecanismos de busca. O Google se preocupa com a segurança de seus usuários e dá prioridade à domínios seguros quando ranqueando os resultados das pesquisas orgânicas.

2. Seja inteiramente compatível com dispositivos móveis

Segurança na hora de comprar ou contratar um serviço pelo celular

De acordo com dados da Statista, mais de 52% do tráfego online já ocorre através de dispositivos móveis, como smartphones e tablets e, além disso, uma pesquisa do Mundo do Marketing afirma que, em 2018, ecommerce especializados em móveis, multicategorias e moda realizaram 46,7%, 42,39% e 37,41% de suas vendas pelo mobile.

A partir destes dados, podemos afirmar com segurança que apresentar uma página inteiramente compatível com dispositivos móveis é crucial para o sucesso de qualquer ecommerce.

E sim, o Google também considera isso ao oferecer resultados para seus usuários, especialmente àqueles fazendo pesquisas através de seus smartphones.

Portanto, certificar-se que seu e-commerce está pronto para atender essa enorme parcela de clientes mobile afeta não apenas suas vendas, mas também seu posicionamento.

3. Velocidade de carregamento

Computador carregando o sistema

Entender como a velocidade de carregamento de sua loja online é importante não é nem um pouco difícil. Coloque-se no lugar de seus visitantes e imagine qual é a reação mais provável quando uma página demora muito para carregar no navegador.

Tanto para mobile quanto para usuários em computadores e notebooks, sua página deve carregar rapidamente. Afinal, além de querer aparecer na primeira página do Google, você também não gostaria de perder visitantes para concorrentes que possuem páginas otimizadas.

Este é um fator de peso considerado pelos mecanismos de busca e resolvido por estratégias de SEO para seu e-commerce, que envolvem: comprimir imagens para diminuir seu tamanho, utilizar um design responsivo para sua página e hospedá-la em um serviço dedicado (não compartilhado) que garante velocidade, por exemplo.

4. Retenha clientes por mais tempo

Vendas crescendo na loja virtual

Aumentar o tempo de permanência em seu e-commerce também afeta o ranqueamento nos mecanismos de busca. Páginas que prendem usuários por mais tempo tendem a se sair melhor nas pesquisas orgânicas.

Para isso, uma excelente dica é configurar pop-ups com ofertas especiais, cupons de desconto e até mesmo promoções antes do cliente sair da página. Isso pode ser feito através de uma solução de chat online, especialmente na página de produto, utilizando os convites proativos enviados por chatbots.

Dessa forma, poderá aumentar o senso de urgência do cliente e chamá-lo para o chat, onde seus agentes terão a oportunidade de percorrê-lo através de seu funil de vendas.

5. Produza conteúdo relevante para seu público alvo

Múltiplas escolha: Excelente, Muito Bom, Bom, Regular, Ruim, SEO

Outra dica que pode ajudar a melhorar o SEO para seu ecommerce é investir na produção de conteúdo para sua loja virtual, como um blog, por exemplo.

Nele, você poderá produzir artigos e publicar vídeos relevantes para seu público alvo, ajudando a educar o mercado e chamando atenção para os benefícios de seus produtos ou serviços.

A produção de conteúdo faz com que os mecanismos de busca entendam que sua página é ativa e, ao trabalhar com temas variados, você aumenta as chances de receber visitas orgânicas de pessoas curiosas em seu trabalho.

Existem diversas ferramentas que podem ajudá-lo a entregar conteúdo para seus visitantes e clientes, até mesmo as avaliações de seus clientes na página de cada produto ajudam neste sentido.

# Conclusão

Agora você entende melhor a importância do SEO para seu ecommerce e como ele pode ajudá-lo a receber mais visitas, consequentemente aumentando suas chances de conversão e melhorando a visibilidade e presença online de sua marca.

E claro, com o aumento de visitas em sua página, você deve estar preparado para oferecer atendimento em tempo real, de forma que possa captar os novos visitantes e transformá-los em clientes.

