Aplicativos Software

Como alterar o idioma no Google Chrome?

Deseja que o Chrome seja exibido em um idioma diferente? Veja como mudar isso.

Só porque o navegador Google Chrome pensa que sabe em qual idioma você deseja navegar na Web, não significa que ele esteja sempre certo. Felizmente, você não precisa mais aceitar suas suposições, pois estamos aqui para mostrar como alterar o idioma preferido do seu navegador Google Chrome.


ALTERAR SUAS CONFIGURAÇÕES DE IDIOMA


A alteração do idioma usado no Chrome leva apenas algumas etapas e, embora o processo possa parecer complexo, a operação é fácil o suficiente para os iniciantes. 

As etapas a seguir foram tomadas na versão mais recente do Chrome no Windows 10, mas você pode aplicar o mesmo procedimento em um dispositivo Chrome OS como um Chromebook

Um procedimento semelhante também se aplica ao Edge Browser da Microsoft, baseado em Chromium, basta encontrar a opção no botão de menu, pressionar Configurações e Idiomas. E, de acordo com o Google, para o Chrome nos Macs, o navegador “será exibido automaticamente no idioma padrão do sistema para o seu computador”.

Alterar idioma Google Chrome

Etapa 1: inicie o navegador Chrome no dispositivo e navegue até o botão de menu no canto superior direito da janela do Chrome. O botão de menu é representado por três pontos empilhados.

Etapa 2: selecione Configurações na parte inferior do menu. Como alternativa, você também pode navegar rapidamente para o menu Configurações digitando “chrome: // settings /” na barra de endereços do seu navegador Chrome.

Etapa 3: quando estiver no menu de configurações, role para baixo até a parte inferior da lista e clique em Avançado para exibir opções adicionais.

Etapa 4: continue a rolar para baixo até ver Idiomas. Clique ou toque em Idiomas ou na seta para baixo à direita para ver mais opções.

Etapa 5: você pode adicionar um novo idioma clicando no botão azul Adicionar idiomas.

Etapa 6: role pelos idiomas disponíveis e clique no idioma que você deseja adicionar ou digite o idioma que deseja na barra de pesquisa. Depois de selecionar o idioma desejado, clique no  botão Adicionar no canto inferior direito.

Etapa 7: novos idiomas são adicionados automaticamente ao final da lista. Se você tiver mais de um idioma selecionado, também poderá usar o botão de menu – representado por três pontos empilhados – à direita de cada idioma da sua lista para reordenar os idiomas selecionados ou remover qualquer idioma que você não queira usar.

Depois de concluir as alterações, você pode fechar a guia Configurações no seu navegador ou sair do Chrome. As alterações serão salvas e atualizadas automaticamente.

Configuração para alterar idioma do Chrome.
Configuração para alterar idioma do Chrome.

COMO EXIBIR O CHROME EM OUTRO IDIOMA OU TRADUZIR PÁGINAS DA WEB?


Depois de adicionar seu idioma, habilite-o para que o Chrome use esse novo idioma.

Etapa 1: vá para as configurações de Idiomas navegando até a Etapa 4 no guia acima. Clique no botão de menu à direita do idioma desejado, que novamente é representado por três pontos.

Etapa 2: Um menu pop-up será exibido. Você pode selecionar a primeira caixa, a próxima à frase Exibir o Google Chrome neste idioma.

O botão de reinicialização aparecerá ao lado do idioma. Você deseja reiniciar o Chrome para aplicar as novas configurações.


Com o novo idioma ativado, quando você visita um site ou página nesse idioma, o pop-up de tradução do Google Tradutor não aparece. Por exemplo, se você optar por exibir o Chrome em francês, o Google Tradutor não aparecerá quando você visitar o portal da Amazon France.

Se você ainda deseja que o Google Tradutor apareça ao visitar uma página escrita no mesmo idioma usado para exibir o Chrome, navegue até a configuração de idioma do Chrome e clique no menu ao lado do idioma desejado. Você deve verificar se a caixa Oferta para traduzir páginas neste idioma está marcada.

Se você realmente não deseja alterar essas configurações, lembre-se de que o Google possui um site do Translate dedicado que pode traduzir texto ou documentos com facilidade e poupar algum tempo. 

Se você costuma traduzir regularmente as peças encontradas on-line, faça o download da extensão para o Google Tradutor para poder usá-las com mais facilidade.

Como o Google Trends pode auxiliar o seu negócio.

“O conteúdo é rei”, “o conteúdo vale ouro”, “é importante investir em conteúdo”. Enfim, a palavra “conteúdo” salta aos olhos quando o assunto é Marketing Digital, reforçando a ideia de que as marcas investem em conteúdo para engajar o público e captar leads.

No entanto, diante de tanta informação gerada diariamente e ao mesmo tempo na web, é importante encontrar uma maneira de criar o conteúdo certo para o público certo. Para facilitar esse trabalho surge o Google Trends para salvar o dia.

O Google Trends consiste em uma ferramenta grátis criada advinha por quem? Pois então, o próprio nome já entrega.

O Google concebeu essa ferramenta com o intuito de auxiliar
empreendedores a utilizar melhor as possibilidades que a Internet oferece
quando o assunto é criação de conteúdo.

Essa ferramenta torna possível que o empreendedor acompanhe a evolução
do número de buscas por uma determinada palavra-chave ou tópico durante vários
períodos do tempo.

Sabe quando você quer utilizar as chamadas técnicas de SEO e necessita saber com exatidão quais são as melhores palavras-chaves para o seu blog ou site? Pois então, o Google auxilia você nessa tarefa.

Ao encontrar os termos adequados para a sua produção de conteúdo, você
descobre como pensam a sua persona e os seus leads quando pesquisam por
soluções na web.


Google Trends – O
amigo do seu negócio


Google Trends amigo do seu negócio
Google Trends auxilia no crescimento do seu negócio

Se você gerencia um empreendimento, pode ser uma loja virtual ou uma
loja física, sabe que algumas vezes é normal ficar sem saber qual pauta ou qual
assunto vai mais impactar a sua persona.

Sendo assim, são em horas como essas que o Google Trends pode ser aquele amigo que vem assoprar em seus ouvidos alguma dica especial que vai ajudar com o seu trabalho.

Por essa razão, essa ferramenta auxilia o seu negócio de várias
formas. Vamos ver quais são essas possibilidades?


Ideias para a produção de conteúdo


O Google Trends aponta quais são os termos mais procurados pelos usuários, o que é fundamental para a produção de conteúdo coerente com que o seu público-alvo pesquisa.

Os termos apontados podem ser pesquisados de acordo de períodos
pré-determinados. Sendo assim, é possível pesquisar assunto por país, região e
também por tempo, como, por exemplo, mês e ano.


Uma boa noção
acerca das tendências do mercado


As pesquisar por palavras-chaves relacionadas ao seu negócio permitem que você avalie como está o crescimento ou qual é o motivo de uma queda das buscas destinadas ao seu nicho.

Não é à toa que o termo trends aparece no nome da ferramenta, já que
essa palavra em português significa “tendências”.


Optar pelas
melhores palavras-chaves


Google Trends - Veja o que o Mundo está pesquisando
Google Trends – Veja o que o Mundo está pesquisando

Quem utiliza o WordPress talvez saiba que existem plugins que auxiliam na busca pelas melhores keywords, porém o Google Trends é intuitivo e fácil de usar.

Essa ferramenta permite que você compare sinônimos ou variações de temas para averiguar qual vai trazer melhores resultados na hora de serem utilizados nas suas ações de Marketing Digital.

Outro ponto interessante: o Google Trends também efetua comparações relacionando as pesquisas realizadas entre diferentes termos e ainda analisa a sazonalidade ou o avanço de algum assunto durante um determinado período de tempo.

Isso ocorre, pois o Trends usa uma base de dados que faz parte do
próprio Google. Essa base contém o histórico de todas as pesquisas que as
pessoas fizeram desde o ano de 2004, excluindo termos pouco pesquisados ou com
caracteres diferenciados.


O uso do Google
Trends no Marketing Digital


Google Trends - Marketing Digital
Google Trends – Marketing Digital

Ter um site ou um blog com uma boa hospedagem é fundamental para as estratégias de Marketing Digital. Sites e blogs proporcionam a tão importante presença online, enquanto uma hospedagem garante o bom desempenho deles.

Em casos de lojas virtuais, a hospedagem representa uma alternativa bastante viável, pois é mais flexível, garante um bom espaço em disco e um excelente uptime.

Porém, para viabilizar o êxito das estratégias de Marketing Digital, o
Google Trends possibilita uma série de vantagens interessantes. Um exemplo
disso são as comparações.

Sendo assim, a ferramenta deixa que o usuário faça a comparação de até 5 palavras-chaves de maneira simultânea. Desse modo, você tem condições de saber quais possuem condições de auxiliar melhor na propagação do seu conteúdo.

Há a possibilidade também de comparar sinônimos, como “carne” e
“churrasco”, bem como outras variações, como por exemplo, “culinária do Rio
Grande do Sul” e “culinária gaúcha”, descobrindo quais delas irão apresentar o
melhor desempenho.

Talvez algumas pessoas acreditem que essas pequenas variações não
possuem relevância, mas, na verdade, elas estão aptas a provocar um impacto
bastante significativo nos seus resultados.

Além disso, o Google Trends permite você estar a par sobre o crescimento das pesquisas relacionadas ao seu negócio, conhecendo quais são os termos mais buscados sobre a sua marca ou os problemas que os seus produtos e serviços pretendem solucionar para os clientes.


Conclusão


Conteúdo é a matéria-prima para quem quer ter relevância na web. Ele
confere autoridade e ainda estreita as relações do cliente com a empresa.

Portanto, diante desse cenário, uma ferramenta como o Google Trends aparece para facilitar ao máximo o Marketing do seu negócio.

Como converter DVD para formatos MP4.


Vivemos em um mundo onde queremos que todos os filmes e programas de TV que costumamos assistir, estejam disponíveis em todos os dispositivos eletrônicos de nosso arsenal. 

As prateleiras repletas de filmes agora parecem excessivamente pesadas, e também são um desperdício desnecessário de espaço que pode ser melhor usado para outra coisa. 

Além disso, todos sabemos o quão entediante pode ser um vôo ou uma viagem longa sem acesso a uma biblioteca robusta de entretenimento. 

Há mais de uma maneira de converter seus discos de filmes antigos para um formato compatível com uma variedade de dispositivos, e aqui para ajudar está o nosso guia sobre como converter um DVD para MP4.

O processo é fácil, esteja você usando a versão mais recente do Windows ou o MacOS Mojave. Tenha em mente que a reprodução de material com direitos autorais é ilegal!


1 – HANDBRAKE (GRÁTIS)

Painel do Handbrake

Equilibrando as opções avançadas com uma interface do usuário simples, o HandBrake é um dos conversores de DVD para MP4 mais populares disponíveis atualmente. 

Com ampla compatibilidade e sem cronômetros de teste para se preocupar – é open source, afinal de contas – o aplicativo é uma opção poderosa e versátil. Handbrake teve um problema recente com malware, mas isso já foi resolvido.

Passo 1: Baixe e instale o HandBrake

Vá para o site HandBrake, escolha o seu sistema operacional e clique no link de download apropriado para baixar o software. Quando isso for feito, você pode iniciar o programa.

Etapa 2: escolha um DVD para converter

O HandBrake é bastante simples e muito fácil de usar e, como tal, mantém a maioria das opções avançadas nos bastidores até que você precise delas. 