Para isso, experimente gratuitamente o JivoChat em sua página, ele oferece um chat online com convites proativos e diversas ferramentas para ajudá-lo a fidelizar clientes e vender mais!

Dicas de automação para o seu estacionamento.

A administração e gerenciamento de estacionamento estão cada vez mais profissionais, o que faz com que as empresas dessa área precisem investir em inovação e qualidade para que se mantenham competitivas e rentáveis.

Entre as soluções usadas nesse segmento que proporcionam diversas melhorias ao empresário, está a automação dos processos. A seguir saiba do que se trata essa tecnologia e como ela pode ser implementada no seu estacionamento.

# O que é automação de estacionamentos?

A automação de um estacionamento consiste no investimento em softwares e hardwares que permitam a realização automática de processos do local, reduzindo a interferência humana nas práticas realizadas.

A automação permite integrar diferentes áreas de maneira que o controle torne-se centralizado e automático. Por exemplo, em vez de um funcionário ser responsável pela liberação da cancela, esse processo é realizado por um terminal automático após a inserção do cartão que foi quitado no guichê.

Outro controle que passa a ser possível é o de vagas disponíveis, sendo que o sistema faz a contabilização exata do número de carros estacionados no momento e atualiza essa informação em tempo real, de forma que o gestor sempre saiba quantas vagas estão ocupadas.

Esses são apenas alguns exemplos de tecnologias disponíveis para automação do estacionamento, sendo essencial que o gestor avalie quais são mais interessantes para o negócio de acordo com o estudo das particularidades do local, como movimentação, tempo médio de permanência.

# Como automatizar o estacionamento?

Existem diferentes formas de investir na automação do estacionamento,sendo que, independente do modelo escolhido, é importante que o gesto tenha consciência de que o acompanhamento das novas tecnologias e recursos deve ser uma estratégia permanente para que se mantenha a competitividade do estacionamento.

# Investimento próprio

Automação de Estacionamento

A primeira estratégia para automatizar o estacionamento é investir diretamente nas soluções, realizando a avaliação das tecnologias disponíveis e contratando uma prestadora de serviço que disponibilize esse software.

Nesse modelo o empresário deve fazer os investimentos necessários no espaço, como sinalização, equipamentos exigidos e infraestrutura para funcionamento da solução. Além disso, é preciso investir na capacitação e treinamento dos colaboradores, para que eles saibam como funciona a operação do sistema.

Dessa forma, o empresário deve acompanhar as novidades para atualizar as estratégias caso novas soluções sejam disponibilizadas no mercado.

# Terceirização do negócio

Terceirizar serviços de Estacionamento.

Outra opção para implementar a automação dos sistemas de um estacionamento é optando pela terceirização do negócio, no qual a administração e gerenciamento do local é cedida para uma empresa parceira responsável pelas estratégias que serão adotadas, incluindo a automação.

Nesses casos, a adequação e estruturação do estacionamento para atender às exigências do novo modelo, o treinamento da equipe para atuar com a solução e o investimento em novos recursos passam a ser responsabilidade da empresa terceirizada.

° Como isso ajuda na melhoria do faturamento?

O benefício da automação no faturamento do estacionamento é possível devido uma série de mudanças que são possibilitadas com essa solução,como:

  • Redução das fraudes no pagamento e tempo de permanência no estacionamento;
  • Maior satisfação do cliente,com praticidade que motiva a maior permanência;
  • Redução da mão de obra necessária para operacionalização do negócio;
  • Maior eficiência nos processos e decisões mais acertadas na administração e gerência.

A soma dessas vantagens possíveis com a automação do estacionamento resulta em um negócio mais lucrativo, sendo que esse aumento do faturamento pode ser revertido em estratégias que permitam aprimorar ainda mais os resultados.

Como proteger com senha um arquivo do Excel.

As planilhas do Excel geralmente são aquivos confidenciais e precisam de uma proteção extra. Veja como criar uma senha e proteger o seu documento.

Se você usa um computador, provavelmente tem alguns documentos do Microsoft Excel no seu Mac ou PC que você não gostaria que outras pessoas encontrassem e lessem.

Afinal, o Excel é usado por consumidores regulares, empresas, instituições governamentais e milhões de pessoas em todo o mundo. 

Se você está criando gráficos, convertendo PDFs ou apenas inserindo linhas e mais linhas de dados, aqui está a melhor maneira de manter essas informações seguras, é aprender como proteger por senha um arquivo do Excel.

# Criando e Adicionando senha

Tela do Excel - Criptografar com senha

Etapa 1:  no Excel, abra o documento que você deseja proteger com uma senha.

Etapa 2: clique em “Arquivo” e, em seguida, em “Informações”.

Passo 3:  Em seguida, clique no botão “Proteger Pasta de Trabalho”. No menu suspenso, selecione “Criptografar com senha”.

Etapa 4: o Excel solicitará que você digite uma senha. Escolha uma que seja complicada e única e anote-o no seu gerenciador de senhas.

É fundamental que você se lembre disso, ou tenha acesso a uma cópia dela em um local seguro, pois se você esquecer, você perderá o acesso ao arquivo do Excel e a recuperação será muito difícil.

De agora em diante, sempre que você tentar abrir o arquivo, o Excel solicitará que você insira sua senha recém-criada.

Nota: Esta senha protege apenas esse documento individual, não todos os documentos do Excel no seu PC. 

Se você quiser que todos os arquivos do Excel tenham proteção semelhante, será necessário proteger por senha cada arquivo individualmente ou observar proteções mais avançadas.

Se você quiser ver se um arquivo do Excel tem proteção por senha ou não, verifique a guia “Informações” do documento e examine a seção “Proteger pasta de trabalho”. Ele dirá se uma senha é necessária para abrir aquele arquivo ou não.

Agora que você protegeu por senha seus arquivos mais importantes, pode valer a pena considerar a inclusão de camadas extras de segurança em seu sistema. 

A maneira mais fácil de proteger um grande número de arquivos é criptografá-los. Felizmente, os programas de criptografia não são difíceis de encontrar. 

Usuários do Windows 10 Professional têm um utilitário de criptografia embutido, chamado Bitlocker , mas se você quiser baixar uma versão gratuita com muitas opções de personalização para muitos tipos de dados, você pode experimentar os downloads de código aberto do Crypto Expert 8 ou VeraCrypt .

# Outras opções de Segurança

O Excel também permite aplicar mais opções de segurança personalizadas ao seu arquivo, se necessário. 

É importante saber o que essas outras opções fazem, para que você possa criar a segurança correta para o seu projeto. Em “Proteger Documento”, você terá vários recursos adicionais, que podem ser úteis:

Marcar como Final : Isso marcará o arquivo como concluído, o que permite que outras pessoas saibam que não devem fazer alterações. Isso não protege o arquivo por trás de uma senha, por isso não oferece segurança.

Proteger Planilha atual : Protege a planilha atualmente selecionada com uma senha para que as pessoas não possam fazer nenhuma alteração. 

É uma opção útil se houver apenas uma planilha na pasta de trabalho que você deseja proteger, e você não se importa se as pessoas puderem ver as informações – você simplesmente não quer que elas mexam com nada. 

Você notará que há também uma opção para fazer isso com a “Estrutura da pasta de trabalho”, que protege os dados da pasta de trabalho contra alterações, a menos que as pessoas tenham a senha.

Restringir acesso : o acesso restrito é uma opção interessante usada por organizações em que a TI criou modelos de segurança que basicamente bloqueiam arquivos do Excel somente para determinadas pessoas ou classificações. 

É útil em organizações maiores, onde algumas pessoas devem poder acessar o arquivo, mas nem todo mundo.

Adicionar uma Assinatura Digital : Isso simplesmente verifica o arquivo como a versão real, o que é útil ao enviá-lo para outras pessoas ou organizações e ao garantir que ele não tenha sido alterado. Também ajuda os arquivos a serem espionados quando você os envia digitalmente.

Dicas para vender mais no comércio online durante a Black Friday.