Felizmente, existem apenas três opções que você precisa se preocupar para converter seu DVD para um MP4. Primeiro, escolha um DVD através do  botão Open Source no canto superior esquerdo da janela do aplicativo.

Handbrake Convertendo para MP4

Etapa 3: escolha um formato e clique em Iniciar

Em seguida, escolha o local de salvamento desejado para o arquivo resultante e selecione MP4 na caixa suspensa armazenada nas Configurações de saída. Em seguida, pressione o botão Iniciar e permita que o software faça a conversão.


2 – MOVAVI VÍDEO CONVERTER (GRÁTIS)

Movavi 2

Passo 1: Baixe e instale o Movavi

Vá até a página de conversão principal do Movavi e clique no botão azul Baixar gratuitamente para o seu sistema operacional, certificando-se de selecionar o sistema operacional correto. Em seguida, abra o instalador e siga as instruções na tela. Inicie o aplicativo depois de instalado.

Etapa 2: adicionar um DVD

Uma vez aberto, clique no formato de DVD do seu arquivo, depois clique no botão + Adicionar Mídia na parte superior da janela. Em seguida, selecione o DVD que você deseja converter em um MP4.

como converter DVD para MP4

Etapa 3: escolha uma predefinição e converta

Clique na engrenagem ao lado do formato Saída na parte inferior da janela para obter uma lista de predefinições personalizáveis. Selecione MP4 (* .mp4) na lista de formatos disponíveis. 

Em seguida, clique em Salvar em: e navegue até o local de salvamento desejado para o arquivo resultante e clique no botão Converter no canto inferior direito para iniciar o processo de conversão.


3 – WINX DVD RIPPER (GRÁTIS)

Baixe e instale o WinX DVD Ripper

Passo 1: Baixe e instale o WinX DVD Ripper

Navegue até a página principal do WinX DVD Ripper, clique no botão verde Download gratuito, inicie o arquivo executável e siga as instruções na tela. Abra o aplicativo depois de instalado.

Etapa 2: selecione um DVD

Uma vez aberto, clique no botão DVD Disc e escolha o DVD que você deseja converter em um MP4 a partir de sua localização.

Formatos do WinX DVD Ripper

Etapa 3: escolha uma predefinição e converta

Selecione o arquivo que você deseja converter a partir da lista de opções disponíveis e selecione o formato de saída escolhido (MP4). Selecione um local de salvamento para o MP4 e escolha as configurações de áudio e vídeo desejadas no menu abaixo. 

Clique no grande botão Executar localizado no canto inferior direito para iniciar o processo de conversão.

Pronto. Seguindo essas dicas, você pode converter seus filmes antigos de DVD em formato de MP4 que podem ser reproduzidos nos mais diversos e modernos dispositivos de mídia atuais.


Leia também:

  • Como baixar vídeos do YouTube para assistir Off-line?
  • Como excluir o histórico de filmes e séries assistidos no Netflix.
  • E-mail Marketing Empresarial: 5 aplicativos gratuitos para gerenciar.
  • Wix: Uma das Empresas Internacionais que mais cresce.
  • Tudo o que você precisa saber sobre as criptomoedas.

7 dicas para você ficar fera no Photoshop.

O mais famoso editor digital de imagens tem inúmeras funções! Confira sete truques essenciais para trabalhar em suas fotos.


Não há nada mais frustrante do que tirar uma foto que você queria e, depois, perceber que a iluminação não saiu do jeito desejado ou que realçou pequenos defeitos do ambiente. Não dá para simplesmente ir até o local e tirar outra, não é mesmo?

Para resolver esses problemas que os editores digitais de imagens surgiram e se popularizam no fim do século passado. Com eles, é possível melhorar fotografias, incluir efeitos, realçar iluminação e contraste, entre outros recursos.

O mais famoso deles é o Photoshop, lançado oficialmente pela Adobe em 1990 e que se tornou referência nesta área. Atualmente, é considerado o líder de vendas e é utilizado tanto no ambiente doméstico quanto no corporativo.

Sua eficácia fez com que seu nome se tornasse até mesmo um verbete no Dicionário da Oxford como sinônimo de alteração em imagens. Precisa retirar uma mancha no rosto de uma pessoa? “Photoshopa!”. Uma foto tem suspeita de manipulação? “Photoshoparam!”.

O fato é que os inúmeros recursos e benefícios do software explicam o seu sucesso, ao mesmo tempo que se tornam um obstáculo para quem deseja dominar as principais técnicas para tratar e cuidar de uma imagem.

Contudo, algumas dicas são úteis e fornecem a matéria-prima para quem deseja trabalhar com o Photoshop. Ao dominar suas principais funções, daremos o primeiro passo para nos tornarmos um expert no assunto. Confira 7 truques essenciais:


1 – Camadas como recurso criativo

Um bom trabalho no Photoshop passa pelo domínio na utilização de camadas na imagem a ser trabalhada pelo profissional. Com elas, é possível criar diferentes montagens e reproduzir diferentes efeitos em cada um dos elementos.

Esse recurso traz uma grande flexibilidade para quem edita uma foto e as possibilidades são inúmeras. Na aba “Camadas”, no menu superior, é possível criar, aplicar como plano de fundo, mesclar, achatar e até copiá-las.


2 – Ferramenta “Níveis” para ajustar iluminação

Um dos principais usos do programa é corrigir problemas de iluminação. No caso, a dica é aproveitar a ferramenta “Níveis”, que consegue melhorar tanto o brilho quanto a sombra da foto sem estourar a imagem. Para isso, basta apertar o Ctrl+L para abrir a janela.

O menu deve mostrar o histograma, ou seja, os diferentes tons existentes na foto. Na parte de baixo há três marcadores, que você deve arrastar para ajustar a tonalidade necessária. Vá testando até alcançar o efeito desejado.


3 – “Pincel de Retoques” para corrigir pequenos defeitos

O Pincel de Retoques” também é muito recomendado tanto para iniciantes quanto para os que já possuem um nível de conhecimento no software. Ele é indicado para corrigir pequenos defeitos na imagem, principalmente em rostos humanos.

O recurso tem variações importantes, como a redução de manchas e do efeito de olhos vermelhos em fotos. Para aplicar, basta ajustar o tamanho da região de retoque e clicar com o pincel em cada uma das áreas desejadas.


4 – “Laço Magnético” para selecionar objetos

Uma das maiores dificuldades de quem trabalha com o Photoshop é conseguir selecionar parte da imagem para editar ou cortar o restante da foto. Para resolver essa questão, foi desenvolvido o “Laço Magnético”.

O item consegue detectar todas as arestas e bordas de um objeto na imagem. Ou seja, é possível selecionar facilmente um elemento se houver contraste entre o item e o fundo.

Basta selecionar o ícone “Laço”, escolher a última opção, representada por um imã, e aplicar na foto.


5 – “Desfoque” para reduzir defeitos

Os editores de imagens são associados à capacidade de salvar fotos desfocadas e que seriam consideradas perdidas. Porém, mais do que corrigir, saber desfocar alguns elementos também é importantíssima para quem trabalha com fotografia e design.

Basta selecionar a opção Blur (representada por uma gota d’água) e escolher a área para aplicação. É possível remover rugas, melhorar imperfeições no rosto ou até tirar algum elemento da imagem. Contudo, é preciso ter cuidado para não exagerar na utilização.


6 – Utilize as grades para facilitar o trabalho

As grades são essenciais para o desenvolvimento de um bom projeto no Photoshop. Com elas, é possível organizar as informações, alinhar objetivos, criar marcadores e servir de base para quem deseja criar algo do zero.

É possível criar uma grade a partir da opção “Novo Guia de Layout”, dentro da categoria “Visualização”, no menu superior do programa. O recurso também pode ser configurado em “Preferências”, dentro do menu “Editar”.


7 – Processador de imagens para alteração simultânea

Fazer alteração manual em uma ou duas imagens é comum e não atrapalha a rotina de ninguém. Mas e de 200, 500 fotos? Alterar o tamanho e as características em cada um dos arquivos custa muito tempo e energia da pessoa.

Por conta disso, a Adobe criou uma solução interessante conhecida como “Processador de Imagens”. Basta ir em “Arquivos”, depois “Script” e “Processador de Imagens”, selecionar a pasta onde estão as imagens e aplicar os novos tamanhos e características desejadas.


» Domínio vem com prática, experiência e muito estudo

As sete dicas listadas devem ser encaradas como um início para quem deseja dominar o Adobe Photoshop e trabalhar com edição de imagens. O programa possui inúmeras funções e soluções interessantes para cada caso.

Para conhecer todas, ou pelo menos a maioria delas, o interessado não tem alternativa: ele precisa utilizar e testar todos os ícones e efeitos disponíveis para descobrir as melhores opções em suas fotos e imagens.

Além disso, participar de cursos online também pode ser uma recomendação interessante para aprender um pouco mais. Quando se trata de um software tão importante e complexo como este, todo conhecimento é válido!

Como espionar secretamente as conversas do Hangout de alguém com o Spymaster Pro?

O Hangout, é um local de reunião online onde as pessoas podem conversar de forma privada com outras 10 a 25 pessoas é um sucesso hoje em dia.

Esse aplicativo permite aos usuários se comunicarem de forma virtual, compartilhar informações e ideias através de mensagens de texto, voz e vídeos. Além disso, esse aplicativo único tem uma interface muito intuitiva e é compatível com quase todos os celulares.

Apesar de ter tantos recursos incríveis, o Hangout oferece muito perigo. Sim, você leu certo. Hoje em dia, quase todo mundo tem uma conta do Hangout, o que é certamente uma coisa boa. Porém, isso faz com que seja mais fácil um cônjuge infiel ter uma vida secreta.

Seus velhos celulares estão ajudando a comunicar e a ficar conectado com seus casos amorosos. Como resultado, as pessoas estão se sentindo cada vez mais inseguras em seus relacionamentos e sofrendo com a perda de confiança, tornando-se mais ansiosas e com medo.

Durante um caso amoroso, os familiares sentem que aquela pessoa está enviando uma energia emocional para fora da família.

Existem alguns sinais e sensações que lhes permitem saber que o parceiro está traindo. Alguns dos sinais são: manter o telefone em mãos o tempo todo, agir de forma mal-educada, desenvolver novos interesses de uma hora para outra, etc.

Isso soa familiar? Você está preocupado que seu parceiro vai te trair? Se sim, está na hora de obter o Spymaster Pro para lhe permitir espionar secretamente as conversas do Hangout de alguém.


O que é o Spymaster Pro e como funciona?

Bem, o Spymaster Pro não é nada além de um aplicativo de espionagem que pode rastrear celulares Android e iPhones. Ele funciona em modo oculto, por isso o usuário que está sendo vigiado nunca ficará sabendo de nada.

Como funciona:

Passo 1: Compre o aplicativo Spymaster Pro online e baixe o link que será enviado para o endereço de e-mail registrado no momento da compra.

Passo 2: Instale o aplicativo no celular Android de destino. O processo de configuração pode levar entre 2 a 5 minutos.

Quando terminar, você pode fazer login na sua conta de usuário do Spymaster Pro. Essa é sua área pessoa para vigiar as atividades do celular do seu amado de forma remota, a qualquer momento e em qualquer lugar.

Este é um dos softwares de espionagem mais confiáveis do mercado que pode atender todas as suas necessidades de forma rápida e eficaz.