A Black Friday é uma grande oportunidade para os varejistas, principalmente no e-commerce. Em 2017 a data rendeu R$ 2,1 bilhões para o varejo eletrônico, uma alta de 10,3% em comparação aos R$ 1,9 bilhão registrados no mesmo período de 2016.

O período de compras tem se fortalecido cada vez mais no Brasil, despertando o interesse de diversos setores como bancos, escolas de cursos, restaurantes, entre outros, que decidiram incorporar a data a seus calendários e fazer ofertas para conseguir pegar uma fatia do lucro.

O varejo online é o mais procurado pelos consumidores durante a data. Portanto, as lojas devem estar preparadas para receber uma enxurrada de visitas, especialmente realizadas via smartphone (46% do total, segundo levantamento da Salesforce).

Para estes varejistas, o desafio é ser relevante em meio às tantas ofertas e atingir os consumidores ávidos por promoções de forma certeira.

Para isso, é importante entender que o consumidor busca uma experiência personalizada e isso abrange o conteúdo e interações em seus canais de comunicação, como e-mail e redes sociais – o Instagram, por exemplo, deve gerar 51% mais tráfego para o e-commerce do que no mesmo período de 2017.

Não existe uma fórmula secreta para obter sucesso durante a Black Friday, mas é importante traçar uma estratégia prévia e executá-la bem para conseguir uma boa margem de conversão de vendas. Temos algumas dicas:


≡ Página sempre online e sem travar

Alguns varejistas têm sites desktops e aplicativos muito bons, mas não possuem sites voltados para o mobile. Mas de acordo com o levantamento da Salesforce, as plataformas móveis serão as mais utilizadas para as compras online (68%), sendo o smartphone o meio campeão (46%).

Por isso, é preciso ter um e-commerce bem estruturado para qualquer gadget, com visualização fácil e rápida.

Segundo o guia “Holiday Readiness” da Salesforce, quase metade dos consumidores esperam que uma página da Web seja carregada em dois segundos ou menos, e 40% abandonarão um site se levar mais de três segundos para carregar.

Mesmo um atraso de um segundo no tempo de resposta da página pode resultar em uma redução de 7% na conversão.


≡ Conectados nos dispositivos móveis mesmo nas lojas físicas

Cliente de loja física é diferente de cliente online, certo? Errado! O relatório “Shopping-First Retailing” indica que 71% dos consumidores usam seus dispositivos móveis durante as compras em lojas físicas, número bem acima dos 62% registrados em 2017.

Os dispositivos são usados para comparar preços (36%), pesquisar produtos (29%), tirar fotos do produto (28%) e ler reviews do produto (25%). Esses dados mostram um comportamento curioso dos consumidores e mais um desafio para o e-commerce, que precisa captar esse cliente dentro de uma loja física.


≡ Estude o que deu certo no ano anterior e aprofunde os conhecimentos nos seus clientes

Se aprofunde no estudo dos dados das campanhas bem-sucedidas do passado e obtenha insights de compras durante as datas especiais, assim você pode moldar seu planejamento de conteúdo para a atual temporada.

Avalie o que deu certo e o que deu errado na sua estratégia digital, conheça seus clientes e observe o comportamento de sua base durante as principais datas de compra. Isso vai te ajudar a se antecipar aos desejos deles, o que será muito importante para o êxito das vendas.


≡ Otimize o armazenamento em cache de maneira estratégica

O armazenamento em cache é um componente crítico na experiência do cliente. Para a maioria das empresas, isso pode ser usado para otimizar o desempenho da “vitrine” do seu e-commerce e para oferecer rapidamente aos clientes o conteúdo esperado por eles.

As implementações de cache variam de acordo com a plataforma de comércio eletrônico. Pode ser um pouco complicado definir as taxas de cache, então o ideal é que os varejistas se esforcem para armazenar em cache 90% de seu conteúdo editorial, como a página inicial, e de 50 a 70% do conteúdo específico do produto, como pesquisa, listagens e detalhes do produto.

Uma boa ferramenta de análise de performance ajuda a entender como seu cache está performando e a definir melhor como usá-lo.