Além de espionar as conversas do Hangout de alguém, o software de espionagem também tem os seguintes recursos:


Recursos adicionais:

Este aplicativo de monitoramento de celular número 1 também oferece outras funcionalidades. Através dele, você pode monitorar facilmente:

  • Detalhes do registro de chamadas com a hora e duração exatas
  • Contatos armazenados no celular
  • Aplicativos instalados
  • Histórico de navegação da Internet
  • Conversas instantâneas: Facebook, Instagram, Snapchat, etc.
  • A localização da pessoa alvo através do GPS
  • Todos os arquivos de multimídia armazenados na memória do celular
  • Todas as mensagens de texto enviadas e recebidas


Uso 100% seguro

O Spymaster Pro é o aplicativo de monitoramento de celular mais seguro do ramo. A empresa adota práticas éticas e garante a privacidade e segurança dos dados recolhidos do celular de uma pessoa.

Ele conquistou a confiança dos usuários ao manter seu sigilo. Essa é realmente uma das razões pelas quais a empresa está tendo tantos clientes satisfeitos. Por isso, você pode confiar nesse aplicativo da mesma forma que confiaria no seu melhor amigo.

Nota: Para quaisquer dúvidas ou problemas, você pode entrar em contato com a nossa equipe de atendimento ao cliente. Nossa equipe está disponível 24/7 para ajudar você.

Se você suspeitar algo de seu parceiro/filho e quiser obter respostas sobre o que estão tentando esconder de você, não hesite. USE O SPYMASTER PRO!

Não se deixe ser usado e manipulado. Em vez disso, confronte a pessoa recolhendo provas suficientes.

Aplicativo de transportes não cobra comissão de condutores e dá oportunidade de renda extra.

Criada em Recife, Paymoob cobra apenas uma mensalidade dos donos de carros, motos, vans e pick-ups que utilizam a plataforma Paymoob.

Depois da revolução no transporte urbano feita por empresas de transporte compartilhado, uma nova iniciativa brasileira quer melhorar esse mercado para a ponta mais fraca da transação: os condutores.

Lançada em março, a Paymoob (www.paymoob.com) oferece cobrança simplificada, com uma mensalidade fixa de R$ 100 no lugar de comissões sobre cada viagem, além de benefícios extras como a possibilidade de usar os carros e motos para fazer propaganda – e ganhar com isso.

A ideia surgiu a partir da percepção de que, após o boom inicial, muitos motoristas sofrem para conseguir ganhos significativos, além das exigências sobre a qualidade dos carros excluírem muitos interessados.

“Acreditamos que não importa a marca ou ano do automóvel que você tenha. Se você quer trabalhar e o veículo está em boas condições, vamos encontrar um uso para ele”, diz Ed Pereira, diretor de tecnologia da empresa.

Claro, há limitações no que diz respeito ao transporte de passageiros, mas Pereira cita o transporte de documentos ou peças, por exemplo, que poderia ser feito de maneira eficiente por veículos com mais quilometragem, assim como motos ou bikes.

Com atuação descentralizada e alcance em cidades pequenas do interior do Brasil, essa política atende a especificidades locais e supre uma demanda represada por este tipo de serviço.

Outra vantagem é que os condutores dispostos a adesivar o vidro traseiro dos seus carros com propagandas podem se isentar da mensalidade pelo uso do aplicativo – dependendo do caso, há, inclusive, a possibilidade de receber comissão por isso.

“Fica a cargo deles fazer propagandas. Os que não se interessam, não têm nenhum tipo de prejuízo”, ressalta Tiago Santos, diretor de franquias da empresa.

Para completar, a Paymoob oferece ainda a possibilidade de negociação do preço final das corridas – caso o passageiro tenha um pouco menos do que o valor sugerido, ou deseje transportar um objeto de grandes dimensões e esteja disposto a pagar mais por isso.

Por sua vez, o pagamento pode ser feito por dinheiro, cartão de crédito, débito e Moobcoin, uma moeda digital da empresa que funciona como espécie de crédito pré-pago. Hoje, R$ 100 compram 150 Moobcoins.


Renda diversificada

Para homologar os veículos utilizados no app, os condutores precisam ir até uma das franquias da Paymoob – atualmente, são cinco espalhadas pelo Nordeste e Sudeste.

As unidades da empresa demonstram um pouco da diversidade da atuação: são responsáveis pela aplicação e venda dos anúncios utilizados em veículos, além de outros serviços de publicidade.

“Para tornar o tempo com o passageiro ainda mais proveitoso, o condutor pode atuar como um promotor de vendas desses produtos e receber comissão por isso”, explica Santos.

Lançado em 15 de março para iOS e Android, o aplicativo da Paymoob já tem 2.500 veículos cadastrados em cidades como Recife, João Pessoa, Natal, Fortaleza e Atibaia, entre outras.

A expectativa da empresa é que esse número chegue a 100 mil até o final do ano, além de contar com uma franquia em cada uma das capitais dos estados brasileiros.


Sobre a Paymoob

Agência de publicidade e aceleradora de startups. Desenvolveu dezenas de aplicativos, entre eles seu próprio app de mobilidade urbana e logística.

Por meio de aplicativo, a Paymoob liga condutores cadastrados a passageiros, pessoas e empresas que demandam auxílio no transporte de documentos, produtos e outras cargas. Para maximizar os ganhos, a empresa também oferece mediar o uso de propagandas nos carros e motos utilizados no serviço. www.paymoob.com.

6 programas grátis para descompactar arquivos no Windows.

Quando pensamos em extrair ou descompactar arquivos, a única ferramenta que vem à nossa mente é o WinZip. É uma das ferramentas mais antigas para comprimir arquivos.

Embora a maioria dos usuários do Windows pense que o WinZip é uma ferramenta gratuita, mas isso não é verdade, uma vez que você conclui o período de avaliação, você precisa atualizar para a versão completa para usar todos os recursos.

Enquanto o WinZip é a ferramenta mais popular, existem muitas alternativas WinZip gratuitas disponíveis para compactar arquivos no Windows.