≡ Certeiro no alvo

Ainda segundo o “Holiday Readiness”, os compradores que clicam nas recomendações do varejista gastam cinco vezes mais por visita.

A pesquisa “Shopping-First Retailing” apontou que 6% das visitas ao comércio eletrônico, que incluem engajamento com recomendações baseadas em Inteligência Artificial, geram 37% da receita.

Em um cenário no qual 64% dos compradores dizem que os varejistas não sabem o que eles procuram, a personalização orientada por IA é uma ferramenta essencial.

Os clientes gostam quando você entende suas preferências com base no comportamento deles em relação à marca, principalmente os das gerações Y e Z.

Energia elétrica: quanto você gasta com cada aparelho?

Saiba como calcular o consumo de energia dos aparelhos elétricos da sua casa.


Muito se fala sobre a economia de energia, que é importante tanto para o bolso quanto para os recursos hídricos do país. Porém, você sabe como calcular o consumo de cada aparelho com energia elétrica? Ainda mais, e o valor que eles representam na conta?

Mesmo que a energia elétrica seja fundamental para o nosso dia a dia, nem sempre sabemos como proceder nessa situação, o que é normal, já que envolve um lado mais técnico e que demanda alguns cálculos. Felizmente, eles são bem simples e podem ser feitos em segundos.

Aprenda como calcular o consumo de cada aparelho ligado à energia elétrica, bem como a média gasta pelos equipamentos mais comuns utilizados em casa e o valor que isso pode representar na fatura.


Como calcular o consumo de energia elétrica de qualquer aparelho?

Todos os equipamentos elétricos, eletrônicos e eletroeletrônicos contam com uma potência, que é expressa em Watts (W). Essa é a medida de potência adotada pelo Sistema Internacional de Unidades (SI).

Para se chegar à potência de algum aparelho, é necessário fazer uma fórmula bem simples: tensão (V) x corrente (A). Por exemplo, se um chuveiro funciona na tensão de 220V e sua corrente é de 35 A, então sua potência será de 7.700 W.

Embora os equipamentos costumem vir com essa informação descrita em suas especificações técnicas, é importante saber qual é essa fórmula em caso de alguma necessidade.

Para saber qual é o consumo, porém, é preciso fazer uma fórmula diferente. Assim, você poderá saber quanto cada um dos equipamentos elétricos da sua casa, desde uma lâmpada até uma máquina de lavar, representa na conta de energia elétrica.

Na fórmula do consumo em kWh, deve-se multiplicar a potência (W) pelo tempo de uso (h) e pela quantidade de dias em que o aparelho foi utilizado por mês. Então, o resultado da multiplicação deve ser dividido por 1.000, para que esteja na unidade kWh (kilowatts/hora).

No exemplo do chuveiro citado, se ele for utilizado todos os dias do mês, durante 1 hora por dia, o cálculo será o seguinte:

(7.700 W x 30 d x 1 h) / 1.000 W = 231.000 W / 1.000 W = 231 kWh

Com isso, é possível calcular o consumo de qualquer aparelho elétrico, mesmo que ele não venha com o seu consumo descrito em W, já que o cálculo é bem simples.


Qual é o consumo de cada aparelho utilizado em uma casa?

Essa especificação varia muito de acordo com cada modelo de aparelho. Todos eles são variáveis, desde uma televisão até a geladeira e a máquina de lavar roupas, por exemplo.

Porém, nós separamos o consumo médio de vários equipamentos utilizados no cotidiano, com o respectivo tempo médio de uso e os dias utilizados por mês, para que seja possível entender como se chega àquela quantidade de kWh na sua conta de energia elétrica.

As informações estarão dispostas no seguinte formato: aparelho / potência média (W) / dias de uso por mês / tempo médio de utilização por dia / consumo médio mensal (kWh).