Nesta publicação, damos uma olhada em algumas das melhores alternativas WinZip gratuitas para o Windows.


1. 7-Zip:

7-Zip é um software de código aberto e uma das boas alternativas de WinZip gratuitas mais populares disponíveis para o Windows. Ele pode zipar e descompactar formatos 7z, XZ, BZIP2, GZIP, TAR, ZIP e WIM.

O aplicativo é totalmente gratuito. 7-Zip funciona no Windows 10/8/7 / Vista / XP / 2012/2008/2003/2000 / NT.

7-Zip também vem com melhor compressão quando comparado ao WinZip.

⇒ Baixar 7-Zip

7 zip

2. PeaZip:

O PeaZip ainda é um utilitário livre para arquivadores de arquivos e isso é baseado em tecnologias Open Source de projetos de 7-Zip, p7zip, FreeArc, PAQ e PEA.

O aplicativo oferece suporte e pode abrir mais de 180 formatos de arquivo: 001, 7Z, ACE, ARC, ARJ, BZ2, CAB, DMG, GZ, ISO, LHA, PAQ, PEA, RAR, TAR, UDF, WIM, XZ, ZIP ZIP.

O PeaZip também fornece um arquivo de formato múltiplo rápido e de alta taxa de compressão para arquivos de formatos arquivos 7Z, ARC, BZ2, GZ, PEA, TAR, WIM e ZIP.

Também tem a capacidade de converter formatos de arquivo e testar arquivos com erros.

⇒ Baixar PeaZip

peazip

3. Ashampoo Zip Free:

Ashampoo ZIP carrega recursos essenciais como a leitura e a escrita de arquivos em uma única aplicação gratuita. A ferramenta comprime e descompacta todos os formatos comuns com a integração do Windows Explorer.

Você pode criar, converter e reparar arquivos de forma rápida e fácil usando esta ferramenta gratuita.

⇒ Baixar Ashampoo Zip Free

ashampoo zip grátis

4. B1 Free Archiver:

B1 Free Archiver é um dos programas grátis com uma ótima Interface de Usabilidade. Ele suporta quase todos os formatos populares, incluindo b1, zip, jar, xpi, rar, 7z, arj, bz2, táxi, deb, gzip, tgz, iso, lzh, lha, lzma, rpm, tar, xar, z, dmg entre outros.

Ele também funciona perfeitamente com arquivos divididos e protegidos por senha e também serve como gerenciador de arquivos.

B1 Archiver funciona em todas as plataformas – Windows, Linux, Mac e Android.

⇒ Baixe B1 Free Archiver

win01

5. JZip:

O JZip é outra ferramenta gratuita de arquivamento baseada em 7-zip. É um software de compressão gratuito e fácil de usar com motor de compressão rápida.

O jZip é uma poderosa ferramenta para descompactar arquivos Zip, criando arquivos compatíveis com Zip e outros softwares de arquivamento.

A interface do jZip é muito simples, facilitando a criação, abertura e extração de vários tipos de arquivos compactados.

⇒ Baixar JZip

jzip

6. Bandizip:

O Bandizip é um utilitário de arquivamento leve, rápido e gratuito para o Windows e uma boa alternativa para o WinZip.

O aplicativo possui um algoritmo Zip muito rápido para compressão e extração. Ele também vem com arrastar e soltar, funcionalidade e arquivamento de alta velocidade e compressão multi-core.

Ele lida com os formatos de compressão mais populares, incluindo Zip, 7z, Rar e muito mais.

⇒ Baixe o BandiZip

captura de tela

E você caro leitor, já usou algum desses programas gratuitos para descompactar arquivos no Windows?

Conte a sua experiencia nos comentários.

5 ótimos aplicativos para novos corredores.

Esses aplicativos em execução irão levá-lo à velocidade e no caminho para completar seus objetivos de fitness.


Você precisa de todos eles? Provavelmente não, mas cada um tem características únicas que os fazem valer a pena verificar.


♦ Strava

Um bom aplicativo executável pode ajudá-lo a acompanhar o progresso, conectá-lo com uma comunidade de apoio e monitorar sua respiração, freqüência cardíaca e muito mais.

Características de Strava:

  • Registro de corrida
  • Grande comunidade de fitness
  • Rastreador de desempenho em tempo real
  • Analisador de desempenho

Um pouco de competitividade pode levá-lo no pavimento. Este aplicativo também o conecta com amigos para que você possa comparar as estatísticas.

Ele funciona com dispositivos e serviços como Fitbit, Garmin, Polar, Timex, TomTom, Suunto e muito mais, para que não precise se preocupar com problemas de compatibilidade.

Strava está disponível no iOS e no Android  (gratuito, com compras no aplicativo de US $ 7,99 a US $ 60).


♦ MapMyRun

Outro ótimo aplicativo é o MapMyRun. Este aplicativo irá ajuda-lo a encontrar trilhas ou rotas de corrida, o que é super útil para iniciantes.

Você também pode conectá-lo com tênis inteligentes compatíveis. Os tênis têm um chip que sincroniza com o aplicativo para gravar sua localização GPS, é possível salvar sua rota e estatísticas em tempo real, como a força do pé que está batendo no pavimento, passos por minuto, freqüência cardíaca e muito mais.

O MapMyRun está disponível em iOS e Android  (compras gratuitas no aplicativo de US $ 5,99 a US $ 30).


♦ My Run Plan

O My Run Plan tem como principal característica os planos de treinamento. Você define um objetivo, como correr 5 km, e o aplicativo ajuda você com um plano de treinamento para atender às suas necessidades e levá-lo ao seu objetivo final.

Outra das minhas características favoritas é o recurso de ajuda. Você pode enviar e-mail para qualquer um dos treinadores certificados pela USATF da Runcoach e eles responderão dentro de 24 horas.

O My Run Plan está disponível em Inglês para iOS e Android  (US $ 9,95 por mês ou US $ 64,95 por ano depois de uma prova gratuita de duas semanas).