  • Ar condicionado 12.000 BTU / 1.450 W / 30 d / 8 h / 174 kWh

  • Aspirador de pó / 100 W / 30 d / 20 min / 10 kWh

  • Cafeteira elétrica / 100 W / 30 d / 1 h / 30 kWh

  • Chuveiro elétrico / 5.500 W / 30 d / 40 min / 110 kWh

  • Ferro de passar / 1.000 W / 12 d / 1 h / 12 kWh

  • Geladeira 2 portas / 250 W / 30 d / 10 h / 75 kWh (o equipamento não fica com o motor ligado ininterruptamente, o qual é acionado quando a temperatura aumenta)

  • Lâmpada fluorescente / 15 W / 30 d / 8 h / 3,6 kWh

  • Lâmpada fluorescente / 20 W / 30 d / 8 h / 4,8 kWh

  • Lavadora de roupas / 1.500 W / 12 d / 1 h / 18 kWh

  • Secadora de roupas / 3.500 W / 12 d / 1 h / 42 kWh

  • Torneira elétrica / 3.500 W / 30 d / 30 min / 52,5 kWh

  • Ventilador / 100 W / 30 d / 8 h / 24 kWh

Para saber o consumo de qualquer outro equipamento, basta utilizar a fórmula que vimos anteriormente: (potência x dias de uso x tempo de uso por dia) / 1.000 W.


Qual é o impacto do consumo no valor da conta de energia elétrica?

Agora, chegou um dos momentos mais importantes: compreender como todos esses números interferem no preço que você terá que pagar pela conta de luz.

Aqui, não há como fazer uma única fórmula, já que cada distribuidora de energia elétrica cobra um valor diferente por kWh, o que também varia de acordo com o estado e a região do país.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), o preço médio do kWh no Brasil é de R$ 0,531. O valor pode ser usado para fins de cálculo, mas o ideal é pesquisar na internet qual é a tarifa da distribuidora que atende sua casa.

Suponhamos que você tenha feito todos os cálculos da sua casa e, então, descoberto que o consumo é de 230 kWh. Então, o valor será o seguinte:

230 kWh x R$ 0,531 = R$ 122,13

Esse será o valor do seu consumo de energia elétrica, mas, além dele, também há que se considerar os tributos e demais elementos, como taxa de iluminação pública, ICMS, PI/PASEP e Cofins, além das bandeiras tarifárias, que podem ou não estar em vigência de acordo com cada mês.


Calcule o consumo de seus equipamentos elétricos e economize na conta de energia elétrica!

Depois de entender como é feito o cálculo de consumo de energia elétrica dos aparelhos da sua casa, a conta de luz não parecerá mais um grande mistério, mas sim uma confluência de dados calculados minuciosamente.

Agora, aproveite esse conhecimento para economizar na sua conta residencial e até mesmo para ajudar na escolha ao alugar geradores, caso tenha que fazê-lo para seu estabelecimento ou para um evento especial. Dessa forma, você pode poupar para o seu bolso e também ajudar na preservação dos recursos hídricos do país!

Não seja refém do Photoshop: conheça editores de imagem gratuitos.

Saiba quais os melhores softwares para edição de imagem gratuitos e tão bons quanto o Photoshop.


Seja para um negócio profissional ou apenas um trabalho pessoal, é muito importante que o aspecto visual da sua imagem seja atrativo e bem estruturado. Para isso é necessário o uso de algum editor de imagem, mas qual usar?

É muito provável que você já tenha visto como resposta da pergunta acima o Adobe Photoshop, e logo deve ter visto também que demanda um certo investimento para adquirir o mesmo.

Em vários casos, o investimento para compra de licença pode dificultar para que empresas utilizem uma ferramenta como esta.

De fato, um ótimo programa de edição de imagens. Considerado por muitos o melhor. Mas existem excelentes softwares gratuitos e que permitem que você faça trabalhos incríveis.

Pensando nisso, listamos alguns editores de imagem gratuitos e o melhor de tudo, que tem uma funcionalidade até mais prática e fácil.


» GIMP

O GIMP é um editor de imagem bem conceituado na categoria, uma vez que ele oferece inúmeras ferramentas (como pincéis, filtros, colagens, etc), e permite a instalação de plug-ins oferecidos pela comunidade que utiliza.

Com ele é possível trabalhar com imagens de formatos do tipo JPG, BMP, TIFF e PNG. Quem já teve acesso ao Adobe Photoshop, verá que as interfaces são semelhantes e que o software GIMP não fica para trás.

Este software por exemplo, é utilizado pela Agência Webtrends para algumas funções em substituição ao Photoshop.


» Paint.NET

Este editor é um pouco menos conhecido, mas não perde em desempenho. O Paint.NET apresenta uma interface simples e objetiva, assim, fica mais claro para o usuário qual a função das ferramentas que oferece.

Com ele é possível fazer ajustes na imagem como a cor, correção de olhos vermelhos, saturação, curvas, redimensionar sem perda de qualidade, entre outras possibilidades.


» Photoscape

Este software é indicado para quem não tem muita intimidade com programas de edição de imagem. Com ele é possível fazer colagens, converter imagens em formato RAW, criar GIF’s animados e uma série de outros projetos.

O Photoscape pode se apresentar com editor simples, mas com ele você consegue desenvolver ótimos trabalhos com ele.

E não se assuste com sua interface: apesar de não ser como os editores tradicionais, o Photoscape mostra exatamente para que serve cada opção.


» Pixlr

O Pixlr é conhecido por ser um editor de imagens online, no entanto, fique sabendo que agora ele está disponível também para desktop, com versões para Mac e PC.

Ao que se refere a sua interface, ela é bem semelhante ao Photoshop. Inclui em suas ferramentas pincéis, borracha, texto, ajustes de cores, manipulação de camadas entre outros recursos.

Mesmo que simples, ele é uma ótima opção para se editar de imagens, pois você tem acesso a ele em qualquer computador, basta acessá-lo em sua plataforma online.


» Polarr

Se você está à procura de um editor de imagens simples e que não seja necessário baixar, o Polarr é sua escolha perfeita.

Com ele é possível trabalhar com arquivos tanto em RAW ou os formatos mais populares que se tem. Dentro de suas funcionalidades estão os ajustes de cor, luz, saturação, corte, filtros, entre ouras.

Como vimos neste artigo, há boas soluções no mercado disponíveis para edição de imagens em alternativa ao bom e velho Adobe Photoshop.

E você, qual editor de imagens utiliza?

7 dicas para você ficar fera no Photoshop.

O mais famoso editor digital de imagens tem inúmeras funções! Confira sete truques essenciais para trabalhar em suas fotos.


Não há nada mais frustrante do que tirar uma foto que você queria e, depois, perceber que a iluminação não saiu do jeito desejado ou que realçou pequenos defeitos do ambiente. Não dá para simplesmente ir até o local e tirar outra, não é mesmo?

Para resolver esses problemas que os editores digitais de imagens surgiram e se popularizam no fim do século passado. Com eles, é possível melhorar fotografias, incluir efeitos, realçar iluminação e contraste, entre outros recursos.

O mais famoso deles é o Photoshop, lançado oficialmente pela Adobe em 1990 e que se tornou referência nesta área. Atualmente, é considerado o líder de vendas e é utilizado tanto no ambiente doméstico quanto no corporativo.

Sua eficácia fez com que seu nome se tornasse até mesmo um verbete no Dicionário da Oxford como sinônimo de alteração em imagens. Precisa retirar uma mancha no rosto de uma pessoa? “Photoshopa!”. Uma foto tem suspeita de manipulação? “Photoshoparam!”.

O fato é que os inúmeros recursos e benefícios do software explicam o seu sucesso, ao mesmo tempo que se tornam um obstáculo para quem deseja dominar as principais técnicas para tratar e cuidar de uma imagem.

Contudo, algumas dicas são úteis e fornecem a matéria-prima para quem deseja trabalhar com o Photoshop. Ao dominar suas principais funções, daremos o primeiro passo para nos tornarmos um expert no assunto. Confira 7 truques essenciais:


1 – Camadas como recurso criativo

Um bom trabalho no Photoshop passa pelo domínio na utilização de camadas na imagem a ser trabalhada pelo profissional. Com elas, é possível criar diferentes montagens e reproduzir diferentes efeitos em cada um dos elementos.