♦ Runkeeper

Runkeeper, assim como o My Run Plan, também pode ajudá-lo a criar um plano de treinamento. Com Runkeeper você pode escolher entre planos de treinamentos, dependendo de seus objetivos e necessidades.

Isso significa que se você não está pronto para planejar uma maratona, você pode obter um plano de fitness para construir suas metas de distância ou resistência.

O aplicativo é muito personalizado. Primeiro, faça um teste de avaliação física. Então, cada plano é personalizado para atender às suas necessidades, analisando suas respostas ao questionário.

Runkeeper está disponível no iOS e no Android   (compras gratuitas no aplicativo de $ 0,99 a $ 40).


♦ MyFitnessPal

Nutrição é uma grande parte de se tornar um corredor bem sucedido. Então, embora MyFitnessPal não seja estritamente um aplicativo em execução, eu estou incluindo isso.

O aplicativo ajuda você a manter um diário digital de alimentos e rastreia suas calorias, água, carboidratos, proteínas e ingestão de gordura, analisando suas entradas de alimentos. Você também pode registrar exercícios, etapas e definir metas.

Você possa simplesmente digitalizar os códigos de barras em embalagens de alimentos e bebidas para enviar informações nutricionais – não é necessário pesquisá-lo no aplicativo, embora essa seja uma opção.

Eu pessoalmente recomendo este aplicativo se você quiser perder algum peso (também é uma das melhores aplicações de fitness.

MyFitnessPal está disponível no iOS e Android (compras gratuitas no aplicativo de $ 0,99 a $ 50).

3 Maneiras simples para desinstalar os Aplicativos padrão do Windows 10.

Este artigo foi criado pela equipe Bitdefender para uso exclusivo do blog InfoTec Blog.


Os recursos nativos do Windows 10 vieram para melhorar e facilitar a experiência do usuário. Contudo, nem todos ficam satisfeitos com os diversos aplicativos do sistema operacional.

Apesar de não ocupar muito espaço, alguns recursos utilizam dados da internet para atualizar informações que nem sempre são relevantes para o usuário e iniciam sua operação automaticamente, o que pode afetar o desempenho da máquina.

A boa notícia é que a maioria desses aplicativos podem ser removidos. No entanto, é recomendável fazer uma boa análise antes de excluí-los: alguns deles podem ser bem úteis. Além disso, aplicativos nativos do sistema operacional costumam funcionar melhor que outros softwares.

Mas, se você está mesmo decidido a excluir alguns ou todos os aplicativos, confira as dicas que preparamos sobre como remover os aplicativos nativos do Windows 10:


⇒ Direto no Aplicativo

Não são todos, mas alguns dos aplicativos nativos do Windows 10 podem ser excluídos de forma extremamente fácil: basta clicar com o botão direito em cima do programa que deseja remover e selecionar a opção “Desinstalar”.

Este recurso serve para aplicativos como o News, Money e GetOffice.


⇒ Utilizando o PowerShell

O PowerShell é um recurso do Windows que permite o gerenciamento das configurações e automação das tarefas do sistema operacional. Para acessá-lo, clique no Menu Iniciar e, no campo de busca, digite: Windows PowerShell.

Outra forma de encontrá-lo é utilizando o atalho Windows+R, para acessar a ferramenta “Executar”. Então, digite Windows PowerShell e clique em OK.

Ao abrir a ferramenta, é necessário digitar um comando a ser executado e o programa será removido: Get-AppxPackage NOME  DO APP | Remove-AppxPackage. Veja alguns exemplos:

3D Builder: Get-AppxPackage *3dbuilder* | Remove-AppxPackage

Dinheiro: Get-AppxPackage *bingfinance* | Remove-AppxPackage

Filmes e TV: Get-AppxPackage *zunevideo* | Remove-AppxPackage

Esportes: Get-AppxPackage *bingsports* | Remove-AppxPackage


⇒ Com o Auxílio de Outro Aplicativo

Alguns aplicativos possuem a função de limpar o computador e facilitar a desinstalação de programas indesejados de forma mais prática e fácil. Esses apps também ajudam a eliminar arquivos desnecessários, remover históricos de navegação e cookies, liberando espaço no disco rígido e deixando a máquina mais rápida.


»» Aplicativos que Não Podem ser Removidos

Nem todos os aplicativos podem ser desinstalados, como é o caso do OneDrive, Contatar o Suporte e outros.

»» Não se Esqueça da Segurança

Os aplicativos nativos do Windows 10 estão aí com o objetivo de facilitar a vida do usuário. Eles foram projetados pelo próprio sistema operacional para garantir o melhor desempenho. Por isso, é comum que eles utilizem menos energia e espaço que um software de fora, além de estarem menos suscetíveis a ataques de vírus, por exemplo.

Uma dica para garantir a segurança na hora de utilizar a máquina é comprar um antivírus para se proteger de softwares malignos, além de manter senhas, dados e arquivos importantes seguros.

Possui outra dica para remover os aplicativos nativos do Windows? Deixe nos comentários!

Banco Original cria robô para dar assistência financeira a clientes

O Projeto, que utiliza a tecnologia Watson da IBM, já está sendo usada por 1.000 clientes.

O Banco Original sai mais uma vez na frente e chega com outra inovação que promete revolucionar o relacionamento entre clientes e o banco. Trata-se da Ori, uma inteligência artificial que funciona como uma assistente pessoal e financeira.

 A simpática robô foi construída para interagir com os usuários sobre questões de suas contas-correntes. Essa é a mais nova iniciativa do Original para revolucionar a relação com as finanças.

 O primeiro passo foi o lançamento do Open Banking, focado na comunidade de desenvolvedores, que permitiu a integração de diversos aplicativos com os serviços do banco, por meio da abertura de APIs (Interface de Programação de Aplicativos, em inglês).