Esse recurso traz uma grande flexibilidade para quem edita uma foto e as possibilidades são inúmeras. Na aba “Camadas”, no menu superior, é possível criar, aplicar como plano de fundo, mesclar, achatar e até copiá-las.


2 – Ferramenta “Níveis” para ajustar iluminação

Um dos principais usos do programa é corrigir problemas de iluminação. No caso, a dica é aproveitar a ferramenta “Níveis”, que consegue melhorar tanto o brilho quanto a sombra da foto sem estourar a imagem. Para isso, basta apertar o Ctrl+L para abrir a janela.

O menu deve mostrar o histograma, ou seja, os diferentes tons existentes na foto. Na parte de baixo há três marcadores, que você deve arrastar para ajustar a tonalidade necessária. Vá testando até alcançar o efeito desejado.


3 – “Pincel de Retoques” para corrigir pequenos defeitos

O Pincel de Retoques” também é muito recomendado tanto para iniciantes quanto para os que já possuem um nível de conhecimento no software. Ele é indicado para corrigir pequenos defeitos na imagem, principalmente em rostos humanos.

O recurso tem variações importantes, como a redução de manchas e do efeito de olhos vermelhos em fotos. Para aplicar, basta ajustar o tamanho da região de retoque e clicar com o pincel em cada uma das áreas desejadas.


4 – “Laço Magnético” para selecionar objetos

Uma das maiores dificuldades de quem trabalha com o Photoshop é conseguir selecionar parte da imagem para editar ou cortar o restante da foto. Para resolver essa questão, foi desenvolvido o “Laço Magnético”.

O item consegue detectar todas as arestas e bordas de um objeto na imagem. Ou seja, é possível selecionar facilmente um elemento se houver contraste entre o item e o fundo.

Basta selecionar o ícone “Laço”, escolher a última opção, representada por um imã, e aplicar na foto.


5 – “Desfoque” para reduzir defeitos

Os editores de imagens são associados à capacidade de salvar fotos desfocadas e que seriam consideradas perdidas. Porém, mais do que corrigir, saber desfocar alguns elementos também é importantíssima para quem trabalha com fotografia e design.

Basta selecionar a opção Blur (representada por uma gota d’água) e escolher a área para aplicação. É possível remover rugas, melhorar imperfeições no rosto ou até tirar algum elemento da imagem. Contudo, é preciso ter cuidado para não exagerar na utilização.


6 – Utilize as grades para facilitar o trabalho

As grades são essenciais para o desenvolvimento de um bom projeto no Photoshop. Com elas, é possível organizar as informações, alinhar objetivos, criar marcadores e servir de base para quem deseja criar algo do zero.

É possível criar uma grade a partir da opção “Novo Guia de Layout”, dentro da categoria “Visualização”, no menu superior do programa. O recurso também pode ser configurado em “Preferências”, dentro do menu “Editar”.


7 – Processador de imagens para alteração simultânea

Fazer alteração manual em uma ou duas imagens é comum e não atrapalha a rotina de ninguém. Mas e de 200, 500 fotos? Alterar o tamanho e as características em cada um dos arquivos custa muito tempo e energia da pessoa.

Por conta disso, a Adobe criou uma solução interessante conhecida como “Processador de Imagens”. Basta ir em “Arquivos”, depois “Script” e “Processador de Imagens”, selecionar a pasta onde estão as imagens e aplicar os novos tamanhos e características desejadas.


» Domínio vem com prática, experiência e muito estudo

As sete dicas listadas devem ser encaradas como um início para quem deseja dominar o Adobe Photoshop e trabalhar com edição de imagens. O programa possui inúmeras funções e soluções interessantes para cada caso.

Para conhecer todas, ou pelo menos a maioria delas, o interessado não tem alternativa: ele precisa utilizar e testar todos os ícones e efeitos disponíveis para descobrir as melhores opções em suas fotos e imagens.

Além disso, participar de cursos online também pode ser uma recomendação interessante para aprender um pouco mais. Quando se trata de um software tão importante e complexo como este, todo conhecimento é válido!