Isso permitiu que os correntistas tivessem acesso às suas informações bancárias fora do ambiente do Original, como por exemplo, nas redes sociais.

Com a Ori, os clientes conversam e interagem com o Banco Original por meio de uma plataforma de inteligência artificial e podem tirar dúvidas sobre sua situação bancária. Por exemplo, perguntando: “Ori, quanto eu gastei com Uber no Cartão?”, “Qual é a cotação do Bitcoin hoje?”, ou, “Busque Juros em minha conta”.

Outra possibilidade é fazer tudo isso com comandos de voz, por exemplo falar: “Transferir 10 reais para João”, a transação será efetuada de maneira segura. O robô é programado para responder a várias questões e quanto mais ele for indagado, mais ele vai se aperfeiçoando, explica Henrique Jozala, Head de Inovação do Original.

“A Ori é um aplicativo que funciona como um assistente virtual para o cliente se relacionar de forma diferente com o banco. Uma nova forma de interagir, utilizando uma plataforma de voz e chat para acompanhar suas finanças e realizar as operações de forma intuitiva e conversacional.

Ela faz uso do sistema Watson da IBM, que é uma plataforma de inteligência artificial, programada para responder perguntas humanas, a qual aprende a partir destas interações e aprimora a entrega dos produtos e serviços por meio desta aprendizagem constante”, explica Cláudia Woods, diretora de varejo.

A solução está em beta e neste primeiro momento, mil clientes selecionados pelo banco já estão interagindo com a Ori. O que o Banco Original deseja é que as pessoas utilizem o recurso para contribuir com a melhoria desta nova solução.

A Ori, disponível para clientes e não clientes, pode ser utilizada por meio de convite ou pedindo um acesso pelo próprio aplicativo e aguardar na fila de espera.

“Após as fases de testes, a Ori vai se conectar com as demais tecnologias e estará disponível na plataforma do Banco Original, criando mais possibilidades de novos serviços inovadores”, finaliza Cláudia.


Sobre o Banco Original

O Banco Original é um uma instituição financeira brasileira privada, controlada pela holding J&F Investimentos, com atuação nas áreas de Corporate, de Agronegócio e agora no varejo.

Em 2013, iniciou investimentos na construção de um banco totalmente digital com proposta inovadora, sendo o primeiro banco do Brasil que nasceu 100% digital. O aplicativo para abertura de conta online e acesso ao Banco Original está disponível para iOS e Android.

3 maneiras de verificar aplicativos maliciosos no Android.

A nova ferramenta do Google facilita a verificação rápida de que você não instalou um aplicativo suspeito.


O Google Play Protect é a mais nova ferramenta da empresa destinada a ajudar os usuários do Android a se manterem livres de quaisquer aplicativos suspeitos.

O serviço varre constantemente o seu telefone ou tablet Android e o alertará se houver algum problema.

Tenha em mente que o Play Protect foi projetado para verificar e identificar aplicativos ruins na Play Store e não em sites de terceiros que hospedem aplicativos.

A maneira mais fácil de manter seu dispositivo seguro é instalar apenas aplicativos através da Play Store.

♦ Existem algumas maneiras diferentes de verificar se um aplicativo é Play Protection aprovado.


» Ver detalhes de varredura recentes

Para visualizar o status de verificação atual e certificar-se de que o Play Protect está habilitado, vá para Configurações > Google > Segurança > Google Play Protect. Aqui, é apresentada uma lista de aplicativos que foram instalados recentemente, aplicativos prejudiciais atuais e a opção para ativar ou desativar o serviço.

Pouco depois de anunciado, Play Protect ficou disponível para todos os usuários, mas o recurso pode está desativado em alguns dispositivos.

Não há ideia de como ou por que o serviço foi desligado em alguns celulares. A maioria dos dispositivos o serviço é ativado automaticamente. Por isso o ideal é acessar a aba de configurações e verificador se o serviço está ativo.


» Na página Play Store do aplicativo

À medida que o Google completar o lançamento do Play Protect, você começará a ver os crachás de verificação na página Play Store do aplicativo.

Esta é uma maneira rápida e fácil de verificar se um aplicativo está seguro sem ter que esperar para instalá-lo e, em seguida, permitir que o Play Protect escaneá-lo.


» Antes de atualizar seus aplicativos

Só porque um aplicativo está seguro a primeira vez que ele é carregado na Play Store, não significa que os bandidos não tentarão fraudar algo no aplicativo durante o processo.

Outro recurso que vem quando o Google concluir o lançamento do Play Protect é uma garantia de que todos os aplicativos que você está prestes a atualizar ainda estão seguros.

No topo da lista de atualizações, você encontrará um alerta “Sem problemas encontrados” com o último período de verificação.

Revo Uninstaller, desinstala programas sem deixar sobras.

O Revo Uninstaller é um programa muito eficiente em todas as ações que se propõe a realizar, além de desinstalar qualquer programa da sua máquina, ele dá a opção de manter as configurações do software a ser removido ou remover todos os arquivos e pastas desse mesmo programa sem deixar restos.

Se você optar pela segunda opção ele irá fazer uma varredura completa no seu sistema a fim de encontrar e remover todas  as sobras de arquivos vinculadas ao programa que está sendo desinstalado.

Dessa forma o software libera mais espaço no seu HD, impedindo que ocorra erros de inicialização quando você clicar em alguns itens que já foram removidos, o que é muito comum quando você realiza essa tarefa pelo Painel de Controle. Além de ocupar pouco espaço no disco rígido, possui em em média 3 MB, esse utilitário é considerado um dos melhores para realizar essa tarefa.

Importante: Antes de instalar qualquer programa em seu computador é altamente recomendado criar um ponto de restauração do sistema para retornar ao desempenho anterior caso aconteça algo de errado durante ou depois da instalação.

Se você gostou deixe um cometário!